Whatsapp icon Whatsapp

América Latina

A América Latina é um modelo de regionalização do continente americano que inclui questões econômicas, políticas e culturais.
Países da América Latina destacados em globo terrestre.
A América Latina é uma das regiões geográficas mais diversas de todo o mundo.

A América Latina é uma forma de regionalização da América que considera fatores políticos, econômicos e culturais. Ela é formada por 33 nações da América.

Historicamente, essa região era habitada por povos originários, sendo posteriormente ocupada por exploradores europeus, com destaque para portugueses e espanhóis. A região da América Latina é fortemente marcada pela biodiversidade natural e pela presença de vastas jazidas minerais. O setor primário é o principal da economia latino-americana.

Esse território é geograficamente muito diverso, em razão da sua vasta dimensão latitudinal. A população latino-americana tem forte influência indígena, africana e europeia. A cultura local possui aspectos das três matrizes citadas. A desigualdade social ainda é a principal marca das sociedades dessa região.

Leia também: Lista com os países do globo e sua regionalização

Resumo sobre a América Latina

  • A divisão da América Latina é um tipo de regionalização que não considera fatores geográficos físicos, mas sim características humanas, como economia, política e cultura.

  • O território latino-americano compreende desde a Península de Iucatã, passando pelo Ístmo do Panamá e todo o interior da América do Sul, até a chamada Terra do Fogo.

  • O período histórico de colonização da América Latina foi marcado, por parte das metrópoles europeias, pela exploração intensa dos recursos naturais locais.

  • O período mais recente e moderno da América Latina é caracterizado pelo estabelecimento da república e da democracia em diversos países.

  • Os países com maior população absoluta da América Latina são Brasil, México, Colômbia, Argentina, Peru e Venezuela.

  • A América Latina é, economicamente, uma importante exportadora de bens vegetais e animais, além de produtos minerais.

  • O Carnaval no Brasil e o Dia dos Mortos no México são exemplos de importantes manifestações culturais da América Latina.

  • A desigualdade social, que perdura desde a colonização, ainda é a principal característica das sociedades latino-americanas.

Dados gerais da América Latina

Gentílico: latino-americano.

Extensão territorial: 21.060.501 quilômetros quadrados.

População: 586 milhões de habitantes.

Densidade demográfica: 27,8 habitantes/quilômetro quadrado.

Maior país: Brasil.

Menor país: São Cristóvão e Névis.

Idiomas: português, espanhol, guarani, inglês, holandês, francês, aimará, quéchua e línguas indígenas diversas.

Países: 33 países.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Divisão da América Latina

A divisão da América, no geral, é realizada conforme suas características geográficas em três grandes partes ou ainda subcontinentes. São eles: América do Norte, América Central e América do Sul. Portanto, a divisão da América Latina é um tipo de regionalização que não considera fatores geográficos físicos, mas sim características humanas, como economia, política e cultura.

Assim, a divisão da América Latina é baseada em uma formação de 33 países da América, contemplando todas as nações localizadas na América do Sul, na América Central e ainda uma nação situada na América do Norte (México). Por sua vez, os demais países americanos, Canadá e Estados Unidos, formam a chamada América Anglo-Saxônica.

Porém, cabe ressaltar que a regionalização da América Latina em 33 países não é unânime, visto que há diferentes critérios que podem ser utilizados para a classificação de regiões geográficas. Nesse sentido, verifica-se que há regionalizações da América Latina que consideram diferentes países, excetuando-se, por exemplo, nações americanas colonizadas por ingleses e holandeses.

A referida regionalização da América Latina em 33 países, que engloba todas as nações americanas, com exceção de Estados Unidos e Canadá, é a mais comumente utilizada, uma vez que considera não apenas aspectos históricos, como a colonização, mas também variáveis como política, cultura e, principalmente, questões econômicas.

Quais são os países da América Latina?

