Preposição

A preposição é um conectivo que liga dois termos da oração, subordinando um termo ao outro.

Preposição é a palavra invariável que liga dois termos da oração, subordinando um ao outro.

Sintaticamente, as preposições não exercem propriamente uma função: são consideradas conectivos, ou seja, elementos de ligação entre termos oracionais. As preposições podem introduzir:

• Complementos verbais
• Complementos nominais
• Locuções adjetivas
• Locuções adverbiais
• Orações reduzidas

As preposições classificam-se em essenciais e acidentais:

1. Preposição essencial: sempre funciona como preposição.
Exemplo: a, ante, de, por, com, em, sob, até...

2. Preposição acidental: palavra que, além de preposição, pode assumir outras funções morfológicas.
Exemplo: consoante, segundo, mediante, tirante, fora, malgrado...

Locução prepositiva

Chamamos de locução prepositiva ao conjunto de duas ou mais palavras que têm o valor de uma preposição.
A última palavra dessas locuções é sempre uma preposição.
Exemplos: por causa de, ao lado de, em virtude de, apesar de, acima de, junto de, a respeito de...

As preposições podem combinar-se com outras classes gramaticais.
Exemplos: do (de + artigo o)
no (em + artigo o)
daqui (de + advérbio aqui)
daquele (de + o pronome demonstrativo aquele)

Emprego das preposições

- as preposições podem estabelecer variadas relações entre os termos que ligam.
Ex.: Viajou de carro (relação de meio)
Saiu com os amigos. (relação de companhia)
Morreu de tuberculose. (relação de causa)
O carro de Joaquim é novo. (relação de posse)

- algumas preposições podem vir unidas a outras palavras. Temos combinação quando na junção da preposição com outra palavra não houver perda de elemento fonético.
Temos contração quando na junção da preposição com outra palavra houver perda fonética.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

 

 

contração combinação
Do (de+o) Ao (a+o)
Dum (de+um) Aos (a+os)
Desta (de+esta)      Aonde (a+onde)
No (em+o)  
Neste (em+este)  


- a preposição a pode se fundir com outro a, essa fusão é indicada pelo acento grave ( `), recebe o nome de crase.

Ex.: Fui à feira. (a+a)

- Na linguagem culta, não se deve fazer a contração da preposição de com o artigo que encabeça o sujeito de um verbo.

Está na hora de a criança dormir. (a criança é o sujeito do verbo dormir, por isso não podemos contrair a preposição de com o artigo a que encabeça o sujeito.

Essa regra vale também para construções com pronomes pessoais:
Está na hora de ele sair. (ele é sujeito do verbo sair, por isso não se pode contrair a preposição com o sujeito).

 

 

Publicado por: Marina Cabral
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Assinale a alternativa que indica corretamente o valor semântico das preposições em destaque nas frases:

I. Ele sempre cuidou da família com muita dedicação.

II. Com a doença do pai, ela voltou para a cidade natal.

III. Desde pequenos, os príncipes eram preparados para a liderança.

IV. A pequena casa de madeira foi destruída a machado.

a) modo – companhia – modo – modo

b) causa – modo – finalidade – instrumento

c) modo – modo – causa – causa

d) modo – causa – finalidade – instrumento

e) companhia – causa – semelhança – modo

Questão 2

(Fuvest – SP) O segmento em que a preposição destacada estabelece uma relação de causa é:

a) A carruagem parou ao pé de uma casa amarelada.

b) A escada, de degraus gastos, subia ingrememente.

c) No patamar da sobreloja, uma janela com um gradeadozinho de arame […]

d) […] uma janela com gradeadozinho de arame, parda do pó acumulado...

e) […] coava a luz suja do saguão.

Mais Questões

Artigos de "Preposição"