Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Seres Vivos
  4. Reino Monera
  5. Impetigo, leptospirose, meningite e peste bubônica

Impetigo, leptospirose, meningite e peste bubônica

Impetigo: causada pela Staphylococcus aureus e Streptococcus pyogenes, tais organismos infectam os indivíduos por meio de lesões ou microfissuras preexistentes na derme. Após este processo inicial, desenvolvem pústulas na pele que, rompidas, formam uma camada rígida. Rosto, membros e axilas são as regiões mais suscetíveis ao contágio, este que se dá pelo contato direto ou indireto com as lesões.

Leptospirose: bactérias do gênero Leptospira, eliminadas pela urina de animais portadores da doença, como ratos e cães, ao entrarem em contato com mucosas ou pele de indivíduos da nossa espécie podem causar esta doença. Com sintomas que incluem febre alta, dor de cabeça, dores musculares, vômitos, hemorragias, lesões cutâneas e problemas respiratórios; pode levar o indivíduo a óbito por complicações renais e/ou hepáticas.

Meningite meningocócica: a Neisseria meningitidis, Hemophilus influenzae e Streptococcus pneumoniae são bactérias cuja infecção se dá pela inalação de gotículas de saliva ou secreções contendo-as. Causando forte dor de cabeça, febre e rigidez na nuca, devido ao comprometimento das meninges (membrana que reveste o cérebro e medula), pode causar a morte, caso o tratamento não seja feito em tempo e condições adequadas. Existe vacina preventiva para esta doença.

Peste bubônica: também conhecida como peste negra, é uma doença cuja bactéria causadora é a Yersinia pestis. Esta é transmitida por meio da picada da pulga do rato (Xenopsylla cheopis) ou ferimentos e arranhões de animais domésticos infectados. No organismo, a bactéria tem capacidade de sobreviver e se reproduzir no interior dos macrófagos, causando febre e o surgimento de ínguas – principalmente no pescoço e axilas. Vômitos, dor de cabeça, vertigem, intolerância à luz, sonolência, dor nos membros e nas costas, apatia, febre alta, delírio e, nas formas mais graves, diarreia, podem surgir.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Lesões típicas do impetigo.
Lesões típicas do impetigo.
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Assuntos relacionados
Erisipela: infecção bacteriana.
Erisipela, escarlatina e febres maculosa, reumática e tifoide: doenças bacterianas
Breves informações sobre cinco doenças bacterianas: erisipela, escarlatina e febres maculosa, reumática e tifoide.
Bactérias primitivas e o ambiente.
Arqueobactérias
A classificação das bactérias primitivas em função do tipo de ambiente.
Clostridium botulinum: bactéria cuja toxina causa os sintomas do botulismo.
Acne, antraz e Botulismo: doenças bacterianas
Breves informações sobre três doenças bacterianas: acne, antraz e botulismo.
Indivíduo acometido pela difteria. Observe a membrana localizada em sua garganta.
Cólera, coqueluche, difteria, shigelose e gastrite: doenças bacterianas
Breves informações sobre cinco doenças bacterianas: cólera, coqueluche, crupe, shigelose e gastrite.
Clostridium tetani: responsável pelos sintomas do tétano.
Pneumonia bacteriana, salmonelose, sífilis e tétano
Breves informações sobre quatro doenças bacterianas: pneumonia, salmonelose, sífilis e tétano.
Reprodução das Bactérias
A reprodução das bactérias ocorre de forma muita rápida. Em apenas 24 horas, aproximadamente milhares de bactérias podem ser originadas.
A Escherichia coli é um coliforme termotolerante que vive no intestino humano
Coliformes fecais
Compreenda como os coliformes fecais ou termotolerantes são utilizados na avaliação da qualidade da água.