Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Sociologia
  3. Preconceito

Preconceito

O preconceito é um artifício usado perante o desconhecido ou estranho, mas que acaba se tornando um grande problema social.

A palavra preconceito é etimologicamente constituída (entende-se por etimologia o estudo do significado de uma palavra a partir dos componentes que a constituem) por duas partes diferentes: pré, que dá ideia de algo anterior, antecedente, que existe de forma primária, primeira, precedente; e conceito, aquilo que se entende ou compreende em respeito de algo, derivado do latim conseptus, que se refere à construção ideal do ser ou de objetos apreensíveis cognitivamente. A ideia do preconceito refere-se, então, a um conceito formado de forma anterior ou antecedente à constatação dos fatos, utilizando-se de características julgadas universais, sendo atribuíveis a todos que se encaixam na categoria referida, ou implícitas, naturais ao objeto que é dirigida.

Nessa perspectiva, podemos considerar que o preconceito está inserido em todos os círculos de interação humana, sendo um artifício usado no convívio e nos momentos em que nos defrontamos com o não familiar, o desconhecido ou o diferente. Ele nos ajuda a nos situar em determinadas situações em que o estranho, ao apresentar uma ou outra característica familiar ou associável a experiências passadas ou herdadas por nosso meio de convívio primário, passa a ser considerado compreensível dentro do nosso entendimento individual.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Acreditar que existem características inerentes a um gênero, também é uma forma de preconceito.
 Acreditar que existem características inerentes a um gênero, também é uma forma de preconceito.

 Embora seja um artifício comumente usado em nossas experiências, o preconceito passa a se tornar um problema na medida em que significados pejorativos são atribuídos a outros indivíduos ou grupos de forma generalizada, sendo associados a traços étnicos ou raciais, julgando-os inerentes ao sujeito que se refere sem, no entanto, considerar suas particularidades. Em nosso contexto, o preconceito racial é o mais comum e o mais problemático em suas consequências. Uma delas é a segregação racial ou o racismo, que também está intimamente ligada a problemas sociais como a desigualdade, a violência e a pobreza.

O combate a esse tipo de preconceito deve ser travado por meio da educação que deve servir como parâmetro de compreensão do mundo e das diferenças, tendo sempre como objetivo a afirmação da igualdade de direitos e deveres que todos temos uns com os outros, independente de sexo, gênero, cor, orientação sexual, crença ou situação econômica.

A segregação está intimamente ligada ao preconceito quando separa grupos atribuindo características baseadas em cor da pele, por exemplo.
A segregação está intimamente ligada ao preconceito quando separa grupos atribuindo características baseadas em cor da pele, por exemplo.
Publicado por: Lucas de Oliveira Rodrigues
Assuntos relacionados
Antissemitismo
Clique aqui para entender o que é antissemitismo, qual a origem do termo, o que são povos de origem semita e o porquê de os judeus serem tão hostilizados.
Respeito às diferenças deve ser amplamente tratado no ambiente escolar
Diversidade
Ensinar a importância do respeito às diferenças é fundamental no ambiente escolar. Neste texto apresentamos dicas de como ajudá-lo nessa missão.
No Estado laico, o princípio constitucional da igualdade visa a condenar a existência de tratamento diferenciado do Estado às religiões
Estado laico e Estado religioso
Clique aqui e conheça os conceitos de Estado laico e Estado religioso para entender as possíveis relações entre instituições religiosas e o Estado.
Ku Klux Klan
Saiba mais sobre a Ku Klux Klan, organização supremacista e terrorista que surgiu na segunda metade do século XIX.
Ilustração de revoltosos ludistas destruindo maquinário de uma indústria têxtil
Ludismo
O ludismo lutava contra a tecnologia ou contra a precarização das condições de vida? Saiba a resposta aqui!
Feudalismo
Modos de produção pré-capitalistas
Modos de produção pré-capitalistas, as características dos principais Modos de produção pré-capitalistas, o Modo de produção comunal primitivo, Modo de produção escravista, Modo asiático de produção, Modo de produção feudal.
Racismo no Brasil
Saiba um pouco mais sobre o racismo no Brasil e seus aspectos históricos e estruturais, bem como sobre a legislação e políticas antirracistas criadas para combatê-lo.
Os status e os papéis sociais podem variar bastante de acordo com a cultura analisada.
Status e Papel Social
Dois conceitos úteis no desenvolvimento das pesquisas sociológicas.
Os trabalhadores de uma linha de produção são indiferentes ao produto que produzem
Trabalho
As relações de trabalho mudaram, mas o trabalho ainda define muitas de nossas relações. Clique aqui e entenda como!
O principal sintoma da xenofobia é o medo excessivo e desequilibrado do desconhecido
Xenofobia
Veja o que é xenofobia, seus sintomas e formas de tratamento.