PAÍS

CAPITAL

LOCALIZAÇÃO

México

Cidade do México

América do Norte

Antígua e Barbuda

Saint John’s

América Central

Bahamas

Nassau

América Central

Barbados

Bridgetown

América Central

Belize

Belmopan

América Central

Costa Rica

São José

América Central

Cuba

Havana

América Central

Dominica

Roseau

América Central

El Salvador

São Salvador

América Central

Granada

Saint George’s

América Central

Guatemala

Cidade da Guatemala

América Central

Haiti

Porto Príncipe

América Central

Honduras

Tegucigalpa

América Central

Jamaica

Kingston

América Central

Nicarágua

Manágua

América Central

Panamá

Cidade do Panamá

América Central

República Dominicana

Santo Domingo

América Central

Santa Lúcia

Castries

América Central

São Cristóvão e Névis

Basseterre

América Central

São Vicente e Granadinas

Kingstown

América Central

Trinidad e Tobago

Porto Espanha

América Central

Chile

Santiago

América do Sul

Argentina

Buenos Aires

América do Sul

Uruguai

Montevidéu

América do Sul

Paraguai

Assunção

América do Sul

Brasil

Brasília

América do Sul

Bolívia

La Paz

América do Sul

Peru

Lima

América do Sul

Equador

Quito

América do Sul

Colômbia

Bogotá

América do Sul

Venezuela

Caracas

América do Sul

Guiana

Georgetown

América do Sul

Suriname

Paramaribo

América do Sul

História da América Latina

Historicamente, a América Latina era habitada por povos originários diversos, que praticavam atividades de subsistência como a caça e a pesca. Alguns desses povos, como maias, astecas e incas, eram extremamente organizados socialmente. Porém, com a chegada dos exploradores europeus, com destaque para portugueses e espanhóis, além de ingleses, holandeses e franceses, o território latino-americano foi amplamente ocupado, sendo os povos originários, em sua maior parte, dizimados.

Vista aérea de Machu Picchu.
A cidade de Machu Picchu foi um importante centro dos povos originários latino-americanos.

O período histórico de colonização da América Latina foi marcado, por parte das metrópoles europeias, pela exploração intensa dos recursos naturais locais, muitas vezes utilizando mão de obra indígena e escrava. A exploração de madeira, ouro, prata, entre outros recursos vegetais e minerais, durou todo o período de colonização latino-americana, contribuindo ativamente para o desenvolvimento econômico e político local. Nesse mesmo período, o povoamento expandiu-se para o interior, com a fundação de muitas cidades.

Além disso, diversas insurreições em torno de processos de ideais de autonomia levaram à independência da maior parte das antigas colônias latino-americanas. Porém, mesmo assim existem na atualidade diversos territórios dominados por outras nações, especialmente no Caribe. A independência dos países da América Latina contribuiu para o desenvolvimento regional e para o estabelecimento de um comércio local, amplamente baseado na produção de matérias-primas, que continua até os dias atuais.

O período mais recente da América Latina é marcado pelo estabelecimento da república e da democracia em diversos países, apesar da ascensão de governos ditatoriais locais, alguns dos quais perduram até os dias atuais. Houve também maior integração da América Latina ao mercado global, principalmente por causa da participação das nações latino-americanas em organismos internacionais. Porém, apesar do relativo desenvolvimento econômico, ainda persiste na América Latina atual a elevada desigualdade social.

Leia também: Os 10 países mais pobres do mundo

Etimologia de América Latina

O nome do continente América foi uma homenagem ao navegador italiano Américo Vespúcio (1454-1512), que participou ativamente dos processos exploratórios do chamado “Novo Mundo”. Por sua vez, a designação Latina é uma referência às línguas de origem latina faladas amplamente em âmbito regional, com destaque para o espanhol e o português.

Geografia da América Latina

A América Latina é uma região global formada por um total de 33 países que possuem grande diversidade geográfica. Esse território está distribuído por diversas latitudes, contemplando assim diferentes tipos de climas e vegetação, além de outras características geográficas. A América Latina compreende desde o território do México, ainda na América do Norte, até o extremo sul da América do Sul, entre Argentina e Chile.

O território latino-americano é formado desde a Península de Iucatã, passando pelo Ístmo do Panamá e todo o interior da América do Sul, até a chamada Terra do Fogo. Além dessa porção territorial denominada continental, a América Latina possui ainda diversas nações insulares, com destaque para as ilhas do Caribe que formam as chamadas Grandes Antilhas e Pequenas Antilhas. A América Latina é banhada pelos oceanos Pacífico e Atlântico e ainda pelo mar do Caribe.

