Whatsapp icon Whatsapp

América Anglo-Saxônica

A América Anglo-Saxônica é uma das diversas formas de regionalização da América. Ela é formada por dois países desenvolvidos e industrializados: Canadá e Estados Unidos.
Vista aproximada da Estátua da Liberdade, um dos símbolos da América Anglo-Saxônica.
Localizada nos Estados Unidos, a Estátua da Liberdade é um dos símbolos da América Anglo-Saxônica.

A América Anglo-Saxônica é uma forma de regionalização do continente americano. Ela reúne os países Canadá e Estados Unidos. Essa região, geograficamente situada mais ao norte do continente americano, foi colonizada predominantemente por ingleses. A América Anglo-Saxônica corresponde à porção mais desenvolvida da América. O parque industrial local é muito moderno e a infraestrutura é bastante eficiente. A América Anglo-Saxônica é um dos polos culturais do mundo. A população dessa região desfruta de um elevado padrão de vida.

Leia também: América Andina — a região do continente americano formada pelos países que são atravessados pela cordilheira dos Andes

Resumo sobre a América Anglo-Saxônica

  • É formada por Estados Unidos e Canadá e corresponde à porção mais desenvolvida do continente americano.

  • Território mais ao norte da América, foi historicamente colonizado pelos povos anglo-saxões, com destaque para os ingleses.

  • Sua área territorial é banhada pelos oceanos Atlântico, Pacífico e Glacial Ártico.

  • É uma região bastante populosa, com cerca de 370 milhões de habitantes.

  • É conhecida pelo moderno parque industrial, pela agropecuária intensiva e pelo uso de tecnologias de ponta.

  • É uma região muito cosmopolita, visto que recebeu milhões de imigrantes ao longo dos anos.

Videoaula sobre a América Anglo-Saxônica

Dados gerais da América Anglo-Saxônica

  • Gentílico: anglo-americano

  • Extensão territorial: 19.819.000 quilômetros quadrados

  • População: 370.150.000 habitantes

  • Densidade demográfica: 18,6 habitantes/quilômetro quadrado

  • Maior país: Canadá

  • Menor país: Estados Unidos

  • Idioma: inglês e francês

  • Países: dois países

História da América Anglo-Saxônica

O território mais ao norte da América foi historicamente colonizado pelos povos anglo-saxões, provenientes do continente europeu e que estabeleceram colônias de povoamento e exploração nessa região americana. A história da América Anglo-Saxônica adveio do processo de formação do Canadá e dos Estados Unidos, especialmente em razão da vinda de muitos imigrantes de origem europeia, que ocuparam inicialmente o litoral leste dessas regiões, em um modelo de povoamento que culminou no amplo desenvolvimento socioeconômico delas.

À medida que ocorreram o crescimento da população local e o aumento do dinamismo econômico, houve um movimento de colonização em direção ao oeste, culminando na formação territorial atual do Canadá e dos Estados Unidos. Essas duas nações foram protagonistas de processos históricos como a implementação da industrialização e a modernização da agricultura, logo, assumiram um lugar de destaque nas relações internacionais. Ademais, principalmente após a sua independência, esses países tornaram-se importantes centros econômicos e culturais do mundo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Etimologia da América Anglo-Saxônica

A origem do termo “anglo-saxão” está atrelada aos povos oriundos da Inglaterra, que empreenderam diferentes colônias, especialmente na porção norte-americana, iniciando a formação dos países Canadá e Estados Unidos.

Divisão da América Anglo-Saxônica

Conforme suas características geográficas, o continente América é dividido em três grandes subcontinentes: América do Norte, América Central e América do Sul. Todavia, há uma regionalização do continente América baseada em critérios históricos, econômicos e culturais. Essa divisão contempla as regionalizações América Anglo-Saxônica e América Latina.

Ressalta-se que essa divisão não é unânime, pois há diferentes critérios que podem ser considerados para o enquadramento dos países da região em América Anglo-Saxônica e América Latina. No caso específico da América Anglo-Saxônica, a regionalização mais aceita é a formada por Canadá e Estados Unidos, os dois países americanos mais desenvolvidos e industrializados e que compartilham diversos laços históricos e culturais.

Quais são os países da América Anglo-Saxônica?

País

Capital

Localização

Canadá

Ottawa

América do Norte

Estados Unidos

Washington

América do Norte

Geografia da América Anglo-Saxônica

A América Anglo-Saxônica está situada na porção mais ao norte da América. Ela é formada pelos países Estados Unidos e Canadá. A área da América Anglo-Saxônica é banhada pelos oceanos Atlântico, Pacífico e Glacial Ártico.

A América Anglo-Saxônica possui um relevo muito diversificado, com destaque para as grandes formações montanhosas estadunidenses, como as Rochosas e os Apalaches. O registro de fenômenos tectônicos é comum na costa oeste anglo-americana. Já ao norte dessa região ressalta-se a presença de vastas planícies, assim como na porção central de toda a América Anglo-Saxônica. Essas feições geomorfológicas estão associadas à presença de grandes rios, lagos e mares.

