Whatsapp icon Whatsapp

Sonar

O sonar é um instrumento que possui a função de detectar e localizar corpos e obstáculos submersos. Ele funciona por meio da reflexão das ondas sonoras.
Sonar acoplado a uma embarcação, com o objetivo de localizar peixes.
O sonar é um aparelho indispensável aos navios e submarinos. Ele é utilizado para identificar corpos e obstáculos no fundo dos mares e oceanos.

O sonar é um instrumento que tem como principal função identificar corpos ou obstáculos no fundo do mar, descobrindo suas posições e evitando colisões. Ele funciona por meio da reflexão das ondas sonoras. O primeiro aparelho do tipo sonar foi desenvolvido em 1915 pelo físico Paul Langévin e pelo cientista Constantin Chilowski.

Leia também: Ecolocalização — o sistema natural a partir do qual os animais identificam obstáculos e presas no ambiente

Resumo sobre sonar

  • O sonar é um instrumento que possui como principal função identificar objetos e obstáculos submersos.
  • Funciona por meio da reflexão das ondas do som quando atingem um objeto ou obstáculo.
  • O sonar ativo e o sonar passivo são os tipos principais de sonar.
  • É possível usar os sonares na navegação, na pesca, na investigação dos mares e oceanos e na localização de objetos submersos.
  • Enquanto os sonares funcionam por meio da reflexão das ondas do som, os radares funcionam por meio da reflexão das ondas de rádio.
  • Os sonares prejudicam a vida marinha, já que são capazes de confundir o sistema auditivo de diversos animais que dependem dele para a sua sobrevivência.
  • O primeiro sonar foi criado em 1915 pelo físico Paul Langévin e pelo cientista Constantin Chilowski.

O que é sonar e qual a sua função?

Sonar é um instrumento que tem como principal função detectar e localizar objetos e possíveis obstáculos no fundo dos mares e oceanos. Sua nomenclatura é proveniente do inglês (Sound Navigation and Ranging, que significa, em português, Navegação e Determinação da Distância pelo Som). 

Ilustração mostrando como um sonar detecta e localiza objetos e obstáculo no fundo dos mares e oceanos.
Detecção dos sonares.

O sonar é indispensável para os estudos do meio aquático e na área militar, sendo capaz de detectar colisões e ataques de outras embarções.

Como funciona o sonar?

O sonar funciona pelo princípio de reflexão das ondas sonoras. Ele envia pulsos sonoros (a frequências infrassônicas ou ultrassônicas), que, ao atingirem um obstáculo (rochas, navios, submarinos, objetos, qualquer coisa), refletem de volta ao sonar, como demonstrado na imagem abaixo.

Ilustração mostrando como ocorre a reflexão do som, forma por meio da qual o sonar funciona.
Reflexão do som.

Então, sabendo a velocidade do som no mar (que varia com a profundidade, temperatura e salinidade da água) e o tempo que essa onda sonora levou para ir e voltar até o sonar, é possível determinar a profundidade ou distância do obstáculo.

Veja também: Cinco curiosidades sobre as ondas sonoras

Tipos de sonar

Os sonares podem ser ativos ou passivos. Atualmente a maioria dos navios e submarinos possui os dois modelos instalados.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Sonar ativo: é aquele que é capaz de transmitir e capturar ondas sonoras constantemente, já que ele utiliza um receptor e transmisor sonoro. Ele possibilita a identificação da posição exata dos objetos que o circundam.
  • Sonar passivo: é aquele que não é capaz de transmitir ondas sonoras, apenas as capturar. Em razão disso, ele possibilita uma navegação anônima e a identificação dos alvos que o circundam, mesmo a milhas de distância.

Uso do sonar no cotidiano

Os sonares são muito usados nos seguintes contextos:

  • navegação a fim de evitar obstáculos;
  • pesca;
  • localização de objetos no fundo dos oceanos;
  • investigação dos oceanos e, principalmente, das suas profundezas.

Diferenças entre sonar e radar

  • Sonar: equipamento que emite e recebe ondas sonoras. Ele geralmente é utilizado para encontrar objetos submersos.
  • Radar: equipamento que emite e recebe ondas de rádio. Ele geralmente é empregado para monitoração de rodoviais e localização de objetos espaciais na órbita terrestre.

