Curvas de solubilidade

O aumento da temperatura influencia na solubilidade dos solutos em determinada quantidade de solvente.

Por exemplo, se colocarmos certa quantidade de açúcar na água e parte dele não se dissolver, teremos uma solução saturada com corpo de fundo. No entanto, se levarmos essa solução para o aquecimento, veremos que o corpo de fundo irá se dissolver. Isso significa que a solubilidade do açúcar é aumentada com a elevação da temperatura.

Para a maioria das substâncias, um aumento da temperatura provoca um aumento na solubilidade. Abaixo temos uma tabela que relaciona a solubilidade do cloreto de amônio (NH4Cl) em 100 g de água em diferentes temperaturas:

Influência da elevação da temperatura na solubilidade do cloreto de amônio

Essa tabela nos mostra a máxima quantidade possível de soluto que se pode dissolver, ou seja, o seu coeficiente de solubilidade, em 100 g de água, a cada uma dessas temperaturas. A 20ºC a quantidade máxima de NH4Cl que se dissolve em 100 g de água é 37,2 g, originando uma solução saturada.

Note que com o aumento da temperatura, a massa de NH4Cl que se dissolve também aumenta. Assim, esses dados podem ser transpostos para um gráfico que mostra a curva de solubilidade do NH4Cl:

Curva de solubilidade do cloreto de amônio

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A curva ascendente mostra que a solubilidade realmente aumenta com a elevação da temperatura.

Entretanto, existem casos em que a solubilidade do soluto diminui com o aumento da temperatura. Como ocorre com Na2SO4, mostrado no gráfico abaixo, cuja curva de solubilidade é descendente.

Outro caso que pode ser também visto no gráfico, é o do cloreto de sódio (NaCl – sal de cozinha). A elevação da temperatura praticamente não altera a sua solubilidade.

Diferentes curvas de solubilidade

Observe agora o Na2SO4: ele se torna mais solúvel com o aumento da temperatura até certo ponto, a partir do qual a solubilidade começa a diminuir.

Agora, um caso especial que não se pode deixar de mencionar ocorre quanto à solubilidade de sais hidratados, ou seja, sais que contêm na sua constituição um determinado número de moléculas de água agregadas. Um exemplo representado no gráfico acima é o do cloreto de cálcio hexa-hidratado (CaCl2 . 6 H2O). Nesse caso, na medida em que se aumenta a temperatura e esse sal vai se dissolvendo na água, ele vai sofrendo uma alteração no número de moléculas de água de cristalização, o que faz com que haja alterações na sua solubilidade. No gráfico, podemos observar isso por meio de inflexões na sua curva de solubilidade.

Isso tudo nos mostra que substâncias diferentes apresentam curvas de solubilidade diferentes.

A solubilidade das substâncias pode ser representada por meio de um gráfico, de acordo com a influência que a elevação da temperatura exerce
A solubilidade das substâncias pode ser representada por meio de um gráfico, de acordo com a influência que a elevação da temperatura exerce
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(UNIR - RO) Considere o seguinte gráfico referente ao coeficiente de solubilidade de KNO3 em água em função da temperatura:

?Coeficiente de solubilidade de KNO3 em água em função da temperatura
Coeficiente de solubilidade de KNO
3 em água em função da temperatura

Ao adicionar, num recipiente, 40 g de nitrato de potássio em 50 g de água à temperatura de 40 ºC, pode-se afirmar:

a) Apenas parte do sólido se dissolverá, permanecendo aproximadamente 20 g no fundo do recipiente.

b) Apenas parte do sólido se dissolverá, permanecendo aproximadamente 10 g no fundo do recipiente.

c) Tem-se uma solução insaturada.

d) O resfriamento dessa solução não variará a quantidade de sólido dissolvido.

e) O aquecimento dessa solução, num sistema aberto, não modificará a quantidade de nitrato de potássio dissolvido. 

Questão 2

UFSM-RS) Considere o gráfico:

Curvas de solubilidade de KNO3 e de Na2SO4 em 100 g de água
Curvas de solubilidade de KNO
3 e de Na2SO4 em 100 g de água

Indique a alternativa correta:

a) No intervalo de temperatura de 0 ºC a 30 ºC, há diminuição da solubilidade do nitrato de potássio.

b) A solubilidade do sulfato de sódio diminui a partir de 20 ºC.

c) Na temperatura de 40 ºC, o nitrato de potássio é mais solúvel que o sulfato de sódio.

d) Na temperatura de 60 ºC, o sulfato de sódio é mais solúvel que o nitrato de potássio.

e) No intervalo de temperatura de 30 ºC a 100 ºC, há diminuição da solubilidade do sulfato de sódio.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Análise volumétrica sendo realizada.
Análise Volumétrica
Você sabe o que é uma análise volumétrica? Clique aqui e entenda!
A catalase é uma enzima presente no sangue e na batata que acelera a decomposição do peróxido de hidrogênio
Influência dos catalisadores na velocidade das reações
Entenda por que a presença de um catalisador acelera a velocidade com a qual se processa uma reação química e a sua ligação com a energia de ativação.
O suco de frutas com pouca adição de água é um exemplo de solução concentrada
Classificação das soluções quanto à solubilidade
Clique e aprenda a classificação das soluções quanto à solubilidade, método que depende da quantidade de soluto presente em uma mistura.
É muito comum as pessoas saturarem o leite com chocolate em pó
Solução saturada
Conheça o que é uma solução saturada e entenda quais são os parâmetros que devem ser utilizados para reconhecer esse tipo de mistura.
O teor do soluto é um dado obtido pelos cálculos relacionados à solubilidade
Cálculos envolvendo solubilidade
Clique e saiba quais são as possibilidades de cálculos envolvendo a solubilidade que um exercício pode exigir de você em um vestibular ou no Enem.
Química avaliando o aspecto da solução após realizar cálculos relativos à solubilidade
Cálculos com o coeficiente de solubilidade
Clique aqui e conheça quais são os possíveis cálculos com o coeficiente de solubilidade e saiba como proceder para resolvê-los.
Formação de chuva ácida: ácido sulfúrico diluído.
Química da chuva ácida
Venha conhecer os elementos químicos envolvidos na formação da chuva ácida.
Camada de ozônio: proteção para nossa pele.
Reações Catalíticas e a Camada de Ozônio
Reações Catalíticas, Camada de Ozônio, raios ultravioletas emitidos pelo Sol, gases clorofluorcarbonetos, embalagens de aerossóis, fotólise, catálise, efeito estufa, incidência do câncer de pele.
Alguns exemplos de emulsão: manteiga, margarina, cremes, pérola, sangue, leite e maionese
Emulsões
A emulsão é uma dispersão coloidal que ocorre entre dois líquidos imiscíveis.
Os três casos acima são dispersões. Você saberia classificá-las em solução, coloide ou suspensão?
Tipos de dispersões
Entenda o que são dispersões, como classificá-las de acordo com o tamanho das partículas dispersas e quais fatores diferenciam as soluções, as dispersões coloidais e as suspensões.
A temperatura exerce uma grande influência sobre a velocidade das reações
Temperatura e velocidade das reações
Descubra por que o aumento da temperatura ocasiona um consequente aumento na velocidade com que se processam as reações químicas.