Pneumonia

A pneumonia é uma doença que afeta os pulmões, órgãos fundamentais para o processo de respiração. Essa inflamação pode ocorrer em decorrência de diferentes agentes infecciosos, como bactérias, vírus e fungos, e também resultar de processos alérgicos. Entre os principais sintomas da pneumonia, podemos citar a febre, a tosse e o desconforto respiratório, sintomas esses que lembram doenças como gripes e bronquites. A semelhança com outras doenças pode retardar o diagnóstico precoce, o que é fundamental para evitar complicações e até mesmo a morte.

O Ministério da Saúde destaca que a doença é responsável por grandes taxas de internações e mortalidade, especialmente em crianças menores de 5 anos de idade. Ainda segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 15 milhões de crianças são hospitalizadas por ano em países em desenvolvimento em virtude de casos de pneumonia.

Leia também: 5 problemas de saúde que mais matam no mundo

O que é a pneumonia?

A pneumonia é uma inflamação dos pulmões que pode ser desencadeada por diferentes agentes e produz sinais e sintomas respiratórios. Ela pode ser classificada de diferentes formas, sendo uma dessas classificações a divisão da pneumonia em dois tipos: a hospitalar e a adquirida na comunidade.

A pneumonia é uma doença que afeta os pulmões e pode ser causada por diferentes agentes, como bactérias.
A pneumonia é uma doença que afeta os pulmões e pode ser causada por diferentes agentes, como bactérias.

A pneumonia adquirida no hospital ou hospitalar é uma complicação frequente em pacientes hospitalizados, sendo esse problema considerado a segunda causa de infecção em pacientes nessas condições. Ela se manifesta clinicamente após 48 horas da internação ou em menos de 48 horas após a alta do hospital. A pneumonia adquirida na comunidade, por sua vez, é aquela infecção que ocorre em indivíduos sem que haja relação com o ambiente hospitalar. Nesse caso, ela se manifesta clinicamente na comunidade ou em até 48 horas de uma internação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Causas da pneumonia

A pneumonia apresenta diferentes causas, podendo ser desencadeada por agentes infecciosos ou ser consequência de processos alérgicos, sendo, nesse caso, provocada por agentes como fumaça e produtos químicos. Dentre os agentes infecciosos, podemos destacar as infecções virais, as bacterianas e as fúngicas. Na maioria dos casos, no entanto, a doença costuma ser causada por uma bactéria, o Streptococcus pneumoniae (também chamada de pneumococo).

Frequentemente a pneumonia é associada com a gripe, sendo uma complicação grave dessa virose. Nesses casos, o que ocorre normalmente é o comprometimento dos sistemas de defesa, facilitando a ação de organismos causadores de pneumonia, como o pneumococo. O vírus Sars-Cov-2, causador da COVID-19, pode ser responsável também por causar a pneumonia.

Leia também: Diferenças entre COVID-19, gripe e resfriado

Transmissão da pneumonia

De acordo com o Ministério da Saúde, a pneumonia pode ser transmitida pelo ar, saliva, secreções e até mesmo por transfusão de sangue. O ministério salienta ainda que, no inverno, os pelos do nariz, os quais atuam na filtragem do ar, têm seu funcionamento comprometido, fazendo com que o corpo fique mais suscetível aos agentes causadores da doença.

Sintomas da pneumonia

A tosse é um dos sintomas provocados pela pneumonia.
A tosse é um dos sintomas provocados pela pneumonia.

A pneumonia é uma doença que afeta os pulmões, desencadeando problemas como tosse, produção de muco, falta de ar e dores no tórax, as quais podem ser intensificadas com uma respiração profunda. Além disso, a pneumonia provoca febre alta, calafrios, alterações na pressão arterial, perda de apetite, mal-estar e fraqueza.

Vale destacar ainda que se trata de uma doença grave e que pode até mesmo causar a morte, caso não ocorra o tratamento de forma rápida e eficiente. Como os sintomas não são específicos, pode-se levar tempo para descobrir a doença, o que pode ser potencialmente perigoso.

Leia também: Sistema respiratório

Diagnóstico da pneumonia

A pneumonia é diagnosticada analisando-se os sintomas do paciente, realizando a auscultação dos pulmões (verificação de ruídos pulmonares) e por meio de radiografia do tórax. Exames complementares podem ser realizados para identificar o agente causador do problema.

Tratamento da pneumonia

Como a pneumonia pode ser ocasionada por diferentes agentes, o tratamento varia de acordo com a causa. Nas pneumonias causadas por bactérias, por exemplo, o tratamento baseia-se no uso de antibióticos, tais como amoxicilina e azitromicina. Nas pneumonias causadas por vírus, geralmente se faz o tratamento apenas dos sintomas, como dores e febre. Medicamentos antivirais podem ser utilizados em alguns casos. Nas pneumonias causadas por fungos, são utilizados medicamentos antifúngicos.

A internação hospitalar pode ser necessária em alguns casos, sendo recomendada, por exemplo, quando a pessoa apresenta dificuldade respiratória e baixa oxigenação sanguínea.

