Nomenclatura dos hidrocarbonetos

A nomenclatura para moléculas de hidrocarbonetos é estabelecida, pela União de Química Pura e Aplicada (Iupac), com regras específicas, que definem bem a estrutura de cada composto. Os hidrocarbonetos recebem um prefixo de acordo com o número de carbonos, e as ramificações e insaturações também são nomeadas e localizadas.

Os hidrocarbonetos de cadeia aberta compõem as funções alcanos, alcenos, alcadienos e alcinos, que se diferenciam pelo número de insaturações. As funções cíclicas — cicloalcano, cicloalceno, cicloalcadieno — seguem a mesma lógica, sendo que, nesse caso, os hidrocarbonetos terão cadeia fechada.

Leia também: Numeração dos carbonos na cadeia principal de hidrocarbonetos

A nomenclatura dos hidrocarbonetos depende da quantidade de carbonos, ramificações, insaturações e se a cadeia é aberta ou fechada.
A nomenclatura dos hidrocarbonetos depende da quantidade de carbonos, ramificações, insaturações e se a cadeia é aberta ou fechada.

Regra geral de nomenclatura dos hidrocarbonetos

1. Definir-se a cadeia principal

Caso a molécula tenha mais de uma extremidade, isso quer dizer que se trata de uma cadeia ramificada, portanto, a cadeia principal será aquela com o maior número de carbonos lineares contendo todas as insaturações da cadeia (quando for uma molécula insaturada), o restante será ramificação.

Exemplo:

Perceba que teremos nessa molécula duas ramificações, e a cadeia principal (circulada de vermelho) terá 7 carbonos.

Perceba que teremos nessa molécula duas ramificações, e a cadeia principal (circulada de vermelho) terá 7 carbonos.

2. Contagem de carbonos

A contagem de carbonos da cadeia principal é usada para localizar-se as ramificações e insaturações. A regra estabelece que se deve iniciar a contagem pelo lado mais próximo da instauração e ramificação, a soma dos numerais de localização que aparecem na nomenclatura deve ser a menor possível, essa mesma contagem é usada para definir-se o prefixo da nomenclatura:

  • 1 carbono: met-

  • 2 carbonos: et-

  • 3 carbonos: prop-

  • 4 carbonos: but-

  • 5 carbonos: hept-

  • 6 carbonos: hex-

  • 7 carbonos: hept-

  • 8 carbonos: oct-

  • 9 carbonos: non-

  • 10 carbonos: dec-

 

Leia também: Classificação das cadeias carbônicas

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nomenclatura dos hidrocarbonetos ramificados

Como mencionado no tópico anterior, quando a molécula possui ramificações, o nome da ramificação precede a nomenclatura da cadeia principal, ou seja, são termos diferentes. Para nomear os radicais ou as ramificações, usaremos prefixo de acordo com o número de carbonos e terminação -il ou -ila. É necessário localizar em que carbono encontra-se a ramificação, em algumas moléculas, só haverá um local possível de existir ramificação, nesses casos, não se faz necessário localizar em que carbono encontra-se.

Exemplos:

Nomenclatura dos alcanos

A função a que pertence a molécula está diretamente ligada à terminação da nomenclatura. Alcanos são as moléculas de cadeia aberta que não possuem insaturações, e a nomenclatura para compostos dessa função será dada por:

regra geral + terminação -ano

Exemplos:

  • CH3-CH3: etano
    (et- - referente ao número de carbonos na cadeia; -ano - referente à saturação da cadeia)

  • CH3-CH2-CH3: propano

  • CH3-CH2-CH2-CH3: butano

O metano, formado por um carbono e pertencente à função alcano, é um gás de efeito estufa produzido pela digestão e decomposição de matéria orgânica.
O metano, formado por um carbono e pertencente à função alcano, é um gás de efeito estufa produzido pela digestão e decomposição de matéria orgânica.

