Whatsapp icon Whatsapp

Tipos de verso

Os tipos de verso são classificados segundo o número de sílabas que possuem. Assim, o verso, isto é, cada linha de um poema, pode ser monossílabo, dissílabo, trissílabo, tetrassílabo, pentassílabo (redondilha menor), hexassílabo, heptassílabo (redondilha maior), octossílabo, eneassílabo, decassílabo, hendecassílabo, dodecassílabo (alexandrino) ou bárbaro.

Leia também: O que é poema?

O que é verso?

Verso é o nome que se dá a cada linha de um poema. Assim, neste trecho do poema Rimbaud, de Horácio Costa, é possível contar oito versos:

Talvez devêssemos imaginá-lo
Aos 16
Chegando a Paris
Com a roupa dos 14

Cresceu um palmo em alguns meses
A roupa continuava igual
Enquanto escrevia
Suas Iluminações

[…]

O verso é o principal elemento estrutural de um poema.
O verso é o principal elemento estrutural de um poema.

Tipos de verso

O verso é classificado segundo o número de sílabas poéticas. Assim, indicamos, a seguir, os tipos de verso, exemplificados com trechos de poemas de Manuel Bandeira (1886-1968). Antes, porém, devemos esclarecer que a escansão é a contagem de sílabas poéticas do verso. Dessa forma, existem duas regras básicas para escandir versos:

  1. A contagem de sílabas do verso é feita até a última sílaba tônica.

  2. Quando a última sílaba de uma palavra terminar com som de vogal e a primeira sílaba da palavra seguinte começar com som de vogal, é possível (não é uma regra fixa) juntar essas sílabas, que, assim, transformam-se em uma sílaba só.

Portanto, vamos fazer a escansão dos seguintes tipos de verso:

  • Monossílabo: verso de uma sílaba.

[...]
flé-bil
-bil
[...]

  • Dissílabo: verso de duas sílabas.

[...]
Be-beu
Can-tou
Dan-çou
[...]

  • Trissílabo: verso de três sílabas.

[...]
Com- as- u-nhas
Com- os- den-tes
[...]

  • Tetrassílabo: verso de quatro sílabas.

[...]
Da- ves-te- bran-ca
À- lar-ga- -nica
Por- fim- ar-ran-ca

A- ro-sa- -nica
Em- um- so-lu-ço.
[...]

  • Pentassílabo ou redondilha menor: verso de cinco sílabas.

[...]
Pa-ra- que o- me-ni-no
Dur-ma- sos-se-ga-do,
Sen-ta-da a- seu- la-do
A- mãe-zi-nha- can-ta:

[...]

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Hexassílabo: verso de seis sílabas.

[...]
Três- di-as- e- três- noi-tes
Fui as-sas-si-no e- sui-ci-da
La-drão,- pu-lha,- fal--rio
[...]

  • Heptassílabo ou redondilha maior: verso de sete sílabas.

Vou-me em-bo-ra- pra- Pa-sár-gada
Lá- sou- a-mi-go- do- rei
Lá- te-nho a- mu-lher- que eu- que-ro
Na- ca-ma- que es-co-lhe-rei
[...]

  • Octossílabo: verso de oito sílabas.

[...]
O- que- res-ta- de- mim- na- vi-da
É- a a-mar-gu-ra- do- que- so-fri.
Pois- na-da- que-ro,- na-da es-pe-ro.
E em- ver-da-de es-tou- mor-to a-li.

  • Eneassílabo: verso de nove sílabas.

[...]
Com- os- gre-gos- e- com- os- troi-a-nos
Com- o- pa-dre e- com- o- sa-cris-tão
Com- o- le-pro-so- de- Pou-so- Al-to
[...]

  • Decassílabo: verso de dez sílabas.

Fres-cu-ra- das- se-rei-as- e- do or-va-lho,
Gra-ça- dos- bran-cos- pés- dos- pe-que-ni-nos,
Voz- das- ma-nhãs- can-tan-do- pe-los- si-nos,

Ro-sa- mais- al-ta- no- mais- al-to- ga-lho:
[...]

  • Hendecassílabo: verso de onze sílabas.

És- na- mi-nha- vi-da- co-mo um- lu-mi-no-so
Po-e-ma- que- se- lê- co-mo-vi-da-men-te
En-tre- sor-ri-sos- e- lá-gri-mas- de- go-zo...
[...]

  • Dodecassílabo ou alexandrino: verso de doze sílabas.

Meu- ca-ro- Rui- Ri-bei-ro- Cou-to, a- mo-ci-da-de
Pro-me-te- mais- que- dá.- So-nha-mos- se- dor-mi-mos,
E- so-nha-mos- quan-do a-cor-da-dos.- Al-tos- ci-mos
Da as-pi-ra-ção,- que em- tor-no- vê- só a i-men-si-da-de!
[...]

  • Verso bárbaro: com mais de doze sílabas.

O ar-ra-nha-céu- so-be- no ar- pu-ro- la-va-do- pe-la- chu-va
E- des-ce- re-fle-ti-do- na- po-ça- de- la-ma- do- -tio.
[...]

