Whatsapp icon Whatsapp

Ondas periódicas

Ondas periódicas são caracterizadas por apresentarem o mesmo comportamento em um período fixo.
Representação de uma onda periódica senoidal e outra quadrada.
Representação de uma onda periódica senoidal e outra quadrada.

Onda periódica é aquela que repete sempre o mesmo comprimento de onda em um mesmo período. Isso significa que a posição das cristas (pontos de máximo vertical do comprimento de onda) e a dos vales (pontos de mínimo vertical do comprimento de onda) estão sempre na mesma posição. As posições das cristas e dos vales equivalem à amplitude da onda.

O tempo necessário para formação de um comprimento de onda é chamado de período, ou seja, o tempo necessário para formar dois vales ou duas cristas consecutivas. Já a quantidade de comprimentos de ondas formados em um segundo é denominada frequência, e ela é o inverso do período.

Leia também: Ondas eletromagnéticas — formadas pela combinação de campos elétricos e magnéticos

Resumo sobre ondas periódicas

  • Têm um ciclo que sempre se repete, ou seja, o mesmo comprimento de onda é repetido no mesmo período.

  • Podem ter formato senoidal, quadrado, triangular. O fator decisivo é a repetição do formato no mesmo período.

  • Crista é a posição do ponto de máximo vertical de uma onda.

  • Vale é a posição do ponto de mínimo vertical de uma onda.

  • Amplitude é a posição onde se encontra a crista ou o vale.

  • O período é o tempo gasto para um comprimento de onda se formar.

  • Frequência é a quantidade de comprimentos de ondas formados em um segundo.

O que são ondas periódicas?

As ondas periódicas são caracterizadas por repetirem sempre o mesmo comprimento de onda (λ), medido em metros (m), em um mesmo período. Podem ser do tipo senoidais, retangulares, triangulares. O importante para essa classificação é que o comprimento de onda possua o mesmo formato no mesmo período regular.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais são as características das ondas periódicas?

Todas as ondas periódicas têm a mesma forma no mesmo intervalo de tempo. Mesmo que essa forma mude de uma onda para outra, o comportamento delas será o mesmo, como demonstrado na figura a seguir.

 Onda periódica triangular, quadrada e senoidal.

Quais são os elementos das ondas periódicas?

As ondas são caracterizadas por terem: amplitude, período, frequência e seu comprimento.

  • Amplitudes: são as posições de oscilação máxima (crista) e mínima (vale).

  • Período (T): é o tempo (t) necessário para a formação de um comprimento de onda, medido em segundos.

  • Frequência (f): é o número de vezes que esse comprimento de onda se repete no intervalo de um segundo.

  • Comprimento de onda: é a distância entre o início e o fim de dois vales ou cristas consecutivas. A figura a seguir mostra possíveis formas de se identificar o comprimento de onda.

Representação de comprimentos de onda

A figura a seguir representa uma onda transversal periódica, com seus componentes representados.

Onda periódica do tipo senoidal, com os valores das amplitudes de máximo e mínimo e comprimento de onda demarcados.
Onda periódica do tipo senoidal, com os valores das amplitudes de máximo e mínimo e comprimento de onda demarcados.
  • Exemplos

A onda quadrada a seguir é formada pelo fluxo de corrente contínua em um circuito.

Gráfico com onda periódica quadrada

  1. O tipo da onda

Observa-se que a onda tem seu formato padronizado, ou seja, formando ciclos iguais no mesmo período. Sendo assim, trata-se de uma onda quadrada e periódica.

  1. A posição das cristas e dos vales

As cristas e os vales correspondem, respectivamente, aos valores das posições das amplitudes máximas e mínima. Sendo assim, o vale equivale a -12 V e a crista a 12 V.

  1. O comprimento de onda

Por se tratar de uma onda periódica, os comprimentos de onda serão todos iguais. O comprimento de onda é a distância entre uma crista a outra, assim:

Representação do comprimento de onda

Na figura, há formação de dois comprimentos de onda, cobrindo assim uma distância de 0,018 nm.

\(2\lambda=0,018\)

\(\lambda=\frac{0,018}{2}=0,009\ nm\ \)

  1. O período da onda

Considerando que, para formar um comprimento de onda, são necessários 8 s, como demonstrado no gráfico, deve-se ainda observar que esse tempo é denominado período, logo, a resposta será T = 8 s.

Leia também: Ondas estacionárias — aquelas resultantes da superposição entre ondas distintas

Quais são as fórmulas das ondas periódicas?

A velocidade é a razão entre o espaço percorrido e o tempo gasto para percorrê-lo, mas, ao lidar-se como uma onda, tem-se a velocidade de propagação — o espaço percorrido —; o comprimento de onda λ — distância ente o início de duas cristas ou vales consecutivos —; e o período T — tempo necessário para formação de um comprimento de onda. A velocidade dessa onda é dada pelo produto entre comprimento de onda e frequência, medida em hertz (Hz).

\(v=\lambda\ .f\)

O período é o inverso da frequência, consequentemente, a velocidade da onda também pode ser escrita como a razão entre o comprimento de onda e o período de formação dela.

\(T=\ \frac{1}{f}\ \ \ \ \)

\(v=\frac{\lambda}{T}\)

Veja um exemplo de cálculo a seguir.

Um gerador de pulsos elétricos é capaz de gerar vários formatos de ondas nas mais diversas frequências e é amplamente utilizado em aparelhos eletrônicos de áudio e telecomunicação. Uma das suas leituras gerou a onda da figura a seguir. Qual é a velocidade dessa onda?

Gráfico mostra onda formada por pulso elétrico

Resposta:

Analisando a figura, observa-se que 0,006 m cobre um comprimento de onda e meio (1,5.λ).

Determinação do valor de comprimento de onda com base em informações do gráfico

\(1,5\lambda=0,009\)

\(\lambda=\frac{0,009}{1,5}=0,006\ m\)

A figura mostra a repetição de 3λ em 0,45 s.

\(3\lambda=0,45\ s\)

\(\lambda=\frac{0,45\ s}{3}=0,15\ s\)

Um comprimento de onda é formado em 0,15 s, logo, esse é o período da onda. Para calcular a velocidade, utiliza-se:

\(v=\frac{\lambda}{T}=\frac{0,006}{0,15}=0,04\ m/s\)

Leia também: Fenômenos ondulatórios — o que pode acontecer quando uma onda encontra um obstáculo?

Exercícios resolvidos sobre ondas periódicas

Questão 1

Uma onda periódica produzida em um experimento teve frequência igual a 8 KHz e velocidade igual a 5,6.104 m/s. Caso se mantenha o valor do comprimento de onda e a frequência ser mudada para 6 kHz, o comprimento de onda e a velocidade da onda serão iguais a:

a) 5 km - 12 m/s

b) 7 m - 4,2.104 m/s

c) 6 km - 7.104 m/s

d) 8 m - 6,5.10³ m/s

e) 16 m - 8,3.05 m/s

Resposta: alternativa B

Extraindo os dados:

Como os valores mudarão, deve-se diferenciar as velocidades e frequências antes e depois da mudança.

v1 = 5,6.104 m/s

f1 = 8 KHz = 8.10³ Hz (k = 10³)

f2 = 6 KHz = 8.10³ Hz

Calculando primeiramente o valor do comprimento de onda:

\(v=\lambda.f\)

\(5,6.{10}^4\ =\lambda.8.10³\)

\(\lambda=\frac{5,6.10^4}{8.10³}=0,7.10=7 m\)

Tendo o valor do comprimento de onda, calcula-se a nova velocidade:

\(v=\lambda.f=7\ .\ \ 6.10^3=42.{10}^3\ m/s\)

Pelas normas da notação científica, o valor deve ser de 1 a menor que 10.

\(v=4,2.{10}^4\ m/s\)

Questão 2

Uma corda recebe a ação de uma força sobre ela, formando uma onda, com início na origem do plano cartesiano, com um total de 6 cristas, em 0,8 segundos. Considerando que a velocidade dessa onda foi de 4 m/s, a alternativa que representa o valor da medida do comprimento de onda nessa corda é:

a) 0,9 m

b) 12 m

c) 7 m

d) 8,4 m

e) 0,48 m

Resposta: alternativa E

Extraindo os dados:

  • t = 0,8 s

  • v = 4 m/s

Se foram formadas 6 cristas, a onda será como na figura a seguir.

Onda com seis cristas

Com 6 cristas, 5 formas de comprimento de onda apareceram em 0,8 s, logo:

\(5\lambda=0,8\ s\)

\(\lambda=\frac{0,8\ s}{5}=0,16\ s\)

Se o comprimento de onda foi formado em 0,16 s, esse será o valor do período T.

\(v=\frac{\lambda}{T}\)

\(4=\frac{\lambda}{0,12}\)

\(\lambda=4.0,12=0,48\ m\)

\(\lambda=0,48\ m\)

Publicado por Gustavo Campos

Artigos Relacionados

Quando uma ambulância passa na rua, o som é percebido mais agudo na aproximação do que durante o afastamento
Efeito Doppler
Clique aqui e conheça o efeito Doppler, fenômeno que ocorre com qualquer tipo de onda e é utilizado em diagnósticos por imagens.
Imagem da artéria carótida feita por um exame que envolve o efeito Doppler
Efeito Doppler e os diagnósticos por imagem
Você sabia que o efeito Doppler pode ser aplicado no diagnóstico feito por imagens? Clique aqui e entenda o Ecodoppler!
Exemplos de fenômenos ondulatórios: reflexão, absorção, refração, dispersão e difração.
Fenômenos ondulatórios
Descubra quais são os fenômenos ondulatórios mais comuns. Veja como a onda se comporta em cada um desses fenômenos.
A lei de Taylor pode ser aplicada às cordas tensionadas de um violão
Fórmula de Taylor
Você conhece a fórmula de Taylor? Clique aqui e entenda a lei que determina a velocidade das ondas em cordas tensionadas.
Intensidade do som
Você sabe o que é intensidade sonora? Aprenda a calculá-la, saiba quais são os limites da audição humana e confira exercícios resolvidos.
A corda da figura acima está esticada, sendo o ponto F a fonte de ondas periódicas
Onda periódica e sua equação
Veja aqui a definição de onda periódica transversal e veja também como podemos determinar a equação de uma onda periódica.
Surfista “pegando uma onda”
Ondas
Clique aqui e aprenda o conceito de ondas e como classificá-las de acordo com a natureza e o tipo!
Ondas Eletromagnéticas
Saiba mais sobre as ondas eletromagnéticas! Conheça suas características, tipos (como as micro-ondas) e fórmulas. Confira exercícios resolvidos sobre o tema.
Ondas de rádio
Descubra o que são ondas de rádio e quais são suas características. Confira alguns exemplos de dispositivos que fazem uso dessa radiação.
Ondas estacionárias
Acesse o texto sobre ondas estacionárias e entenda como essas ondas se formam em cordas oscilantes e também nos tubos sonoros.
Onda mecânica é uma perturbação que se propaga em um meio material e é capaz de transportar energia.
Ondas mecânicas
Descubra o que são as ondas mecânicas, bem como veja como elas se propagam e os tipos de ondas que existem.
Onda sendo polarizada por duas fendas.
Ondas polarizadas
Polarização das ondas eletromagnéticas.
As ondas são perturbações capazes de transportar energia
Ondulatória
Clique aqui para conhecer mais sobre Ondulatória, o ramo da Física dedicado ao estudo dos fenômenos que envolvem as ondas.
Nova ponte Tacoma Narrows, Washington – EUA. As colunas da direita, feitas de concreto, são da ponte que caiu em 1940
Ponte Tacoma Narrows
Conheça a história da ponte Tacoma Narrows, que entrou em colapso total após iniciar uma intensa oscilação motivada pela força dos ventos.
Todos os tipos de ondas podem sofrer reflexão, refração e difração
Reflexão, refração e difração das ondas
Você sabia que qualquer tipo de onda pode sofrer reflexão, difração e refração? Clique aqui e conheça mais sobre esses três fenômenos ondulatórios.
Instrumento musical
Timbre
A característica de distinguir sons de mesma frequência é denominada timbre.
Na sequência vemos que enquanto C percorre um comprimento de onda, o ponto P efetua uma oscilação
Velocidade de propagação de uma onda
Veja aqui como podemos determinar a velocidade de uma onda mecânica.
Onda periódica em uma corda
Velocidade e comprimento de onda
Veja aqui quais são as características de uma onda periódica e aprenda a determinar a velocidade e o comprimento de uma onda.
video icon
Português
Pré-Enem | Intertextualidade
O Pré-Enem é o intensivo preparatório do Brasil Escola para o Enem. Nele nós separamos os principais temas que devem ser estudados a menos de três meses do exame. Nesta transmissão você assistirá à aula sobre "Intertextualidade" com a professora Maria Beatriz!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas