Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Óptica
  4. Olho humano: um instrumento óptico

Olho humano: um instrumento óptico

O olho humano pode ser considerado um instrumento óptico: forma imagens pelo fenômeno físico da refração, em que a luz sofre desvios ao mudar de meio.

A princípio e de forma bem simplificada, o olho humano pode ser considerado um instrumento óptico, pois é constituído por uma lente biconvexa (o cristalino), que fica situada na região anterior ao globo ocular. No fundo do globo ocular, está a retina, que é sensível à luz e serve de anteparo para as imagens. As sensações luminosas, após serem captadas e projetadas sobre a retina, são enviadas ao cérebro pelo nervo óptico.

Anatomia do olho humano

Formação da imagem no olho humano

A imagem que vemos é resultado do seguinte processo: o cristalino, uma lente biconvexa, forma uma imagem real e invertida do objeto, a qual fica localizada exatamente sobre a retina. Feito esse processo, essa imagem é enviada ao cérebro pelo nervo óptico. Após inúmeros processos complicados, que a fazem ficar na posição correta, enxergamos o objeto nitidamente.

Conseguimos enxergar os objetos de modo nítido porque a imagem deles forma-se sobre a retina, no entanto, existem alguns casos em que ela não se forma exatamente sobre a retina, originando o que chamamos de defeitos de visão. Esses defeitos ocorrem em razão de uma possível deformação no globo ocular ou mesmo por uma defeituosa acomodação visual. Eles podem ser corrigidos com a utilização de óculos, lentes de contato ou por meio de cirurgia a laser.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Miopia

Na miopia, a imagem forma-se na frente da retina. Para corrigir esse defeito, ou seja, para que a imagem forme-se exatamente sobre a retina, a pessoa que tem esse problema deve utilizar óculos com lentes divergentes.

Hipermetropia

Na hipermetropia, a imagem do objeto é formada após a retina. Para a correção desse defeito de visão, a pessoa deve utilizar óculos com lentes convergentes, que fazem com que a imagem do objeto forme-se exatamente sobre a retina.

É importante ressaltar que não existem somente esses dois casos de defeitos de visão e que, para cada problema, existe um tipo de lente com características específicas que possibilitam ao usuário ver nitidamente o objeto.

Olho humano, um instrumento óptico
Olho humano, um instrumento óptico
Publicado por: Marco Aurélio da Silva Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(UFG-GO) Ao realizar exames oftalmológicos em um ambiente pouco iluminado, os jovens J1 e J2 descobriram que o diâmetro do corpo vítreo de seus olhos é de 18 mm. Nesse exame, descobriu-se que, para J1, as imagens dos objetos são formadas 13 mm após o cristalino, enquanto que, para J2, o diagnóstico atestou que ele não visualiza nitidamente objetos a 25 cm do olho. Conforme o exposto, quais são, respectivamente, os tipos de lentes corretivas que J1 e J2 devem utilizar e quais células responderam mais eficientemente ao estímulo luminoso?

a) Divergente e convergente, e bastonetes na córnea.

b) Divergente e divergente, e bastonetes na retina.

c) Convergente e divergente, e cones na córnea.

d) Divergente e divergente, e cones na retina.

e) Divergente e convergente, e bastonetes na retina.

Questão 2

(UCB-DF) Certo paciente recebe uma receita do oftalmologista para correção visual determinando uma lente de –4,00 dioptrias para ambos os olhos. Essa situação hipotética indica que as lentes apresentadas são:

a) divergentes, com distância focal de –0,25 m e, provavelmente, o paciente é míope.

b) convergentes, com distância focal de 0,40 m e, provavelmente, o paciente é hipermetrope.

c) divergentes, com distância focal de 1,25 m e, provavelmente, o paciente possui astigmatismo.

d) convergentes, com distância focal de 0,75 m e, provavelmente, o paciente é hipermetrope.

