COVID-19

A COVID-19 é uma doença causada por um vírus da família dos coronavírus e provoca sintomas como febre, tosse e dificuldade respiratória. Os primeiros casos da doença surgiram no final do ano de 2019, na China. No primeiro semestre de 2020, a doença já havia atingindo todos os continentes, sendo classificada como uma pandemia.

Transmitida de uma pessoa para outra por meio de gotículas respiratórias, a doença pode ser prevenida por meio da lavagem das mãos e evitando-se aglomerações. Até o momento, não existem tratamentos para a enfermidade, a qual pode levar à morte, principalmente de idosos e pessoas com problemas de saúde, como hipertensão e doenças cardiovasculares.

A COVID-19 ainda é uma doença nova e, portanto, há uma busca constante por informações sobre ela. Assim sendo, dados novos serão inseridos neste texto à medida que as descobertas ocorrerem.


Leia também: Aumento de doenças por causa da ação do homem

Breve histórico da COVID-19

No dia 31 de dezembro de 2019, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recebeu um alerta a respeito de casos de pneumonia ocorrendo na cidade Wuhan, na China. Em 7 de fevereiro de 2020, identificou-se o vírus causador da doença, uma nova cepa de coronavírus. Esse vírus foi chamado inicialmente de 2019-nCoV e, posteriormente, nomeado de SARS-CoV-2.

A COVID-19 surgiu no final do ano de 2019,  na China, mas, atualmente, já está presente em todos os continentes.
A COVID-19 surgiu no final do ano de 2019,  na China, mas, atualmente, já está presente em todos os continentes.

A doença provocada pelo SARS-CoV-2 ficou conhecida como COVID-19 e, rapidamente, tornou-se um problema de saúde pública mundial. Espalhando-se rapidamente, atingiu todos os continentes ainda nos primeiros meses de 2020. No dia 11 de março, a COVID-19 foi caracterizada como uma pandemia pela OMS.

Para conter o avanço da doença pelo mundo, várias cidades suspenderam eventos e aulas, além de fecharam suas fronteiras. A quarentena foi adotada em locais da China e Itália a fim de evitar que o número de casos aumentasse ainda mais. No Brasil, até 17 de março de 2020, apenas medidas de distanciamento social tinham sido adotadas para prevenir que a doença avançasse pelo território.

De acordo com a OMS, até o dia 31 de março de 2020, 44.494 mil mortes decorrentes da doença e 846.576 mil casos confirmados haviam ocorrido em consequência da COVID-19.

Veja também: O que é quarentena?

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que causa a COVID-19?

A COVID-19 é uma doença causada por um vírus da família dos coronavírus, mais precisamente o vírus SARS-CoV-2. Os coronavírus causam infecções respiratórias, inclusive resfriados simples.

Sintomas da COVID-19

Os sintomas da COVID-19 são bastante semelhantes a um gripe ou resfriado. Eles surgem cerca de 2 a 14 dias após a infecção pelo vírus e caracterizam-se por:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Dificuldade para respirar.

Outros sintomas também podem ocorrer, tais como diarreia, dor de garganta, coriza e congestão nasal. Vale destacar que alguma pessoas não possuem sintomas e outras podem desenvolver complicações. Os casos mais graves de COVID-19 ocorrem em indivíduos idosos e nas pessoas que apresentam problemas como pressão alta, problemas cardíacos e diabetes.

Leia também: Doenças causadas por vírus

Transmissão da COVID-19

A transmissão da COVID-19 pode ocorrer de uma pessoa para outra por meio de gotículas respiratórias eliminadas pelo paciente ao tossir ou espirrar, por exemplo. As gotículas podem também contaminar objetos, e o vírus pode permanecer nessas superfícies por horas ou dias. Uma pessoa, ao tocar essa superfície contaminada, pode levar a mão aos olhos, boca e nariz e transportar o vírus para essa região, infectando-se.

