Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Espanhol
  3. Aumentativo e diminutivo em espanhol

Aumentativo e diminutivo em espanhol

O aumentativo e diminutivo em espanhol são formados pelos sufijos apreciativos, ou seja, expressam uma valoração afetiva sobre coisas e pessoas. Os sufixos de aumentativo e diminutivo também indicam tamanho.

São conotações subjetivas (atenuação, encarecimento, proximidade, ponderação, cortesia, ironia, entre outras) ou mesmo uma qualidade objetiva, como o tamanho. Os sufixos mais comuns são:

  • diminutivos: - ito/-ita; illo/illa;
  • aumentativos: -ón/ona; -azo/-aza;
  • depreciativos: -ucho/-ucha; -aco/-aca.

As classes gramaticais que admitem o uso de sufixos apreciativos são substantivos, adjetivos, advérbios, formas de gerúndio, algumas interjeições e quantificadores.

Leia também: Pronomes interrogativos e exclamativos em espanhol – como utilizar?

Diminutivos: formação e noções expressas

O sufixo mais usual é -ito/-ita. Na Espanha, além desse, também se usam outros, como -ico/-ica, -uco/-uca, -ín/-ina, -ino/-ina, -iño/-iña, -ejo/-eja, -illo/-illa y -ete/-eta. Nas Américas são frequentes os diminutivos diferentes de -ito/-ita: usam-se -ejo/-eja em áreas da Argentina e no espanhol andino; -ingo/-inga na parte oriental da Bolívia; -ico/-ica, principalmente no Caribe, com a variante -itico/-itica.

→ Palavras terminadas com vogal átona

Retira-se a vogal final e agrega-se o sufixo.

Exemplos:

  • casacasita
    (casa – casinha)

  • salasalita
    (sala - salinha)

  • espejoespejito
    (espelho - espelhinho)

Esse sufixo pode variar para -ecito/-ecita (e suas variantes) quando a palavra é dissílaba e a sílaba tônica tem ditongo -ie ou -ue.

Exemplo:

hierba – hierbecita
(erva - ervinha)

O ditongo -io/-ia também produz variantes:

limpio / limpito/ limpiecito
(limpo - limpinho)

Quando a vogal final é -e, o diminutivo é formado com -ito/-ita se a palavra tem mais de duas sílabas, e com -ecito/-ecita se é dissílaba. Exemplos:

  • compadre – compadrito
    (compadre compadrinho)

  • madre – madrecita
    (mãe mãezinha)

  • padre – padrecito
    (pai paizinho)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

→ Palavras terminadas em vogal tônica

O diminutivo costuma ser -cito/-cita.

Café – cafecito
(café cafezinho)

→ Palavras terminadas em consoante

Se são monossilábicas, predomina -ito/-ita nos nomes próprios de pessoas. Nos demais casos, se alternam -cito/-cita e -ecito/-ecita:

  • Juan – Juanito

  • bar – barcito – barecito
    (bar barzinho)

  • miel – mielcita – mielecita
    (mel melzinho)

  • sol – solcito – solecito
    (sol solzinho)

  • tren – trencito – trenecito
    (trem trenzinho)

Não monossilábicas terminadas en -n ou -r: -cito/-cita.

cajón – cajoncito
(gaveta gavetinha)

Exceção: señorito (senhorzinho).

Terminadas em -s: no geral se adotam os sufixos -itos/-itas ou -citos/-citas.

  • Lejos – lejitos
    (longe longezinho/longinho)

  • Carlos – Carlitos

Nas demais palavras, a variante mais habitual é -ito/-ita.

Veja também: Preposiciones – preposições em espanhol

Noções expressadas pelo diminutivo

→ Tamanho reduzido

  • casita
    (casinha)

  • maletín
    (malinha)

Com nomes de ações e acontecimentos, pode indicar brevidade ou curta duração:

viajecito
(viagenzinha)

  • Atenuação

Diminui a importância de uma pessoa ou coisa, geralmente derivada de desprezo:

Me atendió un abogadito desconocido.
(Um advogadozinho desconhecido me atendeu.)

