Polaridade das Ligações

A ligação de formação do sal de cozinha é iônica polar
A ligação de formação do sal de cozinha é iônica polar

Em nosso cotidiano podemos perceber diferenças entre substâncias iônicas, metálicas e moleculares. Por exemplo, em geral, as iônicas e metálicas são sólidas a temperatura ambiente; enquanto que as moleculares podem ser encontradas nos três estados físicos.

Essas e outras diferenças entre as substâncias estão relacionadas com as polaridades das ligações que os átomos estabelecem entre si. Vejamos as possibilidades:

  • Ligação iônica: É a força que mantém os íons unidos, depois que um átomo cede definitivamente um, dois ou mais elétrons para outro átomo.

Portanto, visto que há a transferência de elétrons com a formação de íons positivos (cátions) e íons negativos (ânions), acarretando a formação de compostos que sempre terão polos.

Assim, chegamos a seguinte conclusão:

Toda ligação iônica é polar

Por exemplo, o sal (cloreto de sódio) é formado quando o sódio cede definitivamente um elétron para o cloro. Assim, temos o cátion sódio e ânion cloreto, que são respectivamente o polo positivo e o polo negativo da ligação. Portanto, essa diferença de eletronegatividade faz com que o sal seja polar.

O cloreto de sódio (sal comum) formado por uma ligação iônica é polar

  • Ligação covalente: É a união entre átomos estabelecida por pares de elétrons, ou seja, por compartilhamento desses elétrons.

Nesse caso, nós podemos ter as duas possibilidades: ligação covalente polar e ligação covalente apolar. Para determinar a polaridade desse tipo de ligação temos que analisar a eletronegatividade dos átomos dos elementos ligantes.

  • Ligação covalente apolar: Se o compartilhamento de elétrons for realizado por átomos de mesma eletronegatividade, a distribuição da carga vai ser simétrica, sem formação de polos na molécula e, consequentemente, essa ligação será classificada como ligação covalente apolar.

Um exemplo é o gás oxigênio (O2), formado pela ligação entre dois átomos do mesmo elemento:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A ligação do gás oxigênio é simétrica, portanto, é apolar

Outros gases que são substâncias simples, também possuem ligação covalente apolar, tais como: gás nitrogênio (N2), gás hidrogênio (H2) e gás cloro (Cl2).

  • Ligação covalente polar: Se o compartilhamento de elétrons for feito entre átomos de diferentes eletronegatividades, a distribuição da nuvem eletrônica na molécula será assimétrica, acarretando uma maior densidade de elétrons ao redor do átomo mais eletronegativo e tornando a ligação e a molécula polar.

Por exemplo, na molécula de gás clorídrico há um acúmulo de carga negativa, em razão do deslocamento dos elétrons pelo cloro, que é mais eletronegativo que o hidrogênio. Essa região é representada por δ-, e a região e menor densidade eletrônica (ao redor do hidrogênio) é representada por δ+. Esses polos constituem um dipolo elétrico.

O gás clorídrico possui a ligação covalente polar

Quanto maior for a diferença de eletronegatividade entre os átomos dos elementos, maior será a polarização da ligação.

Linus Pauling criou uma escala de eletronegatividade que pode ser de ajuda para determinar a intensidade da polarização de diferentes ligações:

Escala de eletronegatividade de Pauling

Publicado por Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

O óleo lubrificante é obtido por destilação fracionada
Destilação simples e fracionada
Conheça as etapas e os equipamentos utilizados na destilação simples e na fracionada!
A disposição espacial dos átomos em uma molécula é a geometria molecular
Determinação da Geometria Molecular
Aprenda aqui a determinar qual é a geometria molecular para todo tipo de molécula.
Valores de eletronegatividade dos elementos da Tabela Periódica segundo Linus Pauling
Eletronegatividade
Conheça umas das propriedades periódicas mais importantes, a eletronegatividade.
Os produtos liberados na combustão do etanol são transparentes. Essa “fumaça” é a condensação do vapor de água ou o motor está com defeito
Entendendo as Equações Químicas
Tire suas dúvidas a respeito dos aspectos quantitativos das equações químicas, tais como: o que são o índice e o coeficiente estequiométrico? Quantos átomos estão reagindo?
As moléculas de água possuem geometria angular
Geometria Molecular
Saiba mais sobre o estudo da geometria molecular, sua importância e exemplos.
Representação de um átomo de hidrogênio
Hidrogênio
Clique e conheça a história, características, formas de obtenção e as principais utilizações do elemento químico Hidrogênio.
O dióxido de carbono é formado por ligações covalentes entre o carbono e dois átomos de oxigênio
Ligação Covalente
Entenda como ocorre a ligação covalente e como ela é representada por meio de fórmulas eletrônicas e estruturais.
Compartilhar elétrons: ligação covalente dativa.
Ligação covalente dativa
Clique aqui e aprenda um pouco mais sobre a ligação covalente dativa!
A água é um exemplo de substância formada por moléculas polares
Moléculas polares
Clique e aprenda o que são moléculas polares e quais são os critérios utilizados para determinar se uma molécula é polar ou não.
A amônia é um exemplo de molécula polar
Polaridade das moléculas
Aprenda neste texto como é simples determinar a polaridade das moléculas por meio das nuvens eletrônicas ou da soma dos vetores momento dipolar.
A polaridade das ligações pode ser vista por meio da distribuição espacial da sua nuvem eletrônica
Polaridade de Ligações Covalentes
A polaridade das ligações covalentes pode ser dos dois tipos: apolar e polar, depende apenas da eletronegatividade dos átomos envolvidos.
Se a proporção estequiométrica entre os reagentes da reação não estiver correta, haverá um que ficará em excesso e outro que será o reagente limitante
Reagente em excesso e reagente limitante
Entenda o que é o reagente limitante e o em excesso, como eles influenciam a formação dos produtos e como você pode determiná-los por meio de cálculos estequiométricos.
Qual a diferença entre síntese e análise?
Síntese e análise
Para a química orgânica, os passos da síntese e análise é fundamental. Clique e entenda!
Letra grega que representa o vetor momento dipolar resultante
Vetor momento dipolar resultante em moléculas
Clique e aprenda por meio de vários exemplos a determinar o vetor momento dipolar resultante de uma molécula.
A água age como ácido ou base.
Água anfótera
Por que a água recebe este nome?
video icon
Português
Terra sonâmbula | Análise literária
Assista à nossa videoaula para conhecer um pouco mais da obra “Terra sonâmbula”, romance do importante escritor moçambicano Mia Couto. Confira nossa análise!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Guia de Profissões
Publicidade e Propaganda
Que tal conhecer um pouco mais sobre as funções de um publicitário?
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Português
Preposições
Vamos aprender mais sobre essa classe conectiva de termos?