Diagnóstico e tratamento da COVID-19

O diagnóstico da COVID-19 é feito a partir da coleta de materiais respiratórios, que são levados a laboratórios para realização de exames de biologia molecular para detectar o RNA viral. Infelizmente, até o momento, não existe tratamento específico para a doença. Recomendam-se apenas descanso e hidratação.

Sintomas como dor e febre são tratados com medicamentos analgésicos e antitérmicos. Os casos mais graves são encaminhados para hospitais de referência para o isolamento e acompanhamento. Casos mais leves podem ser enviados para casa, desde que o paciente se comprometa a realizar medidas de precaução.

Prevenção da COVID-19

Até o momento não existem vacinas que possam auxiliar na prevenção da COVID-19, sendo assim, é fundamental investir em práticas de higiene que evitem a contaminação. Você pode prevenir-se adotando medidas simples, tais como:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou realizar a higienização utilizando álcool em gel 70%;
  • Evitar tocar nos olhos, boca e nariz com as mãos sem a devida higienização;
  • Evitar contato com pessoas que apresentem sintomas de doenças respiratórias. Mantenha-se a uma distância de pelo menos 1 metro das pessoas que estão tossindo ou espirrando;
  • Limpar sempre objetos que são manuseados com frequência. Esse é o caso de celulares, mouses e teclados de computadores;
  • Evitar aglomerações;
  • Caso seja um profissional da saúde, utilizar máscara para tratar os doentes.
Medidas simples podem nos ajudar a prevenir e controlar a COVID-19.
Medidas simples podem nos ajudar a prevenir e controlar a COVID-19.

Não se esqueça também de que é seu papel garantir a segurança de outras pessoas, sendo assim:

  • Fique em casa caso perceba que não está se sentindo bem. Em caso de suspeita de COVID-19,  procure atendimento médico;
  • Ao tossir e espirrar, cubra o nariz e a boca utilizando um lenço ou a parte interna do seu cotovelo;
  • Caso esteja com sintomas de doenças respiratórias, faça uso de máscara.

Infográfico:

 

Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Diferenças entre COVID-19, gripe e resfriado
Descubra as principais diferenças entre COVID-19, gripe e resfriado clicando aqui! Neste texto abordaremos os principais sintomas de cada uma dessas doenças.
Gripe Espanhola
Acesse e conheça detalhes sobre a Gripe Espanhola. Entenda a origem do nome da doença e o local de seu surgimento, no começo do século XX.
Diferença entre isolamento vertical e horizontal
Você sabe a diferença entre isolamento vertical e horizontal? Clique aqui e entenda melhor o que é cada uma dessas medidas e sua eficácia.
Mitos e verdades sobre o uso de máscaras de proteção
Conheça alguns mitos e verdades sobre o uso de máscaras de proteção e compreenda quando e quem deve utilizá-las.
O isolamento está geralmente associado à exclusão sofrida em nosso convívio
Isolamento social
Clique aqui para saber o que é isolamento social, como ele pode ocorrer, porque ele ocorre, quais são os tipos de isolamento e quais as consequências dessa prática.
Doença de Kawasaki
Você sabe o que é a doença de Kawasaki? Clique aqui e entenda o que é essa doença, quais sintomas provoca e como são feitos o diagnóstico e o tratamento.
Mielite transversa
Descubra mais sobre a mielite transversa, aqui. Neste texto abordaremos o que é essa doença e quais são suas causas, sintomas e tratamento.
Coronavírus
Entenda o que são os coronavírus, conheça quais sintomas eles provocam e saiba mais sobre as síndromes respiratórias graves desencadeadas por eles.
Os vírus são organismos considerados parasitas intracelulares obrigatórios
Vírus
Clique para saber mais a respeito dos vírus, suas características e estrutura!
O que é quarentena?
Você sabe o que é quarentena? Clique aqui e descubra quando essa prática surgiu, qual é a sua importância e alguns casos em que ela foi necessária.
A coriza é um sintoma comum dos resfriados, porém também pode ocorrer em casos de gripe
Diferenças entre a gripe e o resfriado
Descubra as diferenças entre a gripe e o resfriado e saiba por que é importante diferenciar essas duas doenças.