Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Sintaxe
  4. Oração
  5. Termos constituintes da oração
  6. Diferença entre Adjunto Adnominal e Predicativo

Diferença entre Adjunto Adnominal e Predicativo

Para entender a diferença demarcada entre adjunto adnominal e predicativo é necessário saber que em ambos os casos quem faz o papel de “ator” principal é justamente o adjetivo, ou seja, ora ele pode exercer a função de adjunto, ora de predicativo. Partindo desse princípio, ocupemo-nos em desvendar alguns pormenores que norteiam tal assunto, por vezes alvo de questionamentos por parte dos usuários da língua. 

Assim sendo, devemos nos pautar em alguns pressupostos, sendo eles demarcados por:

* Enquanto o adjunto adnominal se concebe como termo acessório da oração, ou seja, representa apenas parte de um termo essencial ou integrante dela, o predicativo se revela como um termo essencial, de modo a deixá-la (a oração) compreensível, dotada de sentido. Vejamos, pois, alguns exemplos que subsidiarão nosso entendimento:

A garota é bela.

“Bela”, nesse caso, representa um elemento essencial à constituição do enunciado, pois sem a presença desse termo o entendimento estaria comprometido.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Daí considerarmos que se trata de um predicativo, visto que atribui uma característica ao sujeito, cujo núcleo é representado por “garota”.

Caso disséssemos assim:

A garota educada está alegre.

Constatamos que o termo “educada” pode perfeitamente ser retirado do contexto oracional, sem que isso cause nenhum dano ao perfeito entendimento do discurso. Logo, trata-se de um termo acessório da oração, por conseguinte classificado como adjunto adnominal.

* A função predicativa que se atribuiu ao adjetivo se evidencia marcada no tempo, sendo o verbo o responsável por essa relação cronológica entre a qualidade e o ser. Assim, analisemos outros enunciados:

Ele agora é estudioso, mas era desinteressado.
Os termos que se encontram em destaque representam, pois, o adjetivo exercendo a função de predicativo.

Enquanto que nesta:

O bom filho obedece.
Inferimos que o adjetivo “bom”, ora representando a função de adnominal, pode ser dispensável ao contexto.

O adjetivo pode ser classificado como adjunto adnominal ou predicativo
O adjetivo pode ser classificado como adjunto adnominal ou predicativo
Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte
Assuntos relacionados
Aposto e vocativo
Entenda o que é aposto e vocativo. Descubra qual a diferença entre eles. Saiba quais sãos os tipos de aposto. Confira exercícios resolvidos sobre o tema.
O predicativo do objeto modifica o objeto direto e indireto, conferindo-lhes uma característica
Predicativo do objeto
O predicativo do objeto modifica o objeto direto e o indireto, conferindo-lhes uma característica.
O sujeito pode preceder, suceder ou aparecer no interior do predicado
Posições dos sujeitos nas orações
Leia este artigo e tire suas dúvidas sobre as posições em que o sujeito pode aparecer nas orações, isto é, ordem direta, inversa e no interior do predicado.
O adjunto adjunto adnominal aparece associado a um substantivo
Adjunto adnominal
Aprenda o que é o adjunto adnominal e descubra como esse termo acessório pode expressar-se na oração.
À sintaxe podemos destinar atribuições específicas
Sintaxe – atribuições específicas
Caso você não saiba quais são as atribuições específicas da sintaxe, não se preocupe, pois é só clicar e conferir!
O objeto direto interno se perfaz de particularidades linguísticas distintas
Objeto direto interno: particularidades linguísticas
Objeto direto interno. Por que tal denominação? Descubra aqui acerca das particularidades linguísticas que o norteiam!