Whatsapp icon Whatsapp

Hipertensão (pressão alta)

A hipertensão arterial ou pressão alta é uma situação em que se observa um aumento, acima dos valores considerados normais, da pressão que o sangue exerce sobre as paredes das artérias. De acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde, “a hipertensão é o principal fator de risco para doenças cardiovasculares, especialmente doença coronariana e acidente vascular cerebral, mas também para doença renal crônica, insuficiência cardíaca, arritmia e demência”. Uma boa alimentação e a prática de atividades físicas regulares ajudam a prevenir o problema e são essenciais para que as pessoas hipertensas consigam manter os níveis adequados de pressão.

Veja também: Riscos do excesso de sal na alimentação

O que é pressão arterial?

Pressão arterial nada mais é do que a pressão exercida pelo sangue contra a parede das artérias. Quando o coração se contrai durante a sístole ventricular, temos o que chamamos de pressão sistólica. A pressão diastólica, por sua vez, ocorre quando os ventrículos relaxam. A pressão arterial é expressa geralmente por uma fração, como 120/80 mmHg. 120 representa a pressão sistólica, e o 80 representa a pressão diastólica.

O que é hipertensão arterial?

Valores elevados de pressão arterial indicam hipertensão.
Valores elevados de pressão arterial indicam hipertensão.

A hipertensão arterial é uma condição clínica caracterizada pela elevação sustentada da pressão que o sangue exerce na parede das artérias. Em indivíduos com hipertensão, a pressão arterial é igual ou maior que 140/90 mmHg (14 por 9). De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, a pressão arterial é considerada normal “quando a pressão sistólica (máxima) não ultrapassa 130 mmHg e a diastólica (mínima) é inferior a 85 mmHg”.

Veja também: 5 problemas de saúde que mais matam no mundo

Causas da hipertensão arterial

A elevação da pressão arterial pode ocorrer em consequência de diferentes fatores. Pessoas que possuem uma alimentação inadequada — com grande ingestão de sal, por exemplo —, que não praticam atividades físicas, diabéticos e aqueles que consomem grande quantidade de bebida alcoólica apresentam risco aumentado de se tornarem hipertensos. Além disso, pessoas que apresentam histórico familiar da doença e idade superior a 55 anos também apresentam maior chance de desenvolver hipertensão.

Sintomas da hipertensão

Na maioria dos casos, a hipertensão arterial não provoca sintomas, sendo, portanto, uma doença considerada silenciosa. Alguns sintomas que podem estar relacionados com o aumento da pressão são dores de cabeça, tontura, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada, cansaço e sangramento no nariz. Vale salientar, no entanto, que esses sintomas podem também indicar outros problemas de saúde, devendo, portanto, serem analisados por um médico.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Consequências da hipertensão

Quando a hipertensão não é tratada de maneira adequada, várias complicações podem surgir. Segundo a Organização Pan-Americana da Saúde, “cerca de metade das pessoas que vivem com hipertensão desconhecem sua condição, o que as coloca em risco de complicações médicas evitáveis e morte”. São exemplos de complicações causadas pela hipertensão:

  • infarto;

  • insuficiência cardíaca;

  • insuficiência renal;

  • alterações na visão.

Diagnóstico da hipertensão

Como vimos ao longo do texto, a hipertensão se caracteriza por uma pressão arterial que se mantém frequentemente elevada. Para diagnosticar essa condição, é fundamental que várias medições sejam feitas, as quais devem ser realizadas por um profissional capacitado e com uso de aparelhos calibrados. Após confirmado o diagnóstico, é importante iniciar imediatamente o tratamento.

Leia também: Por que é importante controlar os níveis de colesterol?

Tratamento da hipertensão

A hipertensão arterial é um problema de saúde que não apresenta cura, mas, com tratamento adequado, é possível conseguir o seu controle. O melhor tratamento será indicado pelo médico e deverá ser seguido corretamente pelo paciente. Os medicamentos para hipertensão visam a reduzir os níveis de pressão para valores inferiores a 140 por 90 mmHg.

O excesso de sal na alimentação leva ao aumento da pressão arterial.
O excesso de sal na alimentação leva ao aumento da pressão arterial.

É importante que o paciente com hipertensão adote hábitos de vida mais saudáveis para garantir o sucesso do tratamento. Dentre as recomendações feitas aos hipertensos, destaca-se a melhoria na alimentação, com a redução da quantidade de sal, inserção de alimentos mais saudáveis, como verduras, frutas e legumes, e redução de açúcares e frituras. É importante também reduzir ou abandonar o consumo de bebidas alcoólicas, não fumar, controlar o estresse, praticar atividades físicas e tentar manter o peso adequado.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Artérias
Clique aqui para saber mais sobre as artérias. Veja suas características, algumas das principais artérias do corpo e sua diferença em relação às veias.
Cigarro
Cigarro, maior problema de saúde pública mundial, composição do cigaro, composição da fumaça do cigarro, efeitos provocados pelo cigarro.
Diabetes gestacional
O desenvolvimento da diabetes gestacional é comum, e pode ser um problema significativo para mãe e bebê, caso não seja precocemente diagnosticada e tratada.
Diabetes mellitus
Aprenda um pouco sobre o diabetes mellitus, uma doença que pode ser bastante grave e gerar complicações se não tiver o acompanhamento adequado.
Efeitos do excesso de álcool no organismo
Saiba o que o uso excessivo do álcool pode causar em seu organismo a curto e a longo prazo.
Estresse
mplie seus conhecimentos sobre o estresse, um mal que afeta 90% da população. Com este texto, você vai conhecer as fases do estresse e os agentes estressores.
Pressão Arterial
Você sabe o que é pressão arterial? E pressão sistólica e diastólica? Descubra aqui as respostas!
Sistema cardiovascular
Aprenda mais sobre o sistema cardiovascular, aqui! Neste texto, abordaremos os órgãos que fazem parte desse sistema e como ocorre a circulação do sangue.
Tumores da Hipófise
Clique e conheça os sintomas e o tratamento dos Tumores da Hipófise.
video icon
Professora ao lado do texto"Verbos dicendi".
Português
Verbos dicendi
Dizer, falar, gritar, responder são verbos dicendi, ou seja, palavras que apresentam a maneira pela qual uma pessoa se expressa. Assista a esta videoaula para aprender um pouco mais sobre essa classificação!