Plano Marshall

Ao término da Segunda Guerra Mundial a Europa se encontrava praticamente destruída, os meios de produção foram arrasados, impossibilitando as exportações e o comércio interno, em suma, estava desorganizada economicamente e desprovida de recursos financeiros para a reconstrução dos países.

Os Estados Unidos temiam que a fragilidade econômica dos países europeus pudesse abrir caminho para o socialismo que era liderado pela URSS (União das Repúblicas Soviéticas Socialistas). Antecipando uma possível influência Russa, os norte-americanos enviaram enormes recursos financeiros para a reconstrução da Europa como um todo.

Com base na Doutrina Truman, no ano de 1948 foi instaurado o Plano Marshall, o nome faz referência a seu inventor o então secretário do Estado Americano George Marshall, que visava à reconstrução da Europa.

Cidadãos gregos manifestam seu apoio ao apoio financeiro ofertado pelos EUA no Plano Marshall
Cidadãos gregos manifestam seu apoio ao apoio financeiro ofertado pelos EUA no Plano Marshall

Inicialmente o plano Marshall iria beneficiar alguns países de influência soviética, disponibilizando bilhões de dólares com intenção de seduzir essas nações da Europa central a ficar do lado dos EUA (capitalismo). Isso deixou a URSS preocupada, temendo que seus países satélites viessem a ficar do lado norte-americano colocando em risco a segurança nacional. Como esses países não aceitaram os recursos, ficaram de fora do plano.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As doações e empréstimos seriam feitos com base nas necessidades econômicas européias, dessa forma o Plano Marshall teve a aceitação por parte dos países da Europa Ocidental em 1948, no qual foi entregue aproximadamente 17 bilhões de dólares, os países que usufruíram do plano foram Inglaterra, Alemanha, Itália e França, os empréstimos foram realizados entre 1948 e 1951. A partir da entrada dos recursos na Europa o resultado foi quase que imediato, crescimento industrial, agrícola, e econômico.

A URSS para estabelecer influência fortaleceu os laços com os países do leste europeu, uma vez que não possuía recursos financeiros como os EUA.

*Créditos da imagem: Artnana e Shutterstock

George C. Marshall, foi secretário dos EUA e foi o idealizador do Plano Marshall
George C. Marshall, foi secretário dos EUA e foi o idealizador do Plano Marshall
Publicado por: Eduardo de Freitas
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
A Guerra Fria teve os Estados Unidos e a União Soviética como seus grandes protagonistas.
Guerra Fria
Veja mais detalhes sobre a Guerra Fria, conflito político-ideológico de grande relevância que ocorreu ao longo da segunda metade do século XX.
A população mundial ultrapassou os sete bilhões de habitantes
População Mundial
Conheça alguns aspectos principais da população mundial, como a distribuição, os países mais populosos e outros fatores.
No eurocentrismo a Europa é o centro do mundo.
A divisão do mundo de acordo com a visão eurocentrista
Pensamento que julga como principal civilização a Européia.
Alterações que ocorreram entre 1989 e os primeiros anos do século XXI.
O Mar de Aral está diminuindo
Um lago de água salgada que gradativamente está encolhendo.
Muro de Berlim
Clique e acesse para conhecer a história do Muro de Berlim. Entenda o contexto da Alemanha, por que o muro foi construído e por que caiu.
Agricultura intensiva.
Agropecuária extensiva e intensiva
Agricultura e Agropecuária extensiva e intensiva, O que é Agropecuária extensiva, O que é Agropecuária intensiva, Quais são as diferenças entre a Agropecuária extensiva e intensiva, Os níveis tecnológicos da Agropecuária extensiva e intensiva.
Cúpula Sobre Mudanças Climáticas - COP 15
Cúpula Sobre Mudanças Climáticas
A reunião internacional que visa minimizar o aquecimento global.
Exemplo de Pirâmide Etária ¹
Pirâmide Etária
Descubra o que é uma pirâmide etária e qual a sua importância e os seus tipos.