Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Físico-Química
  4. Estequiometria
  5. Reagente em excesso e reagente limitante

Reagente em excesso e reagente limitante

Segundo a Lei Ponderal de Proust, denominada de Lei das Proporções Constantes, as reações sempre ocorrem em proporções definidas e constantes. Por exemplo, a reação de formação da amônia é realizada na proporção de 1 mol de gás nitrogênio para 3 mols de gás hidrogênio, conforme mostrado pelos coeficientes estequiométricos na equação abaixo:

1 N2(g) + 3 H2(g) → 2 NH3(g)

Se essa reação for realizada numa proporção diferente dessa, então teremos um reagente em excesso e um reagente limitante. No caso de reagirmos 1 mol de N2(g) com apenas 2 mols de H2(g), veremos claramente que a quantidade de hidrogênio é menor do que a requerida pela relação estequiométrica, então ele é o reagente limitante da reação.

Reagente limitante é aquele que limita a quantidade de produto que pode ser produzido na reação. Isso significa que quando o reagente limitante é totalmente consumido, a reação para, mesmo tendo ainda outros reagentes.

Todos os outros reagentes que sobrarem são considerados reagentes em excesso.  

Para entender isso, vamos fazer uma analogia: imagine que temos que montar todos os conjuntos possíveis entre parafusos e duas porcas. Digamos que temos 5 parafusos e 12 porcas. Nesse caso, os parafusos atuam como os reagentes limitantes e as porcas como os reagentes em excesso, porque iremos parar de montar os conjuntos quando os parafusos acabarem e irão sobrar ainda duas porcas.

Para resolver questões que envolvem reagentes limitantes e em excesso, podemos seguir as três etapas mostradas abaixo:

Passos necessários para encontrar o reagente limitante

Vejamos um exemplo:

Considere a seguinte reação corretamente balanceada:

6 Na(l) + Al2O3(s) → 2 Al(l) + 3 Na2O(s)

a) Determine o reagente limitante e o reagente em excesso dessa reação quando 5,52g de sódio reage com 5,10 g de Al2O3.

b) Qual é a massa de alumínio produzida?

c) Qual é a massa do reagente em excesso que permanecerá sem reagir no final do processo?

Resolução:

a) Vamos seguir os três passos citados para resolver a letra “a”:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

1º Passo:

6 Na(l) + Al2O3(s) → 2 Al(l) + 3 Na2O(s)

A massa molar do Na é 23 g/mol e do Al2O3 é 102 g/mol. Determinando a quantidade em mols (n) de cada reagente:

n = m/MM

nNa = 5,52g / 23 g/mol → nNa = 0,24 mol

nAl2O3= 5,10g / 102 g/mol → nAl2O3 = 0,05 mol

2º Passo:

Fazer a relação estequiométrica para descobrir a quantidade de Al2O3 necessária para reagir com 0,24 mol de Na:

6 Na(l) + Al2O3(s) → 2 Al(l) + 3 Na2O(s)
6 mol -----  1 mol
0,24 mol---- x
x = 0,04 mol

3º Passo:

O cálculo anterior mostrou que seria necessário 0,04 mol de Al2O para reagir totalmente com 0,24 mol de Na. Mas, o 1º passo mostrou que na verdade temos uma massa maior do que essa, que é de 0,05 mol de Al2O. Assim, o Al2O3(s)­ é o reagente em excesso e o Na é o reagente limitante.

b) Para saber qual é a massa de alumínio produzida, basta relacionar com a quantidade do reagente limitante que temos, isto é, do sódio:

6 Na(l) + Al2O3(s)2 Al(l) + 3 Na2O(s)

6 mol de Na ---- 2 mol de Al

6 mol . 23 g/mol de Na ----- 2 mol . 27 g/mol de Al

138 g de Na ---- 54 g de Al
5,52 g de Na ---- y
y = 54 . 5,52
           138
y = 2,16 g de Al serão produzidos.

c) Para saber a massa de reagente em excesso (Al2O3) que irá sobrar, basta diminuir a quantidade que foi colocada para reagir no início pela quantidade que de fato reagiu:

0,05 mol ----- 5,10 g
0,04 mol ---- w
w = 0,04 . 5,10
           0,05
w = 4,08 g de Al2O3 reagiram

5,10 – 4,08 = 1,02 g de Al2O3 restaram.

Se a proporção estequiométrica entre os reagentes da reação não estiver correta, haverá um que ficará em excesso e outro que será o reagente limitante
Se a proporção estequiométrica entre os reagentes da reação não estiver correta, haverá um que ficará em excesso e outro que será o reagente limitante
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Elemento Químico
Conjunto formado por átomos de mesmo número atômico.
Os elementos do grupo 18 da Tabela Periódica são os gases nobres
Gases Nobres
Conheça os elementos que compõem o grupo dos gases nobres, suas principais propriedades e aplicações.
Reatividade de metais com ácidos
Com base na fila de reatividade dos metais, veja como podemos saber se determinado metal irá reagir ou não com ácidos.
A ligação de formação do sal de cozinha é iônica polar
Polaridade das Ligações
Aprenda a identificar a polaridade das ligações iônicas e covalentes.
O gás ocupa todo o volume do cilindro em que está contido
Volume dos Gases
Entenda por que o volume dos gases é sempre igual ao volume do recipiente, quais são as unidades de medida usadas nesse caso e como fazer suas conversões.
A fórmula percentual indica a porcentagem em massa do elemento na composição da substância
Fórmula Percentual ou Centesimal
Aprenda a determinar a fórmula percentual ou centesimal para qualquer substância por meio da fórmula molecular ou por meio da massa dos elementos.
A determinação da fórmula mínima pode ser feita por meio da fórmula molecular da substância
Fórmula Mínima ou Empírica
Entenda o que a fórmula mínima ou empírica expressa sobre a substância e como proceder com os cálculos a fim de determiná-la.
A fórmula molecular simplifica a representação da estrutura molecular mostrando quantos átomos de cada elemento estão presentes
Fórmula Molecular
Aprenda a determinar a fórmula molecular de qualquer composto, uma informação muito importante principalmente na estequiometria das reações químicas.
Unidades de medida mais comuns
Medida de uma grandeza, padrão previamente estabelecido, Unidades de medida, volume, massa, temperatura, densidade, pressão, unidade-padrão, Sistema Internacional, termômetro, escala termométrica, escala Celsius, escala Kelvin.
Como a química é útil ao nosso lazer?
Laboratório Químico
Local onde se realiza experimentos científicos.
Qual a diferença entre síntese e análise?
Síntese e análise
Para a química orgânica, os passos da síntese e análise é fundamental. Clique e entenda!
O conteúdo energético de cada um dos elétrons de um átomo é caracterizado por quatro números quânticos
Os Quatro Números Quânticos
Entenda como é feita a determinação dos quatro números quânticos dos elétrons de um átomo.
O volume atômico mede o volume de um conjunto de átomos e o espaçamento entre eles
Volume Atômico
Veja o que é a propriedade periódica do volume atômico e como ele pode ser calculado e previsto para os elementos da Tabela Periódica.