Whatsapp icon Whatsapp

América do Sul

A América do Sul é um dos três subcontinentes que formam a América. Ela é constituída por 12 países que apresentam ampla diversidade em termos físicos e humanos.
As ruínas da cidade inca de Machu Picchu é um dos símbolos da América do Sul.
As ruínas da cidade inca de Machu Picchu é um dos símbolos da América do Sul.

A América do Sul é um dos subcontinentes que formam a América. Ela é composta por 12 países que foram colonizados, proritariamente, por portugueses e espanhóis. A população sul-americana é compostada por descendentes de povos indígenas, europeus e africanos, que contribuíram diretamente para a formação das sociedades locais. Atualmente, é uma das regiões mais diversas de todo o globo em termos físicos e humanos.

A geografia desse território é caracterizada pelo clima tropical e pela elevada biodiversidade. Já a economia do subcontinente tem como destaque o setor primário.

O território sul-americano é formado por países de governos presidencialistas que possuem bons laços diplomáticos. Sua cultura está ancorada em tradições indígenas e africanas, além da influência europeia, notadamente na língua e na religião.

Leia também: Quais são os continentes que compõem o mapa-múndi?

Resumo sobre a América do Sul

  • A chegada dos europeus à América do Sul teve início a partir do século XVI, especialmente por meio de forças portuguesas e espanholas.

  • A independência da maior parte dos países da América Latina ocorreu de forma relativamente pacífica ao longo do século XIX.

  • A América do Sul está localizada na porção sul do continente americano. Ela é banhada pelos oceanos Atlântico e Pacífico.

  • Os maiores países em população da América do Sul são Brasil, Colômbia e Argentina. A cidade mais populosa do subcontinente é São Paulo.

  • A economia da América do Sul tem como atividades importantes a agropecuária e o extrativismo.

  • A sociedade sul-americana apresenta um elevado índice de concentração de renda entre as suas populações.

  • A América do Sul é marcada pela influência dos povos indígenas, europeus e africanos nas práticas culturais regionais.

  • O Brasil é a principal potência econômica e política da América do Sul. O território brasileiro faz fronteira com todos os países sul-americanos, com exceção do Chile e Equador.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais sobre a América do Sul

  • Gentílico: sul-americano.

  • Extensão territorial: 17.850.568 quilômetros quadrados.

  • População: 388.000.000 habitantes.

  • Densidade demográfica: 20 habitantes/quilômetro quadrado.

  • Maior país: Brasil.

  • Menor país: Suriname.

  • Idiomas: português, espanhol, guarani, inglês, holandês, francês, aimará, quéchua e línguas indígenas diversas.

  • Países: 12 países.

Leia também: Os 20 maiores países do mundo

Países da América do Sul

PAÍS

CAPITAL

Chile

Santiago

Argentina

Buenos Aires

Uruguai

Montevidéu

Paraguai

Assunção

Brasil

Brasília

Bolívia

La Paz

Peru

Lima

Equador

Quito

Colômbia

Bogotá

Venezuela

Caracas

Guiana

Georgetown

Suriname

Paramaribo

Mapa da América do Sul

Mapa da América do Sul
Fonte: IBGE.

História da América do Sul

A América do Sul era habitada por diversos povos, com destaque para os incas, os chibchas e os guaranis, que sobreviviam de atividades diversas ligadas ao meio natural. A exploração do território da América do Sul iniciou-se por meio da chegada dos desbravadores europeus. O século XVI marcou a chegada dos portugueses e espanhóis, que dominaram a maior parte do subcontinente sul-americano, e também de ingleses, holandeses e franceses.

A colonização da América do Sul pelos europeus se deu por meio do estabelecimento de colônias de exploração. Nesse contexto, destaca-se inicialmente a extração de madeira e minerais. Posteriormente, estabeleceu-se ainda grandes cultivos agrícolas.

A mão de obra indígena era largamente utilizada pelos exploradores europeus, tendo sido mais tarde substituída pela mão de obra africana. Além disso, a região recebeu um grande volume de imigrantes europeus e asiáticos.

A independência da maior parte dos países da América do Sul ocorreu ao longo do século XIX. As nações independentes se tornaram, em sua maioria, democracias republicanas inspiradas nos modelos francês e estadunidense. Mesmo assim, governos ditatoriais ocorreram em diversos países sul-americanos ao longo do século XX. Atualmente, a América do Sul é um subcontinente marcado pela base econômica primária e pela elevada desigualdade social.

Geografia da América do Sul

A América do Sul é, geograficamente, um subcontinente da América. Ela é cortada pela Linha do Equador e pelo Trópico de Capricórnio. A porção sul do continente americano é banhada pelos oceanos Atlântico e Pacífico. A América do Sul possui uma grande diversidade geográfica em razão da sua extensão latitudinal, além da presença de diversos fatores climáticos, que atuam diretamente nos aspectos físicos da região.