Nomenclatura dos alcenos

Alcenos serão os hidrocarbonetos de cadeia aberta que possuem uma insaturação, uma dupla ligação, a nomenclatura para esse tipo de composto será dada por:

Regra geral + terminação -eno

Exemplos:

  • CH3-CH=CH2: propeno

  • CH2=CH-CH2-CH3: but-1-eno

  • CH3-CH=CH-CH2-CH3: pent-2-eno

Nomenclatura dos alcadienos

Alcadienos são os hidrocarbonetos acíclicos (cadeia aberta) que possuem duas insaturações, duas duplas ligações na cadeia. A nomenclatura para esse tipo de composto é dada por:

Regra geral + terminação -dieno

Exemplos:

  • CH2=C=CH2: propadieno

  • CH2=C=CH-CH2-CH3: pent-1,2-dieno

Nomenclatura dos alcinos

Alcinos são hidrocarbonetos insaturados com uma tripla ligação. A nomenclatura para esse tipo de molécula será dada por:

Regra geral + terminação -ino

Exemplos:


 

Acesse também: Classificação e nomenclatura dos haletos orgânicos

O acetileno ou etino é a menor molécula do grupo dos alcinos. É aplicada como gás de solda devido ao seu alto potencial calorífico.
O acetileno ou etino é a menor molécula do grupo dos alcinos. É aplicada como gás de solda devido ao seu alto potencial calorífico.

Nomenclatura dos hidrocarbonetos cíclicos

Para nomear os hidrocarbonetos cíclicos, usa-se as mesmas regras de nomenclaturas citadas, o diferencial das moléculas de cadeia fechada será o termo ciclo antes da nomenclatura referente à cadeia principal.

  • Nomenclatura dos cicloalcanos

Cicloalcanos são hidrocarbonetos de cadeia fechada insaturados, ou seja, que não possuem duplas ou triplas ligações. A nomenclatura para esse tipo de molécula será dada por:

Nomenclatura e localização da ramificação (se houver) + ciclo + regra geral + terminação -ano

Exemplo:

  • Nomenclatura dos cicloalcenos

Cicloalcenos é a função dos hidrocarbonetos de cadeia fechada que possuem uma instauração, uma dupla ligação. A nomenclatura para esse tipo de molécula será dada por:

Nomenclatura e localização da ramificação (se houver) + ciclo + regra geral + terminação -eno.

Exemplo:

  • Nomenclatura dos cicloalcadienos

Função composta por moléculas de hidrocarbonetos com duas instaurações, duas duplas ligações. A nomenclatura para esse tipo de molécula será dada por:

Nomenclatura e localização da ramificação (se houver) + ciclo + regra geral + terminação -dieno

Exemplo:

Nomenclatura dos aromáticos

Um composto aromático não segue as mesmas regras dos demais hidrocarbonetos, recebendo nome específico. Um hidrocarboneto aromático será aquele com:

  • cadeia fechada;

  • insaturação;

  • ligações conjugadas, ou seja, as insaturações alternam-se entre simples e duplas.

A aromaticidade de um composto é marcada pela transição de elétrons entre os carbonos. O benzeno é um dos hidrocarbonetos aromáticos mais citados, a nomenclatura para os compostos aromáticos derivados dele será dada de acordo com o posicionamento dos substituintes:

  • Substituintes na posição 1,2: orto

  • Substituintes na posição 1,3: meta

  • Substituintes na posição 1,4: para

Exemplos:

Exemplos de hidrocarbonetos aromáticos:

O naftaleno está presente nas cápsulas de naftalina usadas como inseticidas, seu uso doméstico foi suspenso pela toxidade do composto.
O naftaleno está presente nas cápsulas de naftalina usadas como inseticidas, seu uso doméstico foi suspenso pela toxidade do composto.

Veja também: Nomenclatura de compostos com funções mistas

Exercícios resolvidos

Questão 1 – O etano é o mais simples dos hidrocarbonetos saturados, contém dois carbonos, é de grande valor comercial devido a sua aplicação industrial na produção de etileno. Qual estrutura, a seguir, corresponde a uma molécula de etano?