Também atenua o efeito de palavras tidas como “inconvenientes”, como:

  • braguitas
    (calcinha – roupa íntima feminina)

  • colita
    (rabinho)

  • culito
    (bundinha bumbumzinho)

Ou para diminuir o grau da qualidade expressa por certos adjetivos:

  • blanquito
    (um pouco branco)

  • guapita
    (um pouco bonita)

Também há um grau de ironia, benevolência ou cumplicidade com o suxifo -ete:

  • amiguete
    (amiguinho)

  • mentirosete
    (mentirosinho)

Siempre sale con su amiguete.
(Sempre sai com seu amiguinho.)

→ Intensificação

Quando combinados com adjetivos, advérbios ou locuções adverbiais:

  • calentito
    (muito quente)

  • cerquita
    (muito perto)

  • mañanita
    (muito cedo)

  • igualito
    (exatamente igual)

¡OJO! Ahorita: é usado para indicar a proximidade de um evento passado ou futuro.

Voy a dar una vuelta, ahorita termino las tareas de la escuela.
(Vou dar uma volta, agorinha termino as tarefas da escola.)

O diminutivo também é bastante usado quando se quer dar um valor afetuoso:

Ponte un abriguito, que hace frío.
(Coloca uma blusa de frio/casaco, está fazendo frio.)

Acesse também: Pronombres demostrativos – usos dos pronomes demonstrativos em espanhol

Aumentativos: formação e noções expressas

Os aumentativos indicam a ideia de aumento de tamanho ou uma apreciação positiva ou negativa de uma pessoa ou uma coisa.

→ Sufixo -ón/-ona

Indica aumento de tamanho, mas também pode indicar um golpe brusco ou uma carência:

  • mesón
    (mesa grande)

  • dormilón
    (dorminhoco)

  • pelón
    (careca)

¡OJO! A palavra mesón tem mais um significado, além do aumentativo de mesa. Significa hospedaria.

A ponderação que o sufixo -ón/ona expressa também pode ter conotação positiva:

  • peliculón
    (filmaço)

  • simpaticón
    (muito simpático)

Acabo de llegar del cine, he visto un peliculón de Almodóvar.
Acabo de llegar del cine, he visto un peliculón de Almodóvar.

Também pode ser depreciativa, muitas vezes referindo-se a uma parte do corpo da pessoa ofendida:

  • cabezón
    (cabeção)

  • orejón
    (orelhudo)

  • panzón
    (barrigudo)

OJO: dulzón pode ser muito doce, ou pouco doce, em algumas regiões andinas ou do espanhol rioplatense.

Caracterizam-se como depreciativos, mesmo se usados em tom amável e familiar, os substantivos ou adjetivos que designam pessoas que chegaram a certa idade:

  • cuarentón
    (quarentão)

  • cincuentona
    (cinquentona)

→ Sufixo -azo/-aza

Indica valores apreciativos, intensificando os termos positivos ou negativos:

  • exitazo
    (muito sucesso)

  • ladronazo
    (ladrão)

Unido a palavras sem valor estimativo, pode ser aumentativo:

torazo
(tourozão)

Pode ter conotações elogiosas:

  • cochazo
    (carrão)

  • golazo
    (golaço)

Ou indicar excessos (quando predomina a conotação pejorativa):

  • calorazo
    (calorzão)

  • jefazo
    (excelente chefe/chefão)

  • manazas
    (desastrado)

  • Se compró un cochazo de dar envidia.
    (Comprou um carrão de dar inveja.)

  • Hace un calorazo.
    (Está fazendo um calorzão.)

¡OJO! Na Espanha é usado a variante -azas com substantivos, invariável em plural e com forte carga pejorativa.

No dejes que Julián cargue con los vasos, es un manazas.
(Não deixe o Julián carregar os copos, é um desastrado.)