Leia também: Poesia, poema e soneto – conceitos e diferenças

Exercícios resolvidos

Questão 01 (Enem)

Eu começaria dizendo que poesia é uma questão de linguagem. A importância do poeta é que ele torna mais viva a linguagem. Carlos Drummond de Andrade escreveu um dos mais belos versos da língua portuguesa com duas palavras comuns: cão e cheirando.

Um cão cheirando o futuro

Entrevista com Mário Carvalho. Folha de SP, 24/05/1988. Adaptação.

O que deu ao verso de Drummond o caráter de inovador da língua foi

a) o modo raro como foi tratado o “futuro”.

b) a referência ao cão como “animal de estimação”.

c) a flexão pouco comum do verbo “cheirar” (gerúndio).

d) a aproximação não usual do agente citado e a ação de “cheirar”.

e) o emprego do artigo indefinido “um” e do artigo definido “o” na mesma frase.

Resolução:

Alternativa “a”.

O futuro foi tratado de modo raro, já que o verso diz que o futuro foi cheirado.

Questão 02 (Enem)

Torno a ver-vos, ó montes; o destino
Aqui me torna a pôr nestes outeiros,
Onde um tempo os gabões deixei grosseiros
Pelo traje da Corte, rico e fino.

Aqui estou entre Almendro, entre Corino,
Os meus fiéis, meus doces companheiros,
Vendo correr os míseros vaqueiros
Atrás de seu cansado desatino.

Se o bem desta choupana pode tanto,
Que chega a ter mais preço, e mais valia
Que, da Cidade, o lisonjeiro encanto,

Aqui descanse a louca fantasia,
E o que até agora se tornava em pranto
Se converta em afetos de alegria.

Cláudio Manoel da Costa. In: Domício Proença Filho. A poesia dos inconfidentes. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 2002, p. 78-9.

Assinale a opção que apresenta um verso do soneto de Cláudio Manoel da Costa em que o poeta se dirige ao seu interlocutor.

a) “Torno a ver-vos, ó montes; o destino” (v. 1)

b) “Aqui estou entre Almendro, entre Corino,” (v. 5)

c) “Os meus fiéis, meus doces companheiros,” (v. 6)

d) “Vendo correr os míseros vaqueiros” (v. 7)

e) “Que, da Cidade, o lisonjeiro encanto,” (v. 11)

Resolução:

Alternativa “a”. O interlocutor são os montes.

Questão 03

Leia este fragmento da poesia Meus amores, de Luiz Gama:

Meus amores são lindos, cor da noite
Recamada de estrelas rutilantes;
Tão formosa crioula, ou Tétis negra
Tem por olhos dois astros cintilantes.

Em rubentes granadas embutidas
Tem por dentes as pérolas mimosas,
Gotas de orvalho que o inverno gela
[...]

Os braços torneados que alucinam,
Quando os move perluxa com langor.
A boca é roxo lírio abrindo a medo,
Dos lábios se destila o grato olor.
[...]

Os versos desse poema podem ser assim classificados:

a) redondilhas menores.

b) redondilhas maiores.

c) decassílabos.

d) alexandrinos.

e) bárbaros.

Resolução:

Alternativa “c”. Os versos possuem dez sílabas poéticas.

Publicado por Warley Souza

Artigos Relacionados

As rimas podem ou não ter correspondência completa de sons.
A rima
Aprenda o que é rima e saiba como classificá-la entre soante e toante.
Os versos podem possuir diferentes combinações rímicas
As rimas e suas combinações
Aprenda os diferentes tipos de combinações de rimas analisando a estruturação dos versos do poema.
Haicai
Você conhece o haicai? Saiba quais as características desse tipo de poema e como se desenvolveu no Brasil. Veja também alguns exemplos e dicas de como escrevê-lo!
O poema, enquanto gênero textual, apresenta características que possibilitam identificá-lo entre os demais gêneros
O que é poema?
Você sabe o que é um poema? Clique e confira as características desse importante gênero textual.
A poesia está presente nas mais diversas manifestações artísticas: na literatura, nas artes plásticas, na fotografia, no teatro, na dança ou na música
O que é poesia?
Você sabe o que é poesia? Clique e saiba mais sobre a relação da poesia com as diferentes manifestações artísticas.
Poesia, poema e soneto são elementos distintos, mas todos comuns ao gênero lírico
Poesia, poema e soneto
Você sabe qual é a diferença entre poesia, poema e soneto? Clique e saiba mais sobre o gênero lírico!
Verso, estrofe e rima
Entenda o que são versos, estrofes, rimas e suas classificações. Aprenda também o que é sílaba poética e como fazer a escansão ou metrificação dos poemas.
Entre os elementos do texto poético estão o verso, a estrofe e a rima
Verso, estrofe e rima
No texto poético prevalecem distintos recursos linguísticos, entre eles o verso, a estrofe e a rima, todos demarcados aqui!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas