Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Genética
  4. Aneuploidias

Aneuploidias

Aneuploidias são alterações cromossômicas numéricas que se caracterizam pelo aumento ou diminuição de um tipo de cromossomo. A síndrome de Down é um exemplo de aneuploidia.

Os seres humanos apresentam 23 pares de cromossomos, sendo um par de cromossomos sexuais. Algumas vezes, no entanto, o número de cromossomos em um indivíduo sofre alterações, configurando aquilo que chamamos de anomalias numéricas. Podemos classificar as alterações numéricas em dois tipos: euploidias e aneuploidias, sendo essa última nosso objeto de estudo neste texto.

O que são aneuploidias?

Aneuploidias são alterações cromossômicas em que ocorre aumento ou diminuição de um tipo de cromossomo. Se um indivíduo é diploide (2n) e apresenta um cromossomo a mais, pode ser representado como 2n +1. Quando ele apresenta um cromossomo a menos, é representado por 2n-1.

As aneuploidias diferem-se das euploidias porque, nessa última, ocorre alteração numérica em todo o conjunto de cromossomos, ou seja, a alteração ocorre no genoma. Nas aneuploidias, as alterações no número de cromossomos ocorrem, mas não em todo o genoma.

Como ocorrem as aneuploidias?

As aneuploidias acontecem por causa de processos de não disjunção. Isso significa que, em algum momento da divisão celular, a distribuição dos cromossomos ou das cromátides ocorreu de maneira incorreta. Quando ocorre na meiose I, observa-se que os cromossomos homólogos não se separam corretamente. Já a não disjunção na meiose II ocorre porque não houve a separação das cromátides. Vale frisar que pode ocorrer ainda não disjunção na mitose após formação do zigoto.

As não disjunções levam à formação de células com número incorreto de cromossomos. Quando ocorre, por exemplo, uma não disjunção do cromossomo X, um óvulo apresentará dois cromossomos X, enquanto outro não apresentará nenhum cromossomo X. Quando fecundado, esse ovulo se tornará um zigoto com aneuploidia.

Classificação das aneuploidias

As principais aneuploidias são:

  • Nulissomias (2n-2): Indivíduo não apresenta nenhum cromossomo de determinado par.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Monossomias (2n-1): Indivíduo apresenta apenas um cromossomo de um determinado par.

  • Trissomia (2n+1): Indivíduo apresenta um cromossomo a mais que o normal em um determinado par, ou seja, apresenta três cromossomos de um mesmo tipo.

Pode ocorrer ainda um aumento ainda maior de cromossomos, como a tetrassomia e a pentassomia, entretanto, são menos comuns. Estima-se que a monossomia e a trissomia ocorram com relativa frequência em humanos (10% a 25% das concepções), sendo causas de abortos.

Exemplos de aneuploidias

  • Síndrome de Down (47, XX + 21 ou 47, XY +21): observa-se um indivíduo com 47 cromossomos, com um cromossomo de número 21 a mais. Como o portador apresenta três cromossomos 21, a síndrome é também chamada de trissomia do 21. A síndrome de Down leva ao surgimento de características muito marcantes, como a prega palpebral, a língua fissurada e a prega transversal contínua na palma da mão. Além disso, pessoas com essa síndrome podem ter certo atraso no desenvolvimento e estão mais sujeitas a problemas cardíacos.

  • Síndrome de Turner (45, X0): observa-se a presença de apenas um cromossomo sexual X, sendo, portanto, uma monossomia. Nesse caso, verifica-se um indivíduo do sexo feminino com pouco desenvolvimento das mamas, ovários rudimentares, tórax largo, baixa estatura e pescoço alargado. Geralmente não causa atraso mental e, quando este se apresenta, é leve. É a única monossomia viável em seres humanos.

  • Síndrome de Klinefelter (47, XXY): há, geralmente, três cromossomos sexuais (XXY), ou seja, é uma trissomia. Indivíduos com essa síndrome são do sexo masculino, possuem órgãos genitais pouco desenvolvidos, não produzem espermatozoides, podem apresentar crescimento das mamas e possuem diminuição do nível intelectual.

A aneuploidia é um tipo de alteração numérica em que ocorre o aumento ou diminuição de um tipo de cromossomo
A aneuploidia é um tipo de alteração numérica em que ocorre o aumento ou diminuição de um tipo de cromossomo
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

As aneuploidias podem ser definidas como:

a) Alterações cromossômicas em que todo um conjunto cromossômico é perdido.

b) Alterações cromossômicas em que todo um conjunto cromossômico é ganhado.

c) Alterações cromossômicas em que ocorre aumento ou diminuição de um tipo de cromossomo.

d) Alterações cromossômicas em que ocorre o aumento de um tipo de cromossomo.

e) Alterações cromossômicas em que ocorre a diminuição de um tipo de cromossomo.

Questão 2

O tipo mais comum de aneuploidia é aquele em que um indivíduo apresenta um cromossomo a mais em um determinado par. Esse tipo de aneuploidia é conhecido como:

a) Nulissomia.

b) Monossomia.

c) Trissomia.

d) Tetrassomia.

e) Pentassomia.

Mais Questões
Assuntos relacionados
A Síndrome de Down é causada pela presença de três cromossomos 21
Síndrome de Down
Saiba mais sobre a Síndrome de Down, um distúrbio genético em que o indivíduo apresenta um cromossomo 21 a mais que o normal.
O cromossomo pode sofrer modificações em sua estrutura
Alterações cromossômicas estruturais
Que tal aprender mais sobre as alterações cromossômicas estruturais? Clique aqui e descubra o que são essas alterações, quais fatores influenciam a sua ocorrência e a diferença entre os quatro tipos básicos de alterações cromossômicas estruturais: deleções, duplicações, inversões ou translocações.
Os genes são porções de DNA contidas nos cromossomos
Genes e cromossomos
Aprenda mais sobre genes e cromossomos, dois conceitos que são relacionados entre si e essenciais para a compreensão dessa parte da Biologia.
Mão de uma criança com Síndrome de Down.
Alterações Cromossômicas
Síndromes ocasionadas por mutações cromossômicas.
Conjunto cromossômico da espécie humana.
Cariótipo
Cariótipo, Centrômero, Metacêntrico, Submetacêntrico, Acrocêntrico, Telocêntrico, Satélite, Metáfase, Condensação, Célula diplóide, Par alossômico, Par autossômico, Idiograma de cariótipo.
Fases da mitose da raiz de cebola. (1) interfase (2) prófase, (3) metáfase, (4) anáfase e (5) telófase. Fonte: Atlas de Histologia do ICB – UFG.
Mitose
Processo de divisão celular que ocorre entre uma interfase e outra, compreendida nas fases: prófase, metáfase, anáfase e telófase. Resulta em duas células idênticas entre si e a célula-mãe.
Etapas da meiose I e II
Meiose
Clique aqui e aprenda o que é meiose e quais são suas principais etapas.
Observe o cariótipo de uma pessoa com Síndrome de Turner. Nesse caso, há apenas um cromossomo sexual X
Síndrome de Turner
Conheça os sinais e sintomas da síndrome de Turner, uma doença que gera uma alteração no número de cromossomos.
Os cromossomos são fios de DNA associados a proteínas
Cromossomos
Amplie seus conhecimentos sobre cromossomos e entenda sua classificação!