e) divergentes, com distância focal de –0,40 m e, provavelmente, o paciente é míope.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Aparição de um arco-íris
Arco-Íris
Arco-íris, o que é arco-íris, características do arco-íris, as cores do arco-íris, o tamanho do arco-íris, a localização do arco-íris, a visualização do arco-íris.
Ao piscar, distribuímos de forma uniforme o filme lacrimal
Por que piscamos?
Clique para descobrir por que piscamos e os benefícios que esse ato oferece para a saúde dos nossos olhos!
Telescópio espacila Hubble
Lunetas e Telescópios
Você sabe quem inventou as lunetas e como elas funcionam? Descubra aqui!
O avermelhado do Sol é devido a refração atmosférica
Refração atmosférica
A refração atmosférica é um fenômeno que acontece com bastante frequência. Confira!
Um corpo em um ponto muito distante, como o navio na linha do horizonte, é dito no infinito
Acomodação visual
Conheça as características básicas da acomodação visual, no estudo da Óptica da visão humana.
A capa do caderno é considerada um meio translúcido, pois não vemos nitidamente a imagem contida no caderno
Interação luz-matéria
Este artigo apresenta os diferentes efeitos que acontecem na interação luz-matéria. Conheça aqui os conceitos de meios transparentes, translúcidos, opacos e absorvedores.
A lupa é um instrumento óptico de aumento
Estudo analítico sobre as lentes esféricas
A distância focal e o tamanho da imagem fornecida pelas lentes esféricas são determinados, respectivamente, pelas Equações de Gauss e Equação do Aumento Linear.
O arco íris: resultado da dispersão, refração e reflexão da luz
A Óptica e as cores dos objetos
Você sabe como nossos olhos são capazes de perceber as diferentes cores? Clique aqui e veja a relação da Óptica com esse fenômeno.
Astigmatismo
Você sabia que a pessoa com astigmatismo não vê as imagens de forma clara? Clique aqui e entenda o que é, quais são os sintomas e qual o tratamento para essa deficiência.
A óptica estuda fenômenos relacionados à luz, como os arcos-íris
Conceitos importantes de Óptica
Você tem dificuldade para entender alguns conceitos relativos à óptica? Clique aqui e entenda alguns dos principais tópicos desse ramo da Física.
Mesmo usando máscaras de mergulho para facilitar a visão embaixo d’água, ela continuará desfocada
Por que não enxergamos bem debaixo d’água?
Você sabe por que não enxergamos bem debaixo d’água? Neste texto, você entenderá por que uma pequena mudança no índice de refração do meio pode mudar a forma como enxergamos, tornando as imagens desfocadas, como quando mergulhamos na água. Clique para entender melhor como tudo isso afeta a nossa visão!
Características e limitações do olho humano ditam a forma como enxergamos o mundo
Quais são os limites da visão humana?
Aprenda mais sobre os limites da visão humana. O olho é um órgão bastante sensível capaz de captar muitos detalhes e cores. No entanto, até mesmo o olho saudável apresenta limitações, que estão relacionadas tanto com a sua estrutura interna como a algumas características inerentes à luz.
Espelho Esférico
Espelhos Esféricos
Veja aqui o que são espelhos esféricos, quais suas características e tipos.
Refração da luz
Você sabe o que é a refração da luz? Saiba o que é esse fenômeno óptico, conheça as fórmulas da refração e confira alguns exercícios resolvidos sobre esse tema!
Atribui-se a Descartes a descoberta da equação dos fabricantes de lentes
Equação dos fabricantes de lentes
Entenda as características básicas nas quais os fabricantes de lentes se baseiam para fabricar óculos.
Quanto mais próximo estiver um observador do espelho, maior será seu campo visual
Campo visual de um espelho plano
Denominamos campo visual a região que se torna visível por reflexão no espelho. Veja mais sobre o campo visual de um espelho plano.
Como as estrelas estão muito distantes da Terra,  provavelmente quando observamos seu brilho no céu, várias delas podem nem mais existir
O que é um ano-luz?
Saiba mais sobre a unidade de medida utilizada em astronomia, o ano-luz.