Whatsapp icon Whatsapp

Nomenclatura dos Alcenos

A nomenclatura dos alcenos normais é realizada escrevendo-se o prefixo que indica a quantidade de carbonos na cadeia, o infixo “en” e o sufixo “o”.
Você sabe a nomenclatura do alceno acima?
Você sabe a nomenclatura do alceno acima?

Os alcenos são hidrocarbonetos alifáticos insaturados, ou seja, compostos orgânicos formados somente por átomos de carbono e hidrogênio, de cadeia aberta e com uma dupla ligação entre dois carbonos da cadeia.

A nomenclatura dos alcenos segundo as regras oficiais estabelecidas pela IUPAC (sigla inglesa para União Internacional de Química Pura e Aplicada) são as seguintes no caso de alcenos normais, isto é, que possuem apenas duas extremidades e não possuem ramificações:

Regras de nomenclatura dos alcenos não ramificados
Regras de nomenclatura dos alcenos não ramificados

Exemplos:

H2C = CH2: et + en + o → eteno.

  • possui dois átomos de carbono: prefixo “et”;

  • possui uma ligação dupla: infixo “en”. Como não há outra possibilidade de localização para essa insaturação, não é necessário numerar em qual carbono ela está;

  • é um hidrocarboneto, portanto, o infixo é “o”.

H2C = CH — CH3: prop + en + o → propeno
H2C = CH — CH2 — CH3: but-1-eno
H3C — CH = CH — CH3: but-2-eno

Nos dois últimos casos foi necessário numerar a localização da insaturação, ou seja, colocar o menor número do carbono que está realizando a dupla ligação antes do infixo “en”, porque havia duas possibilidades. A numeração começa pelo carbono da extremidade mais próximo da ligação dupla, seria errado se fosse o contrário:

H2C = CH — CH2 — CH3: but-4-eno ERRADO

A forma como estamos ensinando aqui é a recomendada pela IUPAC, mas você poderá encontrar em alguns livros uma nomenclatura mais antiga em que o número da localização da insaturação aparece antes do nome do alceno. Por exemplo, os compostos acima aparecem assim: 1-buteno e 2-buteno.

Outros exemplos:

H3C — CH2 — CH2 — CH = CH2: pent-1-eno
H3C — CH2 — CH = CH — CH2 — CH3: hex-3-eno
H3C — CH2 — CH2 — CH = CH — CH3: hex-2-eno

Agora, no caso de alcenos de cadeias ramificadas (que possuem três ou mais extremidades), é necessário escolher a cadeia principal, que será a que tiver maior número de carbonos e a insaturação. O nome da ramificação deve aparecer antes do nome da cadeia principal com a localização do carbono em que ela está inserida. Além disso, se houver mais de uma ramificação, elas deverão ser escritas em ordem alfabética; se forem iguais, será necessário acrescentar os prefixos di, tri, tetra, penta, etc., e os números serão escritos em ordem crescente.

Veja alguns exemplos:

     6     5        4         3        2       1
H3C — CH — CH2 — CH = CH — CH3: 5-metil-hex-2-eno
            |
           CH3

                                  3         4          5           6         7
H3C — CH2 — CH2 CH2 — CH2 — CH2 — CH2 — CH3: 3-propil-hept-1-eno
                                  | 
                                2CH
                                 
                                1CH2

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

                                                     CH3
                                                     |
             CH3                                 CH2
                |                                   |

H3C9 8CH 7CH2 6CH — 5C — 3CH — 2CH21CH3: 5,6-dimetil-8-metil-non-3-eno
                                         |
                                        CH
                                         |
                                        CH3

E a nomenclatura do alceno na figura inicial? Agora você sabe? Veja se você acertou:

               CH3
                   |
H3C5 4C 3CH 2C —1CH3: 2,4,4-trimetil-pent-2-eno
               |                  |
               CH3              CH3

Existe uma nomenclatura usual para os alcenos de cadeia normal que utiliza o sufixo “ileno” no lugar do sufixo “eno”. Veja:

H2C = CH2: etileno;
H2C = CH — CH3: propileno;
H2C = CH — CH2 — CH3: butileno.

Além disso, existem nomes antigos de alguns grupos insaturados que são muito usados ainda. Conheça-os:

H2C = : metileno;
H2C = CH — : vinil;
H2C = CH — CH2 —: alil.

Publicado por Jennifer Rocha Vargas Fogaça

Artigos Relacionados

Cicloalcanos, ciclanos ou cicloparafinas
Saiba tudo sobre os cicloalcanos, um grupo especial de hidrocarbonetos estudado em Química Orgânica.
Eteno
Conheça melhor o eteno ou etileno, o gás que provoca o amadurecimento das frutas e produz o plástico mais usado no mundo inteiro.
Nomenclatura de hidrocarbonetos ramificados
Aprenda os passos necessários para realizar a nomenclatura de qualquer tipo de hidrocarboneto ramificado.
Nomenclatura dos hidrocarbonetos
Saiba mais sobre as regras de nomenclatura para hidrocarbonetos. Saiba como analisar uma estrutura e definir sua nomenclatura. Resolva os exercícios propostos.
video icon
Escrito"Sociedade do consumo" sobre uma imagem de várias pessoas reunidas com várias sacolas de compras como representação da Sociedade do consumo.
Sociologia
Sociedade do consumo
Uma sociedade formada principalmente por consumidores pode ter consequências profundas na forma de viver da humanidade. Veja esse e outros aspectos da sociedade do consumo.