A pneumonia pode ser muito perigosa para crianças e idosos.
A pneumonia pode ser muito perigosa para crianças e idosos.

Prevenção da pneumonia

A pneumonia pode ser prevenida com a adoção de algumas medidas simples, tais como lavar as mãos, evitar aglomerações, não fumar (o fumo facilita a penetração de agentes infecciosos), fazer a correta higienização do ar-condicionado e se vacinar. A vacina antipneumocócica conjugada é oferecida pelo SUS para menores de 2 anos, pessoas com mais de 60 anos, principalmente residentes em asilos ou casas de apoio, indígenas, profissionais da saúde, gestantes  e pessoas com condições que predisponham a infecções pneumocócicas. Além dessa vacina, é importante destacar que a vacina contra a gripe também ajuda a evitar alguns tipos de pneumonia.

Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Assuntos relacionados
Tuberculose
Saiba mais sobre a tuberculose clicando aqui. Entenda o que é essa doença, como ela é transmitida, sintomas, tratamento e como se prevenir.
Sífilis Congênita é adquirida no útero.
Sífilis Congênita
Sífilis Congênita, transmissão do Treponema pallidum por via transplacentária, manifestações da sífilis congênita, diagnóstico da sífilis congênita, classificação da sífilis congênita, prevenção da sífilis congênita.
Bactéria responsável pela leptospirose.
Leptospirose
Informações sobre uma doença de grande incidência em regiões onde o saneamento básico deixa a desejar.
Manchas avermelhadas na pele (um dos sintomas da escarlatina).
Escarlatina
Escarlatina, Agente etiológico, Streptococcus pyogenes, Doença bacteriana, Infecção, Transmissão, Tosse, Espirro, Gotículas de saliva, Processo inflamatório, Secreção pruriginosa, Amídalas, Medidas preventivas.
O Antraz é uma doença bacteriana
Antraz
Saiba as características, tipos e diagnóstico do Antraz.
Lesões na pálpebra: características do tracoma.
Tracoma
Doença infecciosa que pode causar a perda da visão.
Homens podem compartilhar doenças com outros animais
Doenças comuns a humanos e outros animais
Você sabia que existem doenças comuns a humanos e outros animais? Clique aqui e descubra algumas delas.
Problemas cardiovasculares estão entre as principais causas de morte no mundo.
5 problemas de saúde que mais matam no mundo
Descubra quais são os 5 problemas de saúde que mais matam no mundo e conheça um pouco mais a respeito de cada um desses graves problemas.
Bactérias que provocam a meningite
Meningite
Meningite, o que é meningite, como a meningite se manifesta, a meningite mais comum, a meningite mais perigosa, sintomas da meningite, tratamento para a meningite.
Hanseníase
Clique aqui e leia sobre a hanseníase. Saiba o que é a hanseníase, sua forma de transmissão e seu tratamento. Confira nossa tabela dos principais sintomas da doença.
Alimentos enlatados devem ser bem escolhidos  e previamente fervidos antes de sua ingestão.
Botulismo
Doença que pode ser fatal devido ao efeito das toxinas da bactéria causadora.
Diferenças entre COVID-19, gripe e resfriado
Descubra as principais diferenças entre COVID-19, gripe e resfriado clicando aqui! Neste texto abordaremos os principais sintomas de cada uma dessas doenças.
A coriza é um sintoma comum dos resfriados, porém também pode ocorrer em casos de gripe
Diferenças entre a gripe e o resfriado
Descubra as diferenças entre a gripe e o resfriado e saiba por que é importante diferenciar essas duas doenças.
A vacina contra a gripe é bastante eficaz.
Vacina contra a gripe
Que tal aprender mais sobre a vacina contra a gripe? Clique aqui, tire suas dúvidas e conheça alguns mitos e verdades sobre essa vacina.
A gripe é altamente contagiosa e afeta milhões de pessoas a cada ano.
Gripe
Gripe, infecção ocasionada pelo vírus Influenza, como o vírus Influenza é disseminado, complicações decorrentes da gripe, sintomas da gripe, método de prevenção da gripe, diferença entre a gripe e o resfriado.
As lesões da varíola, na maioria das vezes, deixam cicatrizes.
Resfriado, rubéola, sarampo e varíola: doenças virais.
Conheça como ocorre a transmissão de algumas doenças virais e quais são os tratamentos adequados.
É necessário o uso do aerosol para desprender o muco das paredes dos brônquios.
Bronquite
Bronquite, o que é bronquite, os brônquios, fatores que provocam a bronquite, bronquite aguda, bronquite crônica, tratamento para a bronquite, os sinais da bronquite.
O pulmão e a hematose nos alvéolos: combinação do oxigênio com a molécula de hemoglobina.
Pulmão
Órgão da respiração humana responsável pelas trocas gasosas entre os gases: Oxigênio e Carbonico.
Principais componentes do sistema respiratório humano
Sistema Respiratório
Veja como ocorre a respiração e saiba quais órgãos compõem o sistema respiratório humano.