Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Ondulatória
  4. A Sensibilidade Auditiva

A Sensibilidade Auditiva

A sensibilidade auditiva humana não consegue perceber todas alterações na frequência da intensidade sonora. Por causa disso, nossos ouvidos não captam todas as frequências.

O sistema auditivo humano é muito sensível às alterações da frequência sonora. Pequenas variações na frequência dos sons fazem com que o sistema auditivo humano perceba que eles tornaram-se mais graves ou mais agudos.

Entretanto, essa sensibilidade às alterações na frequência da intensidade sonora é pequena, fato que não possibilita ao ouvido humano captar as frequências sonoras dos ultrassons e dos infrassons, pois eles não estão na faixa de frequência auditiva percebida pelo ouvido humano, que é de 20 hertz a 20 000 hertz.

Alguns estudos indicam que a percepção auditiva das variações de intensidade sonora é, aproximadamente, igual a 1dB, o que significa dizer que é necessário um aumento de 1dB no nível do som para que possamos perceber um pequeno aumento na intensidade sonora.
O infrassom e o ultrassom não provocam sensibilidade ao nosso sistema auditivo porque, como já foi mencionado, as suas frequências sonoras encontram-se fora da faixa auditiva perceptível ao ouvido humano. No entanto, existem animais que conseguem perceber o ultrassom. Experiências mostram que o cachorro é um desses animais que conseguem perceber ultrassons que chegam até 50 000 hertz. É por esse motivo que eles são adestrados para atender a apitos de ultrassons, os quais o ser humano não consegue perceber. Os morcegos são outros animais que também conseguem captar as frequências dos ultrassons. Esses animais conseguem emitir e ouvir frequências sonoras que chegam até 120 000 hertz.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Apesar de o ultrassom não ser percebido pelo sistema auditivo humano, ele é muito utilizado em um aparelho chamado sonar, que localiza objetos e determina a distância até eles. Esse aparelho é utilizado, por exemplo, na pesca, para encontrar os cardumes, ou mesmo em submarinos, para saber a distância em relação a um determinado obstáculo.

Sistema auditivo humano
Sistema auditivo humano
Publicado por: Marco Aurélio da Silva Santos
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Difração sobre a superfície de um líquido
O Fenômeno da Difração
Clique aqui e entenda como ocorre o fenômeno físico da difração!
Na ultrassonografia, a reflexão de ultrassons é captada para a formação de imagens de fetos e órgãos do corpo
Som, Infrassom e Ultrassom
Você sabia que existem sons tão altos que o ouvido humano não pode captar? Clique aqui e saiba a diferença entre som, infrassom e ultrassom.
Surfista “pegando uma onda”
Ondas
Clique aqui e aprenda o conceito de ondas e como classificá-las de acordo com a natureza e o tipo!
Partícula de massa m presa a uma mola helicoidal de constante elástica k
Oscilador harmônico
Veja aqui o que é um oscilador harmônico e conheça suas principais características.
A relação não correspondente entre altura e volume é uma das características das ondas sonoras
5 curiosidades sobre as ondas sonoras
Clique aqui e veja cinco curiosidades sobre as ondas sonoras que se opõem totalmente às percepções do senso comum!
Existem cinco características do som que você precisa conhecer
Cinco coisas que você precisa saber sobre o som
Clique aqui e veja quais são as cinco coisas a respeito do som que você precisa saber. Será que você conhece tudo a respeito das ondas sonoras?
O som não se propaga no espaço porque as ondas sonoras são do tipo mecânicas e precisam de um meio de propagação
Por que o som não se propaga no espaço?
Você sabe por que o som não se propaga no espaço? Clique aqui e entenda por que as ondas sonoras não se difundem no vácuo.
Intensidade do som
Você sabe o que é intensidade sonora? Aprenda a calculá-la, saiba quais são os limites da audição humana e confira exercícios resolvidos.
As frentes e os raios das ondas propagadas mostram-se, por exemplo, na superfície de um lago
Frente de onda e raio da onda
Você sabe o que são frente de onda e raio da onda? Clique aqui e conheça esses elementos que caraterizam as perturbações propagadas no espaço.