O clima predominante da América Anglo-Saxônica é o clima temperado. As características climáticas locais variam conforme questões relacionadas aos fatores climáticos. Há pequenas porções de clima tropical no sul estadunidense; registro de clima desértico no centro-oeste estadunidense; manchas de clima frio de montanha, associadas às formações de elevada altitude; e, ainda, vastas áreas de clima polar e subpolar, especialmente na porção norte anglo-americana.

A vegetação da América Anglo-Saxônica segue a lógica da distribuição do clima local, logo, está fortemente associada aos fatores climáticos que influenciam os padrões geográficos nessa região do globo. A vegetação de florestas temperadas é predominante em toda a América Anglo-Saxônica. Há também manchas relevantes de vegetações como desertos, tundras, estepes e outras formações, como a vegetação mediterrânea e a tropical.

A hidrografia da América Anglo-Saxônica é bastante relevante em termos de volume de água. A rede hidrográfica local tem grande importância econômica para a região, em especial para a agricultura e para a geração de energia. Os principais rios da América Anglo-Saxônica são o Mississipi, o São Lourenço, o Colorado, o Colúmbia e o Mackenzie. Ademais, essa região registra a presença de grandes lagos, com destaque para o Superior, o Michigan e o Ontário.

Mapa da América Anglo-Saxônica

Mapa da América Anglo-Saxônica.

Demografia da América Anglo-Saxônica

A América Anglo-Saxônica é uma região bastante populosa, com cerca de 370 milhões de habitantes, sendo que a maior parte desses indivíduos habita os Estados Unidos. Em razão da ampla área dessa região, a densidade demográfica local é considerada baixa. A população da América Anglo-Saxônica encontra-se dividida de forma desigual no território, com destaque para as grandes concentrações populacionais no litoral leste, oeste e centro-sul estadunidense, bem como para a porção mais ao sul canadense.

O povoamento da América Anglo-Saxônica foi bastante influenciado por questões climáticas e econômicas, que resultaram na formação de grandes centros urbanos. As maiores cidades em população da América Anglo-Saxônica são:

  • Nova York (Estados Unidos);

  • Toronto (Canadá);

  • Los Angeles (Estados Unidos);

  • Montreal (Canadá);

  • Chicago (Estados Unidos).

Em termos demográficos, a população da América Anglo-Saxônica vem apresentando um crescimento constante ao longo dos últimos anos, sustentado especialmente pela migração. Os Estados Unidos são um tradicional centro de atração de população, principalmente de latino-americanos; já o Canadá atrai população qualificada de diversas localidades do mundo.

A América Anglo-Saxônica, apesar do crescimento populacional, registra uma taxa de natalidade em queda e uma expectativa de vida em alta. Essa região possui elevados indicadores sociais, como emprego, educação, saúde e renda, logo, a população local desfruta de um elevado padrão de vida. O índice de desenvolvimento humano é considerado bastante elevado na América Anglo-Saxônica, porém a região ainda apresenta certa desigualdade social, com destaque para algumas regiões dos Estados Unidos.

Economia da América Anglo-Saxônica

A economia da América Anglo-Saxônica é uma das mais desenvolvidas de todo o mundo. Essa região é reconhecida mundialmente pelo protagonismo econômico, pelo moderno parque industrial, pela agropecuária intensiva e pelo uso de tecnologia de ponta. Ademais, a América Anglo-Saxônica é um importante centro financeiro mundial e sedia, ainda, a matriz de importantes transnacionais.

Veja, a seguir, as principais características da economia da América Anglo-Saxônica em relação a cada setor da economia:

  • Setor primário: é baseado no emprego de elevada tecnologia no campo. O uso de máquinas, equipamentos, insumos e capitais é uma característica das atividades primárias locais. A América Anglo-Saxônica destaca-se na produção de grãos, carnes, madeiras e insumos florestais, combustíveis fósseis e outros produtos primários.

  • Setor secundário: é formado por um parque tecnológico diversificado. Na América Anglo-Saxônica, há uma gama de indústrias de ponta que fabricam bens manufaturados de alta tecnologia para todo o mundo. Em âmbito regional, ressalta-se a produção de indústrias das áreas automobilística, aeronáutica, química, farmacêutica, bélica e alimentícia.

  • Setor terciário: é caracterizado pela ampla oferta de serviços. Essa região é um dos principais polos financeiros e comerciais do mundo. As atividades terciárias na América Anglo-Saxônica destacam-se pelo protagonismo do turismo, especialmente pela presença de diversos parques temáticos e cidades cosmopolitas.

Veja também: Como é a economia da América Central?