O sufixo -azo também serve para indicar golpes dados com partes do corpo ou objetos, como:

  • puñetazo
    (soco)

  • portazo
    (ato de fechar a porta com violência)

→ Sufixo -ote/-ota

Usa-se no geral com nomes e adjetivos:

  • gafota
    (quatro olhos)

  • feota/-e
    (muito feio/-a)

  • grandota/-e
    (grandalhona/grandalhão)

  • muchachote/-a
    (molecote/-a)

Também varia para -zote/-zota nos contextos em que -ito/ita se transforma em -cito/-cita:

camionzote
(caminhãozão)

Nesses casos, a interpretação afetiva sobrepõe-se à de tamanho ou quantificação. Geralmente essa interpretação é depreciativa, às vezes atenuada por uma ideia de condescendência ou compreensão, entre generosa e burlesca:

Se hace el fuerte, pero, en el fondo, es un sencillote de buen corazón.
(Se faz de forte, mas, no fundo, é muito sensível e de bom coração.)

¡OJO! Existe a palavra dicionarizada palabrota, que significa palavrão.

Os aumentativos e diminutivos possuem a função de expressar a dimensão de determinado objeto ou podem ter função valorativa.
Os aumentativos e diminutivos possuem a função de expressar a dimensão de determinado objeto ou podem ter função valorativa.

Apreciativos depreciativos

Expressam uma visão pejorativa de alguém ou uma coisa. Os sufixos de valor depreciativo mais comuns são -aco/-aca; -ajo/-aja; -ejo; -ucho/-ucha.

Outros:-acho/-acha; -astro/-astra; -ato/-ata; -orrio; -orro / -orra; -ute.

  • Este tiparraco nunca te ha hecho feliz.
    (Este sujeitinho nunca te fez feliz.)

  • El novio de Elena es más bien feúcho, ¿no crees?
    (O namorado da Elena é feinho, não acha?)

¡OJO! Os sufixos apreciativos recebem o acento da palavra, que se torna oxítona (aguda) con -ín ou -ón, ou paroxítona (llana) nos casos restantes.

Problema – problemón
calabaza – calabacín
hombre – hombrecito, hombrecillo

Leia também: Acentuación: acentuação em espanhol

Exercícios resolvidos

Questão 1 - Dê o diminutivo das seguintes palavras:

A) puerta

B) silla

C) mujer

D) problema

E) sol

Resolução

A) puertecita

B) sillita

C) mujercita

D) problemilla/problemita

E) solcito

Questão 2 - Dê o aumentativo das seguintes palavras:

A) puerta

B) golpe

C) coche

D) problema

E) gol

Resolução

A) portón

B) golpazo

C) cochazo

D) problemón/problemazo

E) golazo

Publicado por: Renata Martins Gornattes
Assuntos relacionados
Las profesiones
Veja as principais profissões em espanhol (las profesiones), aprenda as regras de formação desses substantivos, além de conferir exercícios resolvidos.
Acentuación
Saiba tudo o que você precisa saber sobre a acentuação das palavras em espanhol!
Los adverbios
Saiba tudo sobre o uso dos advérbios em espanhol. Entenda as diferenças e semelhanças com a língua portuguesa e pratique com exercícios práticos e esclarecedores.
Os artigos em Espanhol são utilizados diante de substantivos ou de elementos a que fazem referência no enunciado
Los artículos determinado, indeterminado y neutro en español
“Los artículos determinado, indeterminado y neutro en español”: Tire todas as suas dúvidas sobre o uso dos artigos em Espanhol!
Pronombres demostrativos
Saiba tudo sobre os “pronombres demostrativos” em Espanhol. Veja exercícios práticos e esclarecedores sobre o tema.
Pronombres indefinidos
Conheça tudo sobre os pronombres indefinidos em espanhol. Pratique com exercícios que te ajudarão a usá-los de forma adequada.
Os pronomes possessivos do Espanhol indicam posse, assim como no Português, mas apresentam usos distintos
Los pronombres posesivos
Aprenda a expressar posse na língua espanhola por meio de uma explicação detalhada sobre os pronomes possessivos (pronombres posesivos).