Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Mecânica
  4. Definindo a velocidade tangencial de um corpo

Definindo a velocidade tangencial de um corpo

Podemos dizer que movimentos circulares de pontos materiais são incomuns, mas podemos observar diversos exemplos de corpos descrevendo trajetórias circulares. Sendo assim, também podemos considerar o movimento circular como um dos mais importantes, já que diversas máquinas funcionam com base nesse tipo de movimento, por exemplo, os motores, rodas, engrenagens etc.

Dizemos que um corpo que descreve uma trajetória circular possui movimento circular uniforme quando sua velocidade angular é constante. Agora, no movimento circular, definimos a velocidade tangencial como sendo a velocidade instantânea do ponto considerado nesse movimento.

Temos na figura acima um cata-vento que gira fazendo com que o ponto A descreva um movimento circular. Se soubermos o valor do raio R do círculo descrito pelo ponto A, será possível determinar o valor e a direção da velocidade tangencial desse ponto, isso para qualquer instante.

Supondo que o trajeto que o ponto A percorre durante uma volta completa seja (D), matematicamente temos que D é o próprio comprimento da circunferência descrito pelo ponto A, portanto, temos:

D=2πR

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Se soubermos também o tempo que o ponto A gastou para dar uma volta completa, isto é, se soubermos qual é o período, podemos calcular a velocidade do ponto A, sendo assim, matematicamente, temos:

Dessa forma, temos que:

Sendo assim, podemos reescrever a equação (I) desta forma:

 

v=ω.R

Podemos, portanto, concluir que a velocidade tangencial do ponto A, ou de qualquer outro corpo que esteja descrevendo um movimento circular, é um vetor v cuja direção é sempre tangente à trajetória que ele descreve. Perceba na figura abaixo que a velocidade tangencial v sempre muda de direção a fim de manter-se tangente à trajetória. Com isso, podemos definir também que o módulo da velocidade tangencial é sempre constante no movimento circular uniforme.

O vetor velocidade tangencial é um vetor cuja direção é tangente à trajetória

Enquanto o cata-vento gira, o ponto A descreve um movimento circular
Enquanto o cata-vento gira, o ponto A descreve um movimento circular
Publicado por: Domiciano Correa Marques da Silva
Assuntos relacionados
O Universo ainda tem muito a ser explorado
Segunda Lei de Kepler
Estudo da segunda lei de Kepler, a Lei das Áreas.
A placa de sinalização de velocidade da figura indica que os carros podem deslocar-se, no máximo, a 80 km a cada hora naquele trecho
Conceitos fundamentais da Cinemática Escalar
Que tal saber mais sobre a Cinemática Escalar? Com essa grande área da Mecânica, você será capaz de descrever o movimento das coisas ao seu redor.
Partícula de massa <i>m</i> deslocando de um ponto A para um ponto B
Teorema da Energia Cinética
O que diz o teorema da energia cinética?
Movimento de um móvel em uma trajetória
Equação horária dos espaços
A equação horária dos espaços nos fornece a posição do móvel sobre a trajetória em qualquer instante do movimento.
Energia
Você sabe o que é energia? Conheça a definição de energia segundo a física. Confira quais são os diferentes tipos de energia. Entenda o que é a conservação da energia.
Esquema geral para medir a distância de uma estrela
Medindo estrelas
O parsec é uma unidade usada na Astronomia para medir a qual distância as estrelas estão da Terra.
Energia potencial gravitacional
Acesse o texto e confira o que é a energia potencial gravitacional, a fórmula para calculá-la e exercícios resolvidos sobre o tema.
A chave de rodas é utilizada para desapertar os parafusos da roda do carro
Vantagem mecânica
Veja aqui qual é a definição, em Física, de vantagem mecânica para uma ferramenta ou máquina.