Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Curiosidades Químicas
  4. Evolução da bola de futebol

Evolução da bola de futebol

A bola futebolística, quando bem feita, permite que os jogadores a chutem por inúmeras vezes mantendo-se intacta até ao final da partida. Será que foi sempre assim? Afinal, qual é a composição das bolas de futebol? Você vai conhecer agora a evolução do objeto fundamental para o esporte preferido dos brasileiros.

Final do século XX



A bola que chegou em 1894 no Brasil, trazida pelo inglês Charles Miller, era um tanto antiquada: feita de couro curtido com uma costura bem grosseira ao centro. Na hora de cabecear a bola, eis o maior problema, os cordões machucavam a testa dos jogadores.

Copa do mundo de 1958 - A bola usada na primeira Copa do Mundo que o Brasil ganhou já não tinha os tais cordões, mas continuava sendo feita de couro. Em dias chuvosos, o couro se encharcava e a bola ficava bem mais pesada, o que dificultava a precisão dos chutes.

Anos 60 e 70 - As bolas ainda eram feitas de couro, mas com um diferencial, eram impermeabilizadas, ou seja, não ficavam encharcadas em campos molhados.

Anos 80 - Os materiais sintéticos começaram a ser usados na fabricação de bolas. O aspecto visual e a durabilidade do material conquistaram a atenção dos jogadores.

Anos 90 - Chegou a vez dos polímeros! As bolas fabricadas a partir deste período ficaram mais leves graças à presença de polímeros. O poliuretano (altamente durável e leve) é usado como revestimento e nas camadas internas se emprega o poliestireno, as câmaras de ar (presentes no interior da bola) são de látex.

Início do século XXI - Os polímeros chegaram para ficar, a prova disso é a composição das bolas mais modernas: sob o revestimento de poliuretano se emprega dez camadas de poliestireno e na câmara é usada a borracha butílica. A tecnologia deste século permite que os gomos da bola sejam unidos por ligação térmica em vez de costuras.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Veja mais!

Polímero Nylon
Polímero antibala 

Saiba sobre a composição e a modernização do símbolo do futebol.
Saiba sobre a composição e a modernização do símbolo do futebol.
Publicado por: Líria Alves de Souza
Assuntos relacionados
Ambiente seguro com ondas eletromagnéticas
Campos elétricos e magnéticos monitoram movimentos.
O gás lacrimogêneo é utilizado por forças policiais de todo o mundo para dispersar pessoas em manifestações
Gás Lacrimogêneo
O gás lacrimogêneo é um composto orgânico do grupo dos haletos que causa reações involuntárias de lacrimejo.
Mascote da 21ª edição da Copa do Mundo*
Copa do Mundo Rússia 2018
Saiba tudo sobre a Copa do Mundo 2018, que será realizada em onze cidades da Rússia, de 14 de junho a 15 de julho. O Mundial de Futebol contará com a participação de 32 seleções. Serão disputados 64 jogos em doze estádios. A final acontecerá dia 15 de julho, em Moscou.
O nome Zabivaka significa 'aquele que marca o gol' em russo
Zabivaka, o Mascote da Copa 2018
Já conhece o Zabivaka? Esse é o nome do mascote oficial da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Neste texto falaremos um pouquinho mais sobre ele, quem o criou, o que seu nome significa e também conheceremos um pouco mais a respeito das características do animal que ele representa: o lobo.
Taça da Copa do Mundo é uma mistura de diferentes metais e sais*
Química e a taça da Copa do Mundo
Clique agora e conheça a relação entre Química e a taça da Copa do Mundo, aprendendo qual é a verdadeira composição desse importante troféu entregue ao campeão mundial de futebol. Ele é composto em grande parte por ouro 18 quilates e por uma menor parcela do mineral malaquita.
Barômetro de Torricelli
Como surgiu o equipamento capaz de medir a pressão atmosférica.
Cristais salinos encontrados no Mar Morto.
Por que o mar morto recebe este nome?
Conheça as propriedades do ponto mais baixo do planeta Terra.
Como controlar a calvície?
Minoxidil
Como surgiu este medicamento para a calvície reversível?
Proteja seu bebê durante a gravidez.
Ácido fólico: essencial na gravidez
Saiba da importância desta substância para os bebês.