Whatsapp icon Whatsapp

Acomodação visual

Um corpo em um ponto muito distante, como o navio na linha do horizonte, é dito no infinito
Um corpo em um ponto muito distante, como o navio na linha do horizonte, é dito no infinito

Use agora um pouco de sua imaginação. Imagine-se em uma praia, observando um barco distante na linha do horizonte, como o barco da figura acima. Quando o objeto que estamos observando está muito longe, dizemos que ele se encontra no infinito. Usamos a palavra “infinito” não porque o navio esteja no infinito, mas pelo fato de a distância em questão ser muito maior que as dimensões dos elementos dos nossos olhos.

Sabemos que o foco imagem está localizado na retina e os raios de luz, provenientes do objeto que estamos observando, incidem em nossos olhos praticamente paralelos. A ilustração abaixo nos dá uma ideia de como os raios de luz incidem no olho humano.  

Objeto no ponto próximo e sua imagem

Nesse tipo de situação, onde o objeto observado se encontra no “infinito”, os nossos olhos não forçam os seus músculos, sendo assim temos a sensação de descanso nos olhos. Portanto, o ponto mais distante no qual um objeto pode estar para que o olho humano consiga vê-lo nitidamente recebe o nome de ponto remoto. Assim sendo, podemos dizer que o ponto remoto do olho humano está localizado no infinito.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Agora vamos imaginar que o barco esteja se aproximando da praia, ou seja, ele está chegando bem próximo de você. A distância mínima a que um objeto pode estar para ser visto nitidamente, sem ficar fora de foco, é de 25 cm, para um olho humano adulto normal. Essa distância mínima em que um objeto é visto nitidamente denomina-se ponto próximo. Veja a ilustração abaixo.

Formação da imagem de um objeto infinitamente afastado

A fim de focalizar esse ponto próximo, você pode realizar uma simples experiência. Pegue um lápis e segure-o a certa distância de um de seus olhos, fixe o olhar na ponta do lápis e aproxime-o do seu rosto vagarosamente, procurando determinar a menor distância que permita uma visão nítida. Distâncias menores que esta devem proporcionar uma imagem borrada.

Podemos sentir o grande esforço muscular que nossos olhos fazem para manter nítidas as imagens de objetos muito próximos. Por esse motivo é que, após realizar uma leitura prolongada, recomenda-se fixar um ponto remoto, ou seja, um ponto mais distante dos olhos.

Publicado por Domiciano Correa Marques da Silva

Artigos Relacionados

Arco-íris
Clique aqui, entenda como ocorre a formação do arco-íris e saiba quais são as cores que compõem esse fenômeno da natureza.
Convergência de uma lente esférica
Quer saber mais sobre o que é a convergência de uma lente esférica? Acesse o artigo para saber como a calculamos e conhecer os focos das lentes côncavas e convexas.
Determinando o ângulo limite
Veja aqui a aplicação da Lei de Snell-Descartes para a determinação do ângulo limite de uma refração.
Divisões da Óptica
Clique aqui e aprenda quais são as divisões da Óptica e as características de cada uma!
Equação dos fabricantes de lentes
Entenda as características básicas nas quais os fabricantes de lentes se baseiam para fabricar óculos.
Espelhos Esféricos
Clique aqui e confira um resumo sobre espelhos esféricos! Descubra diferenças entre espelhos côncavos e convexos, e conheça os elementos geométricos desses espelhos.
Olho humano: um instrumento óptico
Clique aqui e conheça um pouco mais sobre o olho humano, um instrumento óptico que forma suas imagens pelo princípio físico da refração.
video icon
Professora ao lado do texto"Verbos irregulares".
Português
Verbos irregulares
Sabendo que o estudo de verbos não é uma tarefa fácil, nesta videoaula esclareceremos as formas de flexão dos verbos irregulares, ou seja, aqueles que, ao serem conjugados, apresentam alteração em seu radical ou em sua terminação. Não deixe de assistir!