Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Dúvidas de vocabulário
  4. Flagrante ou fragrante?

Flagrante ou fragrante?

Observe, primeiramente, os seguintes exemplos:

a) Ele foi pego em flagrante delito.
b) As flores são fragrantes quando acabam de desabrochar.
c) Era flagrante o modo como falava.
d) A manhã tinha um vento fragrante de perfume de rosas.

São palavras parecidas, mas com sentidos absolutamente diferentes:

• Flagrante: usa-se quando significar evidente, indiscutível, um ato que é evidenciado no momento em que acontece.
Observação: a expressão “deram um flagrante” quer dizer que alguém foi surpreendido no momento exato que praticava determinada ação.

• Fragrante: usa-se quando significar perfumado, cheiroso, aromático.

Agora, observe novamente as orações expostas acima e compare com os significados apresentados. Notou a diferença?

Veja outros exemplos:

a) Foi flagrante o modo como encontraram o casal. (indiscutível)
b) Os policiais deram um flagrante no homem que se dizia fotógrafo. (surpreenderam)
c) Nada é comparável a este fragrante perfume. (cheiroso)
d) Nem toda planta é fragrante, tem algumas que fedem! (perfumada)
e) Quero saber de onde vem esse odor fragrante! (aromático)
f) É flagrante a forma indiferente alguns funcionários se tratam! (evidente)

Veja mais!

Segue em anexo ou anexo? - Você sabe qual expressão está correta!

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Sabrina Vilarinho
Assuntos relacionados
Não se esqueça de que as expressões frente a e face a necessitam de algumas adequações linguísticas
Frente a e Face a: adequações linguísticas
Confira acerca de algumas adequações linguísticas relativas às expressões frente a e face a, bastando para isso apenas um clique!
Concerto ou conserto
Ela foi fazer um conserto/concerto hoje? Veja a diferença entre esses dois termos!
Avisou que ou avisou de que são circunstâncias relacionadas à regência verbal, na qual podemos notar a dupla transitividade do verbo avisar
Avisou que ou avisou de que?
As expressões avisou que e avisou de que caracterizam a dupla transitividade do verbo avisar.
Somente duas construções são consideradas corretas: pisar a grama e pisar na grama
Pisar à grama, na grama ou a grama?
Pisar à grama, na grama e a grama são expressões cotidianas que geralmente suscitam questionamentos. Caso você tenha dúvidas, clique e confira as dicas!