Em face de ou face a?

Vejamos as orações:

a) Face ao que foi apresentado, tomamos certas atitudes.
b) Nada pode ser feito em face das medidas oferecidas.

Qual das duas está incorreta? Resposta polêmica, já que uns acreditam que as duas expressões estão corretas, enquanto “face a” é abominada por muitos.

O que acontece é que há tantas variações que reduzir a uma só ficaria pedante e, até mesmo, apelativo; já que seria considerado radicalismo.

A indignação dos gramáticos, da norma culta da língua e dos estudiosos é a preposição: se tem “em” ou “à” está correto! Logo, “em face de” ou “em face a” são aceitas e “face a” não!

A princípio, só se usava “em face de”, mas quando surgiu “em face a”, ficou fácil tirar o tal “em” e abreviar para “face a”!

Essa última é mais usada na oralidade e é melhor que, por enquanto, seja usada somente desta maneira! Assim, diante de frases com sentido de “diante”, “defronte”, “perante”, “na presença de” prefira usar as correspondências que não têm pendências de dúvidas, ou seja, “em face de” ou “em face a”.

No caso da crase em “em face à” é justificada porque há o encontro do artigo “a” com a preposição “a”. Observe:

Em face a + a observação = em face à observação feita, faremos o possível para respondê-la!

Observe a substituição pela preposição “a” mais artigo “o”:

Em face a + o notório = em face ao notório jogo da seleção, o técnico permanece.

Assim também acontece com “de” que se une aos artigos (o, os, a, as):

Em face dos acontecimentos relatados, tomaremos providências.
Gostaríamos de conversar com os alunos em face das regras abolidas neste ano.

Assim, diante de dúvidas, opte pelas expressões que, por assim dizer, obedecem à linguagem culta.

Veja mais!

Ambos ou ambos os - Existe uma forma correta? Saiba mais aqui!

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Sabrina Vilarinho
Assuntos relacionados
Bastante ou bastantes, qual devo usar?
Bastante ou bastantes?
Teremos bastante comidas ou teremos bastantes comidas? Você sabe quando esse termo vai para o plural ou não?
Quando usar o pronome oblíquo ou pessoal do caso reto?
Entre mim e você ou entre eu e você?
Saiba quando usar o pronome oblíquo e quando usar o pronome pessoal do caso reto!
Site, saite e sítio representam o mesmo significado – fazendo referência a “lugar”
Site, saite e sítio
Site, saite e sítio são palavras usadas para designar um mesmo significado, porém, a predominância de uso se refere a site.
As incoerências gramaticais mostram-se como recorrentes, porém não devem persistir
Incoerências gramaticais
Incoerências gramaticais são ocorrências comuns, contudo, passíveis de serem contornadas. Confira acerca de algumas delas aqui!
Processo de migração no mundo
Emigração, imigração ou migração?
Saiba de forma simples e resumida o significado de cada um dos termos!
À custa de ou às custas de?
À custa de ou às custas de? Qual é a forma correta dessa expressão? Clique e tire suas dúvidas!
Até e até a, de acordo com a norma culta, são expressões consideradas adequadas
Até e Até a
“Até” e “até a” são duas expressões consideradas corretas, segundo o padrão formal da linguagem.
Semana retrasada faz referência àquela semana anterior à atrasada
Semana retrasada
Semana retrasada diz respeito àquela semana anterior à atrasada, e não àquela anterior à passada.
Eficácia e eficiência se distinguem quanto ao significado, sobretudo em esse tratando do campo da Administração
Eficiência e Eficácia
Eficácia e eficiência, sobretudo em se tratando do campo da Administração, apresentam sentidos distintos. Clique aqui e não deixe de conhecê-los!