A)

B)

C)

D)

 

E)

 

Resolução

 

Alternativa D. Levando em consideração o enunciado da questão, que diz “o etano é o mais simples dos hidrocarbonetos SATURADOS, CONTÉM DOIS CARBONOS”, teremos apenas a letra D condizendo com essa descrição. Assim já eliminamos todas as demais alternativas, que possuem 3 carbonos e/ou hidrocarbonetos insaturados, ou seja, que possuem dupla ligação.

 

Questão 2 – Hidrocarbonetos são compostos orgânicos constituídos apenas de carbonos e hidrogênios, podem ser saturados ou não, de cadeia aberta ou fechada. Essas características definem a função a que pertence determinada molécula. Sobre o composto a seguir, assinale a alternativa que contém a nomenclatura e função correspondente.

  1. 2-metil-pent-2,4-ino

  2. 3-metil-hex-1,3-dieno

  3. 3-metil-pent-1,2-ino

  4. 3-etil-pent-1,3-dieno

  5. 3-metil-pent-1,3-dieno

Resolução

Alternativa E. Analisando a molécula, podemos ver que:

  1. A cadeia principal, aquela que contém todas as ramificações e o maior número de carbonos lineares, tem 5 carbonos, ou seja, prefixo -pent.

  2. Existe uma ramificação com 1 carbono, localizada no carbono 3 da cadeia principal, portanto: 3-metil.

  3. Como são duas instaurações, duas duplas ligações, sabemos que se trata de um composto da função ALCADIENO, e o sufixo do composto localizando as instaurações será: 1,3-dieno.

Juntando as informações, e de acordo com as regras da Iupac, temos: 3-metil-pent-1,3-dieno.

Publicado por: Laysa Bernardes Marques de Araujo
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Exemplos de materiais feitos com látex, borracha obtida do isopreno, que é o principal alcadieno usado no cotidiano
Alcadienos
Veja a definição da função orgânica dos alcadienos ou dienos, como é realizada sua nomenclatura e exemplos de suas aplicações.
Alcanos
Conheça os alcanos e suas propriedades. Aprenda como é dada a nomenclatura, de onde são extraídos e onde se aplicam. Resolva ainda os exercícios propostos.
A cédula de dez reais é feita de polietileno.
Alcenos
Alcenos, gás, eteno, etileno, plásticos, borracha sintética, corantes, tecidos sintéticos, explosivos, cracking de petróleo, polietileno, gás oléfiant, olefinas, hidrocarbonetos, cadeia carbônica acíclica.
Alcinos
Aprenda o que são os alcinos. Confira os processos que envolvem o uso desses compostos, saiba mais sobre sua obtenção e como é dada a nomenclatura.
O benzeno é um hidrocarboneto de fórmula C6H6 com vasta aplicação na área da Química Orgânica.
Benzeno
Que tal saber um pouco mais sobre o benzeno? Descubra sua aplicação na indústria e no dia a dia, suas características e os riscos que pode trazer à saúde humana.
Nomenclatura dos Alcanos
Nomenclatura dos Alcanos, função hidrocarboneto, valências dos carbonos, União Internacional de Química Pura e Aplicada, IUPAC, hidrocarbonetos alifáticos saturados, simples ligações, compostos orgânicos.
Você sabe a nomenclatura do alceno acima?
Nomenclatura dos Alcenos
Conheça as regras de nomenclatura dos alcenos, hidrocarbonetos com uma ligação dupla entre carbonos.
A nomenclatura de alcinos segue quase todas as mesmas regras que a nomenlatura dos alcanos e alcenos
Nomenclatura dos Alcinos
Veja as regras estabelecidas pela IUPAC para a nomenclatura dos alcinos normais e ramificados.
Cadeia numerada de um hidrocarboneto
Numeração dos carbonos na cadeia principal de hidrocarbonetos
Clique e aprenda a realizar a numeração dos carbonos na cadeia principal de hidrocarbonetos!
Cápsulas de fosfoetanolamina, a pílula do câncer
Propriedades da fosfoetanolamina
Conheça as propriedades da fosfoetanolamina, substância apontada como a possível cura do câncer.