Fermentação

O processo de fermentação é uma via anaeróbia de síntese de ATP, ou seja, ocorre sem a presença de oxigênio.

A fermentação é um processo de obtenção de energia que ocorre sem a presença de gás oxigênio, portanto, trata-se de uma via de produção de energia anaeróbia. Nesse processo, o aceptor final de elétrons é uma molécula orgânica. Essa via é muito utilizada por fungos, bactérias e células musculares esqueléticas de nosso corpo que estão em contração vigorosa.

A fermentação ocorre no citosol e inicia-se com a glicólise, quando ocorre a quebra de glicose em duas moléculas de piruvato. Percebe-se, portanto, que inicialmente esse processo é semelhante à respiração celular.

O piruvato recebe elétrons H+ provenientes do NADH e transforma-se em ácido láctico, que posteriormente é eliminado pela célula. Ele pode também se transformar em álcool e CO2, que também são posteriormente eliminados. A substância a ser produzida depende do organismo em que o processo ocorre. Quando o piruvato é transformado em ácido láctico, dizemos que ocorreu uma fermentação láctica; mas quando se transforma em álcool, a fermentação é chamada de alcoólica. Tanto na fermentação alcoólica quanto na lática o NADH doa seus elétrons e é convertido em NAD+.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Observe o esquema que ilustra o processo de fermentação.

A fermentação láctica é comum em células musculares, bactérias, protozoários e fungos, sendo usada para a produção de iogurte, coalhada e queijos. Já a fermentação alcoólica é normalmente realizada por leveduras e bactérias, sendo bastante explorada economicamente pelo homem, principalmente para a fabricação de alimentos como o pão e de bebidas como a cerveja, vinho e destilados.

O rendimento da fermentação é bastante pequeno quando comparado ao da respiração celular. Enquanto nesse processo é obtido apenas 2 ATP, na respiração, temos um saldo final de 30 ATP.

Curiosidade: Quando estamos praticando exercícios físicos, frequentemente sentimos dor muscular, também chamada de fadiga muscular. Isso ocorre porque as células musculares não recebem a quantidade de oxigênio necessária para realizar a respiração celular e passam a quebrar glicose de forma anaeróbia, produzindo ácido láctico. O acúmulo desse ácido faz com que as pessoas sintam dor. Para saber mais sobre a fermentação láctica no músculo, clique aqui!

O vinho só é fabricado graças à fermentação
O vinho só é fabricado graças à fermentação
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

A fermentação e a respiração celular apresentam uma etapa em comum, apesar de serem processos bastante distintos. Observe as alternativas a seguir e marque aquela que apresenta um processo comum à fermentação e à respiração celular.

a) Ciclo de Krebs.

b) Glicólise.

c) Ciclo de Calvin.

d) Cadeia respiratória.

e) Cadeia transportadora de elétrons.

Questão 2

(Fatec) Se as células musculares podem obter energia por meio da respiração aeróbica ou da fermentação, quando um atleta desmaia após uma corrida de 1000 m por falta de oxigenação adequada de seu cérebro, o gás oxigênio que chega aos músculos também não é suficiente para suprir as necessidades respiratórias das fibras musculares, que passam a acumular

a) glicose.

b) ácido acético.

c) ácido lático.

d) gás carbônico.

e) álcool etílico.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Os ácidos nucleicos foram, a princípio, identificados no núcleo das células
Estrutura dos ácidos nucleicos
Conheça os ácidos nucleicos, seus tipos, estrutura e constituição.
Cadeia Respiratória
Processo que gera fluxo transmembranar de prótons H+, produzindo energia (ATP).
O transporte de substâncias através da membrana
Transporte Membranar de substâncias
O deslocamento de substratos efetivados pelas células.
A conformação organizacional dos microtúbulos que formam os centríolos.
Centríolos
Clique aqui e aprenda as funções desempenhadas pelos centríolos.
A lactose é o açúcar natural do leite
Lactose
Clique e conheça as características e utilizações da lactose, substância que é conhecida como o açúcar do leite.
O xilitol é utilizado como adoçante de um grande número de produtos
Xilitol
Clique e saiba mais sobre o principal adoçante do momento, o xilitol, conhecendo suas características, formas de obtenção e utilizações diversas.
ATP é uma sigla utilizada para denominar a molécula de adenosina trifosfato
ATP
Compreenda o que é ATP (adenosina trifosfato) e entenda a importância dessa molécula para as células de todos os seres vivos.
Osmose é um processo de movimentação da água através de uma membrana semipermeável.
Osmose
Aprenda um pouco mais a respeito da osmose, processo que envolve a movimentação de solvente por uma membrana semipermeável. Neste texto, aprenderemos a definição desse processo e conheceremos como a osmose atua nas células animais e vegetais. Além disso, conheceremos um exemplo de osmose que acontece no nosso dia a dia.
A ameba alimenta-se por fagocitose, um tipo de endocitose
Endocitose e exocitose
Compreenda a diferença entre endocitose e exocitose, além de entender como ocorrem esses processos.
Imagem de um vacúolo vegetal obtida por microscópio eletrônico.
Vacúolos
Você sabe o que são vacúolos e qual função desempenham? Clique e aprenda agora!
Na glicólise, a molécula de glicose é quebrada em moléculas de ácido pirúvico
Glicólise
ompreenda o que é glicólise, processo que ocorre no citoplasma de todas as células.
A respiração anaeróbia dos atletas maratonistas e a exaustão muscular (fermentação lática).
Respiração Anaeróbia
Um menor rendimento energético para o funcionamento celular.
Esquema da bicamada fosfolipídica (modelo de mosaico fluido).
Membrana Celular
A composição e fisiologia da bicamada fosfolipídica.