No que toca o relevo, a América do Sul é constituída predominantemente por formações de planaltos e montanhas. O Planalto Central e o Planalto das Guianas são formações geomorfológicas importantes. Já a Cordilheira dos Andes é a formação que possui as maiores elevações do continente. Há ainda a presença de grandes planícies e formações serranas que acompanham o litoral leste sul-americano.

Vista da Cordilheira dos Andes
A Cordilheira dos Andes é a principal formação de relevo da América do Sul.

Por sua vez, a rede hidrográfica da América do Sul é bastante densa. Na região, estão localizadas bacias hidrográficas importantes em nível mundial, como as bacias do Amazonas, Orinoco e Paraná. Tradicionalmente, o território recebe grandes volumes de precipitações, fator que implica na ocorrência de rios caudalosos. Os principais rios da América do Sul são Amazonas, São Francisco, Paraná, Paraguai e Uruguai.

O clima da América do Sul é tipicamente tropical. O continente está localizado principalmente ao longo da faixa tropical do globo, característica que gera tipos climáticos como o equatorial e o tropical, assim como as suas variações, como o tropical de altitude. Já o clima subtropical é predominante na porção sul do território americano. Ademais, há no subcontinente a ocorrência pontual de tipos climáticos áridos e frios.

Já a vegetação é formada por uma grande diversidade vegetacional, com destaque para as formações tropicais. A Floresta Amazônica é o principal tipo de vegetação da América do Sul. Além dessa, há grandes porções de vegetação tropical, como o Cerrado e a Mata Atlântica. O território sul-americano também possui manchas vegetacionais de campos, desertos, mangues e restingas.

  • Videoaula sobre a Amazônia

Demografia da América do Sul

A população da América do Sul é etnicamente formada por um conjunto de indivíduos indígenas, europeus e africanos, que contribuíram diretamente para a construção das diversas sociedades do território. Atualmente, estima-se que há cerca de 400 milhões de sul-americanos vivendo nesse subcontinente. Os países mais populosos são Brasil, Colômbia e Argentina. Já as maiores cidades em população da América do Sul são São Paulo, Buenos Aires e Rio de Janeiro.

Em termos demográficos, a população apresentou um crescimento consistente ao longo do século XX, por meio da queda da taxa de mortalidade e aumento do índice de fertilidade. Atualmente, o crescimento populacional da região tem apresentado uma forte tendência de estagnação, em decorrência da maior participação das mulheres no mercado de trabalho e do aumento da expectativa de vida. A América do Sul, apesar do crescente número de migrantes, não é uma zona de imigração importante do globo.

Em termos sociais, os países da América do Sul têm oferecido melhores condições de vida para a sua população. Nesse contexto, destacam-se o índice de desenvolvimento humano elevado do Chile e Uruguai, além do crescimento econômico de vários países, como Bolívia e Paraguai. Porém, a América do Sul é uma das regiões mais desiguais de todo o planeta. As populações sul-americanas enfrentam problemas como violência urbana, desemprego elevado, aumento da inflação e predação dos recursos ambientais.

Leia também: As 20 cidades mais populosas do mundo

Economia da América do Sul

A base econômica da América do Sul está voltada principalmente para o setor primário da economia. Seus países são tradicionalmente grandes produtores e exportadores de matérias-primas. A agropecuária é o destaque da economia da Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Já o extrativismo, especialmente o mineral, é notório na economia da Bolívia, Brasil, Chile e Peru. Os países da região também possuem tradição na exploração de bens florestais diversos.

Por sua vez, o setor secundário ainda é o de menor expressão dentre os países da América do Sul. A distribuição industrial na região está concentrada em países como Argentina e Brasil. A maior parte das indústrias locais estão voltadas para o mercado interno, por meio principalmente da produção de bens de consumo. O Brasil possui o parque industrial mais desenvolvido do subcontinente e exporta para vários países da região.

Já o setor terciário é muito diversificado. Ele está concentrado nas maiores aglomerações urbanas do subcontinente, sendo marcado pelo comércio inter-regional e pela oferta de serviços diversos. A América do Sul é um importante centro de comércio e serviços do hemisfério sul. Porém, a região ainda apresenta elevados níveis de informalidade da sua economia terciária. O turismo constitui uma atividade econômica importante em países como Brasil e Peru.

Infraestrutura da América do Sul

A América do Sul é formada tipicamente por países que apresentam certo grau de dificuldade econômica e elevada desigualdade de renda. Esses fatores interferem na infraestrutura local, que ainda carece de muitos pontos de melhoria, especialmente quando comparada àquela presente nos países desenvolvidos.

Mesmo assim, tem se tornado notória a modernização em termos de infraestrutura e serviços públicos que ocorreu na América do Sul no século atual. A América do Sul vem apresentando investimentos vultuosos em transportes diversos, novas fontes de energia e construção de equipamentos de exploração comercial. Já em relação aos serviços públicos, tem havido certa melhoria da abrangência e da qualidade em áreas como saúde e educação.