Prejuízos causados por sonares

O maior prejuízo causado pelos sonares está relacionado à vida marinha. Isso porque os animais aquáticos são os principais prejudicados, já que os sonares são responsáveis por desorientar seus sentidos, ocasionando o seu encalhe ou colisão com embarcações e outros obstáculos; provocar dores em seu sistema auditivo; ocasionar hemorragias auditivas devido à ruptura de seus tímpanos; além da morte desses animais.

História do sonar

  • 1490: primeira menção ao uso do sonar, quando Leonardo da Vinci (1452-1519) posicionou o ouvido em um tubo introduzido na água a fim de captar navios.
  • 1822: Daniel Colloden (1802-1893) calculou a velocidade do som no mar por meio de um sino subaquático, levando à criação dos primeiros dispositivos sonares.
  • 1912: ocorreu o acidente do navio RMS Titanic, o que gerou a necessidade de uso do sonar na detecção de corpos submersos. A primeira patente desse equipamento foi dada ao polímata Lewis Richardson (1881-1953). Nesse mesmo ano, o inventor Reginald Fessenden (1866-1932) comprovou a profundidade do som, a comunicação submarina e a captação de icebergs a 3 km de distância por meio de um sistema experimental.
  • 1913: o físico Alexander Berhm (1880-1952) conseguiu uma patente para uma ecossonda oceânica.
  • 1915: o físico Paul Langévin (1872-1946), juntamente com o cientista Constantin Chilowski (1880-1958), desenvolveu o primeiro aparelho do tipo sonar com a finalidade de localizar e identificar submarinos.

Fontes

HALLIDAY, David; RESNICK, Robert; WALKER, Jearl. Fundamentos da Física: Gravitação, Ondas e Termodinâmica (vol. 2). 10. ed. Rio de Janeiro, RJ: LTC, 2016.

NUSSENZVEIG, Herch Moysés. Curso de física básica: Fluidos, Oscilações e Ondas, Calor (vol. 2). 5 ed. São Paulo: Editora Blucher, 2015.

Publicado por Pâmella Raphaella Melo

Artigos Relacionados

A Reflexão do Som
Clique aqui e leia sobre a reflexão do som, que determina fenômenos como eco, reverberação e efeito Doppler.
Ecolocalização
Descubra o que é ecolocalização e entenda qual é a importância dessa capacidade para animais como golfinhos e morcegos.
Efeito Doppler
Clique para saber tudo sobre o efeito Doppler. Confira aqui o que é o efeito Doppler, quais são suas aplicações, suas fórmulas, e muito mais.
Intensidade do som
Você sabe o que é intensidade sonora? Aprenda a calculá-la, saiba quais são os limites da audição humana e confira exercícios resolvidos.
Medindo a Intensidade dos Sons
Determinando a intensidade auditiva ou níveis sonoros.
Ondas
Clique aqui e aprenda o conceito de ondas e como classificá-las de acordo com a natureza e o tipo!
Ondas sonoras
Clique aqui para para conhecer as principais características das ondas sonoras, tipo de onda mecânica que apresenta maior velocidade em meios sólidos.
Reflexão, refração e difração das ondas
Você sabia que qualquer tipo de onda pode sofrer reflexão, difração e refração? Clique aqui e conheça mais sobre esses três fenômenos ondulatórios.
Som, Infrassom e Ultrassom
Você sabia que existem sons tão altos que o ouvido humano não pode captar? Clique aqui e saiba a diferença entre som, infrassom e ultrassom.
Tempo de reverberação
Clique aqui e aprenda o que é tempo de reverberação e saiba como calculá-lo!
Velocidade do som
Você sabe qual é a velocidade do som? Aprenda quais são as fórmulas usadas para calcular a velocidade do som e confira qual é a velocidade do som para diferentes meios físicos.
video icon
Escrito"Sociedade do consumo" sobre uma imagem de várias pessoas reunidas com várias sacolas de compras como representação da Sociedade do consumo.
Sociologia
Sociedade do consumo
Uma sociedade formada principalmente por consumidores pode ter consequências profundas na forma de viver da humanidade. Veja esse e outros aspectos da sociedade do consumo.