Whatsapp icon Whatsapp

Pretérito indefinido (pretérito perfecto simple)

O pretérito indefinido ou pretérito perfecto simple é usado para expressar ações e acontecimentos realizados e concluídos no passado.
Relógio se desintegrando em pequenas partículas
O pretérito indefinido indica ações concluídas no passado.

O pretérito indefinido ou pretérito perfecto simple (pretérito perfeito) é um tempo verbal do modo indicativo que expressa ações e acontecimentos realizados e concluídos no passado. Apresenta verbos regulares e irregulares.

Por tratar-se de um tempo verbal que se refere a um espaço temporal concluído, isto é, fora do presente, é comum seu uso com advérbios ou locuções adverbiais de tempos e outras expressões que indiquem que a ação não pertence ao presente.

Há outro tempo verbal em espanhol que também é usado para falar de ações concluídas no passado e, muitas vezes, é traduzido como o pretérito perfeito do modo indicativo em português. Trata-se do pretérito perfecto compuesto, que também expressa uma ação concluída no passado, mas que está estreitamente relacionada com o presente. Também existem alguns usos pontuais relacionados às variedades diatópicas — de cada região/país que fala o espanhol.

Leia também: Condicional compuesto (futuro do pretérito composto) em espanhol

Videoaula sobre o pretérito indefinido em espanhol

Uso do pretérito indefinido em espanhol

O principal uso desse tempo verbal é para expressar fatos, acontecimentos, ações ou experiências situadas em um momento preciso do passado.

Ayer fui al centro comercial.
Ontem fui ao shopping.

Alejandra durmió tarde.
Alejandra dormiu tarde.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Verbos regulares e o pretérito indefinido em espanhol

Pronombre

Pensar

Comer

Partir

yo

pensé

comí

partí

tú/vos

pensaste

comiste

partiste

él/ella/usted

pensó

com

part

nosotros(as)

pensamos

comimos

partimos

vosotras(os)

pensasteis

comisteis

partisteis

ellos(as)/ustedes

pensaron

comieron

partieron

¡OJO!

  • As terminações dos verbos de segunda e terceira conjugação (comer e partir) são iguais.

  • Os verbos regulares do pretérito indefinido do indicativo são acentuados na última sílaba quando conjugados nas primeira e terceira pessoas do singular.

  • A terceira pessoa do plural termina em -ron, diferentemente do português, que termina em -ram (pensaron / pensaram). É muito importante aprender essa diferença, pois há verbos no passado que terminam em -ran, mas estão conjugados no pretérito imperfecto de subjuntivo (Si ellos pensaran — Se eles pensassem).

Leia também: Como usar o futuro perfecto de indicativo em espanhol

Verbos irregulares e o pretérito indefinido em espanhol

As irregularidades do pretérito indefinido são divididas em três grupos:

a) Verbos com raiz irregular: são aqueles em que toda a raiz é alterada. Nessa categoria está incluída a maior parte dos verbos irregulares em pretérito indefinido. Veja os mais comuns:

saber — sup

poder — pud

poner — pus

haber — hub

caber — cup

tener — tuv

estar — estuv

andar — anduv

decir — dij

traer — traj

querer — quis

venir — vin

hacer — hic/hiz

conducir — conduj

¡OJO!

  • Os verbos terminados em -ducir têm a raiz modificada para -duj.

  • Os correspondentes desses verbos irregulares preservam as mesmas irregularidades:

mantener — mantuv

convenir — convin

deshacer — deshic/deshiz

Nessa categoria, as terminações também são diferentes. As terminações dos verbos irregulares no pretérito indefinido são:

-e

-iste

-o

-imos

-isteis

-ieron/eron*

*A terminação -eron, de terceira pessoa do plural, é usada apenas com verbos terminados em -ducir e com o verbo decir e suas variantes (predecir, por exemplo):

Pronombre

Andar

Saber

Poder

Producir

yo

anduve

supe

pude

produje

tú/vos

anduviste

supiste

pudiste

produjiste

él/ella/usted

anduvo

supo

pudo

produjo

nosotros(as)

anduvimos

supimos

pudimos

produjimos

vosotras(os)

anduvisteis

supisteis

pudisteis

produjisteis

ellos(as)/ustedes

anduvieron

supieron

pudieron

produjeron

b) Verbos com mudança vocálica: pertencem à terceira conjugação — terminados em -ir — e têm -e ou -o na última sílaba da raiz. São irregulares, de maneira geral, apenas as terceiras pessoas do singular e do plural.

Quando a última sílaba da raiz tem a vogal -e, esta se converte em -i; por sua vez, a vogal -o se converte em -u. As terminações desses verbos são as mesmas dos regulares. Alguns exemplos são: seguir, pedir, morir, dormir, mentir, sentir, competir, impedir, perseguir, presentir, repetir, elegir.

Pronombre

Sentir

Dormir

Caer

yo

sentí

dormí

caí

tú/vos

sentiste

dormiste

caíste

él/ella/usted

sintió

durmió

cayó

nosotras/os

sentimos

dormimos

caímos

vosotras/os

sentisteis

dormisteis

caísteis

ellos/ellas/ustedes

sintieron

durmieron

cayeron

¡OJO!

