Febre maculosa

A febre maculosa é uma doença febril grave que é transmitida pela picada de carrapato. Se não tratada, causa a morte em 80% dos casos.

A febre maculosa é uma doença bacteriana transmitida pela picada de um carrapato e, como o próprio nome indica, causa febre alta. Essa enfermidade é grave e, se não tratada rapidamente, pode levar o paciente à morte.

Saiba mais sobre: Doenças bacterianas

Agente etiológico da febre maculosa

A febre maculosa é uma doença febril causada por bactérias do gênero Rickettsia. A febre maculosa brasileira é causada pela bactéria Rickettsia rickettsii, uma espiroqueta (bactéria com formato helicoidal) gram-negativa (cora-se de vermelho quando submetida à coloração de Gram).


Vetores da febre maculosa

Os vetores da febre maculosa são algumas espécies de carrapatos. No Brasil, os principais vetores são os carrapatos do gênero Amblyomma, principalmente o A. cajennense, conhecido como carrapato-estrela. Além de atuar como vetores, os carrapatos são reservatórios da bactéria, já que a transmitem aos seus descendentes.

Algumas espécies de animais destacam-se por seu papel na transmissão da febre maculosa, sendo esse o caso de capivaras, gambás e equinos. Muitas dessas espécies possuem carrapatos, os quais muitas vezes estão contaminados e contribuem para a transmissão da doença.

As capivaras podem conter carrapatos transmissores da febre maculosa.
As capivaras podem conter carrapatos transmissores da febre maculosa.


Transmissão da febre maculosa

A febre maculosa é transmitida pela picada do carrapato contaminado. Para que a transmissão aconteça, o carrapato deve ficar aderido à pele por um período de quatro a cinco horas. Alguns autores afirmam que, para que ocorra a transmissão, são necessárias de seis a dez horas. Vale destacar que uma pessoa doente não transmite a febre maculosa para outra pessoa.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por ser transmitida pela picada de carrapato, é sempre importante evitar locais em que se sabe que há infestação desse animal. Além disso, caso não haja como evitar locais com infestação, é fundamental estar com vestimentas adequadas, como roupas de manga comprida e sapatos. Ao sair do ambiente, é importante verificar o corpo e procurar por carrapatos que possam estar aderidos.


Sinais e sintomas da febre maculosa

O período de incubação da febre maculosa (tempo decorrido entre o contato com a bactéria e os primeiros sintomas) é de 2 a 14 dias. O início da doença é súbito, e os sintomas iniciais são febre alta, dores musculares, dor de cabeça, náusea, vômito, manchas vermelhas pelo corpo e mal-estar. Esses sintomas são pouco específicos e podem causar um atraso no diagnóstico.

A doença pode evoluir para casos mais graves, causando edema nas pernas, aumento do fígado e baço, insuficiência renal, edema pulmonar, tosse, meningites e manifestações hemorrágicas. O paciente pode ter ainda confusão mental, convulsões e chegar ao coma profundo.


Diagnóstico e tratamento da febre maculosa

O diagnóstico da febre maculosa é feito com exames, uma vez que os sintomas são pouco específicos. O exame mais utilizado é a reação de imunofluorescência indireta, que busca identificar anticorpos contra a doença.

O tratamento deve ser iniciado mesmo sem confirmação laboratorial do caso, bastando apenas a suspeita da doença. O tratamento iniciado nos primeiros dias da doença apresenta maior chance de sucesso. Por ser causada por uma bactéria, o tratamento da febre maculosa baseia-se no uso de antibióticos.

Os carrapatos do gênero Amblyomma são os principais vetores da febre maculosa.
Os carrapatos do gênero Amblyomma são os principais vetores da febre maculosa.
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Assuntos relacionados
Vibrio cholerae
Cólera
Cólera, o que é cólera, o que provoca a cólera, a contaminação da cólera, o que a cólera causa, o período de incubação da cólera, o tratamento da cólera.
Neisseria gonorrhoeae
Blenorragia
Blenorragia, bactéria que causa a blenorragia, como a blenorragia é disseminada pelo corpo, os sintomas da blenorragia no homem, os sintomas da blenorragia na mulher, o diagnóstico da blenorragia, o tratamento da blenorragia.
Manchas avermelhadas na pele (um dos sintomas da escarlatina).
Escarlatina
Escarlatina, Agente etiológico, Streptococcus pyogenes, Doença bacteriana, Infecção, Transmissão, Tosse, Espirro, Gotículas de saliva, Processo inflamatório, Secreção pruriginosa, Amídalas, Medidas preventivas.
A capivara é o maior roedor do mundo
Capivara
Clique aqui e aprenda um pouco mais a respeito da capivara, um gracioso animal encontrado em nosso país e em outros lugares da América do Sul. Neste texto, falaremos a respeito das características básicas desse animal e apresentaremos algumas curiosidades interessantes sobre essa espécie.
Vacinar é a melhor prevenção
Tétano
Tétano, o que é tétano, o que provoca o tétano, os sintomas do tétano, o tratamento para o tétano.
Tifo
Tifo, bactéria causadora do tifo, sintomas do tifo, como as bactérias são liberadas, como as bactérias se reproduzem, o diagnóstico do tifo.
A melhor opção é prevenir a doença
Coqueluche
coqueluche, o que é coqueluche, bactéria que provoca a coqueluche, a transmissão da coqueluche, os sintomas da coqueluche, as fases da coqueluche, o tratamento para a coqueluche, a prevenção contra a coqueluche.
Alimentos enlatados devem ser bem escolhidos  e previamente fervidos antes de sua ingestão.
Botulismo
Doença que pode ser fatal devido ao efeito das toxinas da bactéria causadora.
Manifestação da doença
Impetigo
Impetigo, o que é impetido, agentes causadores do impetigo, manifestação do impetigo, forma de contágio do impetigo, como o impetigo é diagnosticado, o tratamento para o impetigo, como prevenir o impetigo.
Vermelhidão e inchaço típicos do terçol
Terçol
Infecção localizada nas pálpebras, caracterizada por inchaço e vermelhidão.
Bactérias
Brucelose
Obtenha informações sobre essa doença, como se adquire, seus sintomas e tratamento.
Cárie
Cárie
Conheça o que é a cárie, suas causas e como prevenir
As bactérias são organismos unicelulares e procariontes
Bactérias
Amplie seus conhecimentos sobre as bactérias, organismos unicelulares que podem ser encontrados em colônias!