Governo da América do Sul

Os governos da América do Sul são formados por sistemas democráticos de poder, notadamente divididos por meio de poderes representativos, a partir da instalação de formas presidencialistas de governo. Os sistemas políticos presentes nos países da América do Sul foram inspirados naqueles existentes em países europeus e americanos.

Há no subcontinente um forte apreço pelas formas democráticas de poder, apesar da ocorrência recente de governos ditatoriais e da ascensão de forças políticas de extrema-direita, que contribuem ativamente para o atraso econômico e social dos países sul-americanos. Ademais, são problemas políticos recorrentes a corrupção sistemática, a perseguição às minorias, a baixa participação feminina, dentre outros, que dificultam o fortalecimento das democracias em âmbito regional.

Leia também: Regimes de governo — os modos como os governantes exercem o seu poder

Cultura da América do Sul

A cultura da América do Sul é fortemente marcada pela influência de indígenas, europeus e africanos, que contribuíram ativamente para o processo de construção das sociedades locais. Os idiomas mais falados na América do Sul são o espanhol e o português. Já a religião predominante se trata de diferentes vertentes do cristianismo. Mesmo assim, ainda há nos países da região forte presença de línguas e religiões de origem indígena e africana.

O subcontinente sul-americano possui muitas tradições culturais, como as diversas festas religiosas. O Carnaval é um evento tradicional em países como Brasil e Colômbia. Na música, destacam-se gêneros como samba, bossa-nova, tango, salsa, funk e reggaeton. Já na culinária, há um amplo consumo de grãos diversos, carnes, leite e derivados, além de frutas tropicais. O esporte mais praticado pela população local é o futebol.

Jogadores da seleção brasileira e argentina em partida da Copa do Mundo.
O futebol é uma paixão dos sul-americanos.[1]

Curiosidades da América do Sul

  • A cidade de La Paz, capital da Bolívia, é considerada a capital federal mais elevada de todo o mundo, com mais de 3.500 metros de altitude.

  • O lago Titicaca, localizado entre a Bolívia e o Peru, é classificado como o lago navegável mais alto do planeta, com cerca de 3.800 metros de altitude.

  • A maior cachoeira em queda de água do mundo, chamada de Salto Angel, está localizada na Venezuela.

  • O Chile e o Equador são os únicos países da América do Sul que não fazem fronteira com o Brasil.

  • O Deserto do Atacama, localizado no Chile, é considerado uma das zonas mais áridas de todo o planeta.

  • A cidade de Ushuaia, situada na Argentina, é o centro urbano mais austral de toda a América do Sul.

  • O Aconcágua, localizado na porção argentina da Cordilheira dos Andes, é a montanha mais alta da América do Sul, com quase 7.000 metros de altitude.

Créditos da imagem

[1] A.RICARDO / Shutterstock

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

A regionalização do continente asiático
Clique aqui e conheça as características da regionalização do continente asiático!
América Anglo-Saxônica
Clique aqui e conheça as principais características históricas, geográficas, econômicas e culturais da América Anglo-Saxônica.
América Central
América Central, características da América Central, problemas enfrentados pelos países da América Central, economia, clima, Estados Unidos da América Central.
América Desenvolvida
América Desenvolvida, O que é América Desenvolvida, Onde está localizada a América Desenvolvida, Quais são os países que fazem parte da América Desenvolvida, As características da América Desenvolvida.
América Latina
Veja quais são as principais características geográficas da América Latina. Leia detalhes sobre a história e a cultura dessa porção do continente americano.
América do Norte
Clique aqui e conheça as características geográficas da América do Norte, bem como os aspectos históricos e culturais dessa importante porção americana.
Continentes
Conheça um pouco mais sobre os continentes do planeta Terra entendendo suas características e conferindo as principais informações sobre eles.
Organizações Humanitárias na África
A atuação dos grupos que visam minimizar os problemas no continente africano.
video icon
Frase "Redação nota 1000 | Desvalorização da ciência e fuga de cérebros no Brasil" escrita ao lado da silhueta de uma mulher de cabelos soltos
Português
Redação nota 1000 | Desvalorização da ciência e fuga de cérebros no Brasil
Quando a ciência não é valorizada em um país, pesquisadores tendem a buscar subsídios além das fronteiras. Nesta videoaula, discutiremos essa importante temática no cenário brasileiro e suas consequências para a sociedade. Fiquem ligados!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Biologia
Transgênicos
Você sabe o que são alimentos transgênicos? Não se engane, eles estão mais presentes do que você imagina!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Química
Alotropia
Não deixe de assistir nossa aula para fixar tudo o que você estudou sobre alotropia!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Filosofia
Batman
Que tal assistir ao vídeo para uma análise ética sobre o herói?