Infraestrutura da América Anglo-Saxônica

A infraestrutura da América Anglo-Saxônica é uma das mais modernas de todo o mundo. Os países que compõem essa região possuem estruturas bastante desenvolvidas, com destaque para os setores de transporte e comunicação. Os setores de saúde e educação também são bastante desenvolvidos, apesar de predominantemente geridos por associações privadas. A América Anglo-Saxônica destaca-se pela universalidade de acesso a alguns serviços básicos, como energia e água.

Vista urbana do centro de Toronto, uma das principais cidades da América Anglo-Saxônica.
A cidade de Toronto, no Canadá, é uma das principais cidades da América Anglo-Saxônica.

Em relação aos modais de transporte, destaca-se o uso dos meios aeroviário e rodoviário. O transporte por meio da água, em portos fluviais e marítimos, também é muito importante localmente. Ademais, a ligação urbana entre as localidades dessa região é bastante efetiva, incluindo o uso de trens e metrôs.

O acesso à energia é bastante amplo. As fontes energéticas locais são bastante diversificadas, com destaque para o uso de matrizes como a hidrelétrica e a nuclear. O abastecimento de água, o acesso aos meios de comunicação e o atendimento de saneamento básico são muito amplos e contribuem para os indicadores sociais positivos dessa região do globo.

Governo da América Anglo-Saxônica

A América Anglo-Saxônica é formada por governos democráticos. A política local é ancorada na participação da população civil, no pluripartidarismo e no respeito às liberdades individuais. A forma de governo do Canadá é a monarquia constitucional federal parlamentarista. Já a forma de governo dos Estados Unidos é a república federal presidencialista.

Cultura da América Anglo-Saxônica

A América Anglo-Saxônica possui uma das culturas mais diversas do mundo devido às variadas influências que recebeu. Isso ocorre porque a região recebeu milhões de imigrantes ao longo dos anos e, ainda, foi colonizada por diferentes populações, especialmente de origem europeia. Além disso, há diversos povos tradicionais com uma cultura bastante particular atrelada às características geográficas dessa região.

A influência europeia é muito percebida pelas línguas de origem anglo-saxã e latina, bem como pelas religiões cristãs, como o protestantismo e o cristianismo. Ressalta-se também a grande diversidade de músicas, artes plásticas, filmes e outras opções de arte e entretenimento. Na alimentação, há o consumo de carnes, batatas, peixes, refrigerantes e alimentos industrializados. Já nos esportes, ressalta-se as práticas coletivas, como basquete, vôlei, rugby e hóquei.

Curiosidades da América Anglo-Saxônica

  • O Canadá possui uma cidade, localizada na região de Quebec, que é a única cidade murada da América Anglo-Saxônica.

  • As cataratas do Niágara são um agrupamento de quedas de água situado na fronteira entre Estados Unidos e Canadá.

  • A Estátua da Liberdade, localizada em Nova York, nos Estados Unidos, foi um presente da França para os estadunidenses.

  • O Royal Mail Ship Titanic afundou enquanto fazia o trajeto marítimo entre a Inglaterra e os Estados Unidos.

  • O Alasca, um dos estados que compõem a Federação dos Estados Unidos, foi comprado da Rússia no ano de 1867.

Fontes

INFOPÉDIA. Canadá. Infopédia, c2023. Disponível em: https://www.infopedia.pt/apoio/artigos/$canada.

INFOPÉDIA. Estados Unidos da América. Infopédia, c 2023. Disponível em: https://www.infopedia.pt/apoio/artigos/$estados-unidos-da-america.

ROCHA, B. 25 Curiosidades do Canadá para conhecer antes de embarcar! Melhores momentos da vida, 2022. Disponível em: https://melhoresmomentosdavida.com/curiosidades-sobre-o-canada/.

ROCHA, B. 25 fatos da cultura dos Estados Unidos que vão te impressionar! Melhores momentos da vida, 2022. Disponível em: https://melhoresmomentosdavida.com/curiosidades-sobre-os-estados-unidos/.  

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

América
Clique aqui e saiba quais são os países que fazem parte da América. Conheça as características geográficas, socioculturais e econômicas desse continente.
América Central
América Central, características da América Central, problemas enfrentados pelos países da América Central, economia, clima, Estados Unidos da América Central.
América Latina
Veja quais são as principais características geográficas da América Latina. Leia detalhes sobre a história e a cultura dessa porção do continente americano.
América Platina
Porção da América do Sul formada pela Argentina, Paraguai e Uruguai.
América do Norte
Clique aqui e conheça as características geográficas da América do Norte, bem como os aspectos históricos e culturais dessa importante porção americana.
América do Sul
Saiba quais são as principais características geográficas da América do Sul. Veja dados sobre a demografia, a economia e a infraestrutura dos países sul-americanos.
Continentes
Conheça um pouco mais sobre os continentes do planeta Terra entendendo suas características e conferindo as principais informações sobre eles.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos
Nessa aula veremos a condição de existência de um triângulo utilizando um raciocínio lógico e em seguida formalizando esse conhecimento.