  • Em verbos com duas vogais seguidas — oír (ouvir), leer (ler), caer (cair) —, a vogal da terminação se transforma em -y- nas terceiras pessoas do singular e do plural. Eles também seguem as regras de acentuação dos hiatos.

c) Verbos dar, ser e ir: são completamente irregulares.

Pronombre

dar

ser/ir

yo

di

fui

tú/vos

diste

fuiste

él/ella/usted

dio

fue

nosotras/os

dimos

fuimos

vosotras/os

disteis

fuisteis

ellos/ellas/ustedes

dieron

fueron

Pretérito perfecto simples x pretérito perfecto compuesto

Em língua portuguesa, tanto os verbos no pretérito indefinido quanto os conjugados no pretérito perfecto compuesto são traduzidos com o pretérito perfeito do indicativo; no entanto, esses dois têm usos diferentes em espanhol.

As situações expressas pelo pretérito indefinido não têm relação com o presente. Observe que as unidades temporais usadas com ele não podem ser acessadas no presente (ontem, ano passado…). Por sua vez, o pretérito perfecto compuesto pode se referir a uma ação passada e igualmente concluída, mas que pertence a uma unidade temporal a qual ainda podemos acessar. Vejamos um exemplo:

Este año he ido a Córdoba.

El año pasado fui a Córdoba.

Este ano/Ano passado fui a Córdoba.

Observe que as duas frases em espanhol são traduzidas da mesma forma em língua portuguesa, mas as unidades temporais em espanhol são diferentes. Na primeira, o sujeito viajou no ano corrente, ou seja, um ano ainda não acabado. Já no segundo exemplo, com o pretérito indefinido, o sujeito viajou no ano anterior, ou seja, uma unidade de tempo já concluída.

Em alguns lugares, esses dois passados do indicativo costumam alternar. Na Hispanoamérica e nas Ilhas Canárias, é mais comum o uso do pretérito perfecto compuesto, de modo que os falantes podem dizer Este año he ido a Córdoba. No entanto, não há registros de uso desse tempo verbal com marcadores temporais que se referem a unidades de tempo concluídas, como ayer. Sendo assim, o enunciado El año pasado he ido a Córdoba seria agramatical.

Leia também: Verbos defectivos em espanhol

Exercícios resolvidos sobre o pretérito indefinido em espanhol

Questão 01

(Ufla 2005) En la frase: “Los animales buceadores han resuelto este problema”, la conjugación verbal subrayada puede ser reemplazada por:

a) resolvimos

b) resolviste

c) resolverán

d) resolvieron

Reolução

Letra D

O verbo han resuelto está conjugado na terceira pessoa do plural. Portanto, a única opção que substitui corretamente essa forma verbal é a letra D.

Questão 02

(Enem 2013-1)

Obituario*

Lo enterraron en el corazón de un bosque de pinos

y sin embargo

el ataúd de pino fue importado de Ohio;

lo enterraron al borde de una mina de hierro

y sin embargo

los clavos de su ataúd y el hierro de la pala

fueron importados de Pittsburg;

lo enterraron junto al mejor pasto de ovejas del mundo

y sin embargo

las lanas de los festones del ataúd eran de California.

Lo enterraron con un traje de NewYork,

un par de zapatos de Boston,

una camisa de Cincinatti

y unos calcetines de Chicago.

Guatemala no facilitó nada al funeral,

excepto el cadáver.

* Paráfrasis de un famoso texto norteamericano.

NOGUERAS, L. R. Las quince mil vidas del caminante. La Habana: Unea, 1977.

O texto de Luis Rogelio Nogueras faz uma crítica

a) à dependência de produtos estrangeiros por uma nação.

b) ao comércio desigual entre Guatemala e Estados Unidos.

c) à má qualidade das mercadorias guatemaltecas.

d) às dificuldades para a realização de um funeral.

e) à ausência de recursos naturais na Guatemala.

Resolução

Letra A

O poema narra o velório de um homem na Guatemala. Observe que todo o velório aconteceu no país, mas nada além do corpo (el cadáver) veio de lá. Todos os elementos do funeral são importados, e o final do texto se converte em uma crítica, expressa na alternativa A, que é a resposta correta.

Publicado por Renata Martins Gornattes

Artigos Relacionados

Acentuación
Saiba tudo o que você precisa saber sobre a acentuação das palavras em espanhol!
Los adverbios
Saiba tudo sobre o uso dos advérbios em espanhol. Entenda as diferenças e semelhanças com a língua portuguesa e pratique com exercícios práticos e esclarecedores.
Pretérito perfeito composto do indicativo em espanhol
Venha estudar sobre o pretérito perfecto compuesto de indicativo (pretérito perfeito composto do indicativo em espanhol), e aprenda como usá-lo corretamente!
video icon
Texto"Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula do número de diagonais de um polígono convexo e resolveremos questões modelo.