Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Curiosidades Químicas
  4. Chumbo em cosméticos

Chumbo em cosméticos

O chumbo em cosméticos só é permitido em tinturas progressivas para cabelos em uma concentração máxima de 0,6% de acetato de chumbo.

O chumbo é um metal pesado que é bioacumulativo (acumula-se progressivamente na cadeia alimentar e não é eliminado com o tempo), tóxico, cancerígeno, prejudicial ao cérebro e ao sistema nervoso, pode afetar o sistema circulatório, levar ao desenvolvimento de anemia, saturnismo, gerar alterações neurológicas e do sistema reprodutor, além de disfunção renal.

Chumbo em pó

Todos esses fatores levam muitos a se preocuparem com as formas de contaminação por chumbo, e um dos envolvidos em especulações são os cosméticos. Desde o dia 27 de março de 2013, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) regulamentou o uso de chumbo em cosméticos por meio da resolução RDC 15/2013 e determinou que o uso de acetato de chumbo só pode ocorrer em tinturas capilares, sendo que em outros cosméticos não há nenhuma regulamentação. Além disso, a concentração máxima expressa em chumbo no produto final não poderá ser superior a 0,6%, respeitando-se as especificações da matéria-prima, que podem ser vistas nessa resolução.

De acordo com a Anvisa, nessa concentração de 0,6% de acetato de chumbo, a absorção cutânea é baixa e é pouco provável que ofereça riscos à saúde do usuário.

As tinturas capilares que utilizam o acetato de chumbo (Pb(H3CCOO)2) são as tinturas progressivas, que são compostas de soluções aquosas de sais metálicos. Elas são usadas para escurecer cabelos grisalhos, pois o chumbo combina-se com o enxofre disperso e também com o enxofre das proteínas do cabelo, formando o sulfeto de chumbo, que tem a cor preta.

No entanto, existem algumas limitações para o uso das tinturas progressivas com acetato de chumbo. Mulheres grávidas, por exemplo, não podem usá-las, além de, para as demais pessoas, o seu uso deve ser somente no couro cabeludo, jamais para a coloração de bigodes, sobrancelhas, cílios ou pelos de outras partes do corpo. Além disso, deve-se usar luvas e lavar bem as mãos após o manejo do produto.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

As tinturas com acetato de chumbo não podem ser usadas para coloração de sobrancelhas

Muitos artigos e sites da internet dizem que existem concentrações muito altas de chumbo em batons. Porém, esse metal não é usado nesse tipo de cosmético e ele só aparece na forma de contaminante dos corantes e pigmentos de maquiagens. Além disso, nesses casos, o limite máximo permitido é de 20 ppm.

Veja que as concentrações indicadas e regulamentadas são extremamente pequenas. Entretanto, algo preocupante é que o uso de chumbo em cosméticos remonta desde os períodos da Idade Antiga. Por exemplo, evidências arqueológicas indicam que os egípcios já usavam compostos contendo chumbo em preparações específicas para a região dos olhos na forma de maquiagem em pó, loções ou mesmo pomadas gordurosas. Nas formulações desses cosméticos existiam sais de chumbo, tais como a laurionita (Pb(OH)Cl), a fosgenita (Pb2Cl2CO3), a cerussita (PbCO3) e a galena (PbS).

A laurionita e a fosgenita são sais inorgânicos de cloreto de chumbo que recobrem a pele, escondendo imperfeições, além de também possuir propriedades terapêuticas.

No caso das tinturas usadas no período greco-romano, há relatos do uso de uma mistura de óxido de chumbo (PbO) com hidróxido de cálcio [Ca(OH)2] e água. O PbO reage com a cisteína, um aminoácido sulfurado que compõe a estrutura da queratina, uma proteína do cabelo:

Reação entre o óxido de chumbo e cisteína

Porém, em face de todos os malefícios oriundos do uso de chumbo, ele não é mais utilizado com essas finalidades.

As tinturas progressivas podem conter acetato de chumbo
As tinturas progressivas podem conter acetato de chumbo
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assuntos relacionados
O uso de maquiagem requer bastante cuidado, pois pode desencadear problemas na pele
Consequências do uso de maquiagem vencida
Entenda quais são os riscos do uso de maquiagem vencida e saiba quando você deve descartá-las.
O benzeno é um hidrocarboneto de fórmula C6H6 com vasta aplicação na área da Química Orgânica.
Benzeno
Que tal saber um pouco mais sobre o benzeno? Descubra sua aplicação na indústria e no dia a dia, suas características e os riscos que pode trazer à saúde humana.
Pilhas de cádmio.
Cádmio
Acúmulo de cádmio no organismo, hemácias sanguíneas, grupos sulfidril, subproduto da mineração do zinco, aplicação em baterias de celular, cádmio, pilhas recarregáveis, metal pesado, doença Itai-Itai, reumatismos, substância carcinogênica.
Metal mercúrio
Metal pesado mercúrio
Clique aqui e confira as características, utilização e formas de intoxicação com o mercúrio.
Como as tinturas agem sobre os fios?
Química e os cabelos
Saiba a composição dos produtos utilizados por cabeleireiros.
Os sabonetes possuem sal de ácido carboxílico em sua composição.
Sais de ácidos carboxílicos
Acesse este link e conheça os sais de ácidos carboxílicos, compostos oxigenados iônicos originados da reação entre um ácido carboxílico e uma base. Apresentam como principais características a polaridade mista (possuem uma parte polar e outra apolar) e elevados pontos de fusão e ebulição.