Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia humana
  4. A divisão do mundo de acordo com a visão eurocentrista

A divisão do mundo de acordo com a visão eurocentrista

O mundo em que vivemos recebe diversas regionalizações. Tais divisões possuem o fim de facilitar a compreensão das informações requeridas e de partes especificas do espaço geográfico, impedindo que haja generalizações dos dados.

Dentre as muitas divisões que o mundo é sujeitado, as principais são: divisão em hemisférios (norte/sul e oriental/ocidental), em continentes (América, Europa, África, Ásia e Oceania), e assim por diante.

Mas o mundo é regionalizado também do ponto de vista histórico, tomando como base os continentes já conhecidos. Nessa abordagem, o mundo é divido em três: Velho Mundo, Novo Mundo e Novíssimo Mundo.

O Velho Mundo é uma expressão usada para designar a visão de mundo que os europeus detinham por volta do século XV. Naquela época, os europeus conheciam somente os continentes da Europa, África e Ásia.

Novo Mundo é um termo criado pelos europeus para designar o continente americano. A expressão teve seu uso difundido no período do descobrimento do novo continente, a América, pois até então era desconhecido pelos europeus, vindo a ser algo novo em relação aos continentes já conhecidos.

Já o Novíssimo Mundo compreende o continente da Oceania, constituída pela Austrália, Nova Guiné, Nova Zelândia, entre outras ilhas. Tal denominação se deu em razão do continente ter sido o último a ser descoberto.

É bom ressaltar que as regionalizações citadas acima não passam de uma visão eurocentrista (idéia que coloca a Europa como o centro do mundo), a qual crê que o continente (Velho Mundo) é a principal civilização e que sua cultura, povo e língua são superiores às demais existentes.

A abordagem eurocentrista desconsidera totalmente todas as civilizações existentes fora do Velho Mundo. No Novo Mundo (América), por exemplo, importantes civilizações como os Incas, Maias e Astecas não são levadas em conta. Na visão dos europeus não existe história antes de sua chegada.
No eurocentrismo a Europa é o centro do mundo.
No eurocentrismo a Europa é o centro do mundo.
Publicado por: Eduardo de Freitas
Assuntos relacionados
Lixo Urbano
O lixo urbano é um dos problemas ambientais ocasionados pelo aumento populacional. Confira!
Migração
Entenda o que é migração. Conheça suas causas e as principais diferenças dos movimentos migratórios. Aprenda sobre os efeitos das migrações.
Alterações que ocorreram entre 1989 e os primeiros anos do século XXI.
O Mar de Aral está diminuindo
Um lago de água salgada que gradativamente está encolhendo.
A hierarquia do mundo capitalista.
Os problemas derivados do capitalismo
Os problemas derivados do capitalismo, O que é o capitalismo, Quando teve início o capitalismo, O capitalismo e a luta entre proletário e donos dos meios de produção, O capitalismo e a natureza, O capitalismo e as desigualdades sociais, O capitalismo e a perda de valores.
Saneamento básico é um dos indicadores da qualidade de vida de um país
Países com IDH muito baixo
As nações que possuem os piores padrões socioeconômicos do mundo.
George C. Marshall, foi secretário dos EUA e foi o idealizador do Plano Marshall
Plano Marshall
O Plano Marshall, O que foi o Plano Marshall, Quem foi favorecido pelo Plano Marshall, O Plano Marshall e a Guerra fria, Quando ocorreu o Plano Marshall, Qual o valor do empréstimo do Plano Marshall, O Plano Marshall e o leste Europeu.
Regionalização Norte-Sul
Conheça as características da regionalização norte-sul que divide o mundo em países desenvolvidos e subdesenvolvidos.
O Censo 2010 contrasta e põe em xeque o forte “poder de renda” do brasileiro
Renda salarial dos brasileiros
Veja como está distribuída a renda salarial dos trabalhadores brasileiros.