Whatsapp icon Whatsapp

A coloração das bolhas de sabão

Colorido das bolhas de sabão
Colorido das bolhas de sabão
O fenômeno da coloração da bolha de sabão deve-se à natureza ondulatória da luz e ao fato de ela ser composta por todas as cores que formam o espectro de luz visível ao olho humano.

A bolha de sabão é uma película de espessura variável de milésimos de milímetro de comprimento. Por causa da força gravitacional, a bolha é mais fina na parte de cima e mais grossa na parte de baixo. Quando iluminada com luz branca, como a luz solar, por exemplo, é formada por várias cores com diferentes comprimentos de onda, a bolha reflete as cores que são similares às cores do arco-íris, que são formadas em razão do fenômeno físico da interferência.

Quando a bolha é formada, certa quantidade de água fica presa no interior da película dando estabilidade à mesma. Ao observar uma bolha num dia ensolarado, percebe-se que há mudanças de cor em sua superfície, similar às cores do arco-íris. Esta variação ocorre em razão da reflexão e refração da luz em sua superfície, conforme a espessura da bolha varia mais ou menos cores são refletidas. Esse colorido que percebemos na superfície das bolhas ocorre em razão da interferência entre os raios de luz que são refletidos e refratados na fina película da bolha de sabão. Na interferência construtiva, os raios de luz estão em fase e recombinam-se formando novas cores, já na interferência destrutiva os raios de luz possuem fases diferentes, dessa forma um raio de luz anula o outro e por esse motivo não enxergamos nenhuma cor, formando assim os pontos escuros.
Publicado por Marco Aurélio da Silva Santos

Artigos Relacionados

Campo visual de um espelho plano
Denominamos campo visual a região que se torna visível por reflexão no espelho. Veja mais sobre o campo visual de um espelho plano.
Centro óptico de uma lente
Veja aqui a definição de centro óptico de uma lente e aprenda a localizar o seu centro óptico.
Construção Geométrica de Imagens em Espelhos Esféricos
Imagens em espelhos esféricos.
Decomposição da luz branca
Veja aqui a decomposição da luz branca, fenômeno no qual a luz policromática se decompõe em infinitas cores monocromáticas.
Determinando o ângulo limite
Veja aqui a aplicação da Lei de Snell-Descartes para a determinação do ângulo limite de uma refração.
Hipermetropia
Veja aqui a definição do defeito visual conhecido como hipermetropia e veja também como ele pode ser corrigido.
Instrumentos ópticos
Conheça o funcionamento dos instrumentos ópticos mais utilizados no nosso cotidiano.
Interação luz-matéria
Este artigo apresenta os diferentes efeitos que acontecem na interação luz-matéria. Conheça aqui os conceitos de meios transparentes, translúcidos, opacos e absorvedores.
Lâmina de faces paralelas
Veja aqui como ocorre a refração de um raio de luz quando ele incide sobre uma lâmina de faces paralelas.
Translação de espelhos
Deslocamento de um espelho plano em relação a um objeto fixo.
video icon
"Matemática do Zero | Classificação de triângulos" escrito sobre fundo azul
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Classificação de triângulos
Nessa aula veremos que um triângulo pode ser classificado quanto às medidas dos lados (isósceles, equilátero e escaleno) e quanto às medidas dos ângulos (acutângulo, retângulo e obtusângulo).