Em termos geomorfológicos, a América Latina possui grandes cadeias montanhosas, especialmente na sua porção oeste, com destaque para a Cordilheira dos Andes, maior formação de relevo dessa região. A maior parte da porção oeste latino-americana é bastante suscetível a eventos como terremotos e vulcões. São outras cadeias de relevo expressivas da América Latina: Planalto do México, Planalto das Guianas e Planalto Central.

Vista da Cordilheira dos Andes.
A Cordilheira dos Andes é a mais importante formação geomorfológica da América Latina.

Já o cenário hidrogeográfico da América Latina é marcado pela presença de grandes fontes de água. Os principais rios dessa região são: Amazonas, Negro, Solimões, Orinoco, Paraguai, Uruguai, Paraná e Prata. Há ainda grandes reservas de água em forma de geleiras nas áreas montanhosas. Na América Latina também há zonas com grande escassez hídrica, com destaque para o deserto do Atacama e a Caatinga do Brasil.

O clima da América Latina é bastante diverso, mas no geral predominam tipologias tropicais. Essa região está situada, em sua maior parte, na zona intertropical do globo, com tipos climáticos tipicamente tropicais e equatoriais, além de variações como o tropical de altitude, tropical semiárido e subtropical. Já nas áreas mais montanhosas da América Latina, especialmente na sua porção oeste, predomina o clima frio de montanha e o mediterrâneo.

Por fim, a vegetação da América Latina é formada principalmente por florestas tropicais, como a Floresta Amazônica e a Mata Atlântica. A flora, assim como a fauna da região, é fortemente marcada pela grande diversidade de espécies. São outras formações vegetais da América Latina as estepes e pradarias, como os campos sulinos brasileiros; vegetações semiáridas, como as desérticas e as savanas; além da Caatinga e do Cerrado no Brasil.

Mapa da América Latina

Mapa da América Latina

Demografia da América Latina

A América Latina possui cerca de meio bilhão de habitantes, número que corresponde apenas a uma pequena parte da população mundial, a qual está amplamente concentrada nos países mais populosos dessa região. Os países com maior população absoluta da América Latina são Brasil, México, Colômbia, Argentina, Peru e Venezuela. Essa região possui também cidades com grande volume de habitantes, como São Paulo, Cidade do México, Rio de Janeiro, Buenos Aires e Lima.

Tradicionalmente, a América Latina recebe um grande fluxo de imigrantes, especialmente no contexto de colonização e de independência das nações dessa região. Porém, principalmente em razão de questões sociais, como o desemprego e a violência, a América Latina registra um grande volume de emigrantes, principalmente em direção a países mais desenvolvidos, como, por exemplo, Estados Unidos, Canadá, Espanha e Portugal, além de outras nações europeias.

A população da América Latina segue, demograficamente, a tendência mundial de envelhecimento populacional. A região vivenciou nas últimas décadas, no geral, queda da taxa de natalidade e aumento da longevidade local. Assim, a população latino-americana tem ficado cada vez mais envelhecida, com destaque para países como Chile, Brasil e México, afetando inclusive o mercado de trabalho em algumas nações, como Uruguai e Argentina.

Leia também: Quais países são considerados subdesenvolvidos?

Economia da América Latina

A economia da América Latina, tradicionalmente, tem uma forte base primária, voltada para a produção de matérias-primas. A região é uma importante exportadora de bens vegetais e animais, além de produtos minerais, sendo fundamental para o abastecimento de outras regiões do globo, inclusive com produtos alimentícios diversos.

O setor primário da economia latino-americana, essencial para a maior parte dos países locais, baseia-se na produção agropecuária e na mineração. Logo, ressalta-se a produção de frutas tropicais, café, cana-de-açúcar, milho, soja, produtos como carnes de boi e de frango, além de minérios como ferro, ouro, prata, petróleo e gás natural.

Homem colhendo café em plantação.
A América Latina é uma grande produtora de café.

Por sua vez, o setor secundário local é caracterizado pela concentração industrial, além da diminuta produtividade. São indústrias tradicionais locais as fabricantes de alimentos, bebidas, roupas, móveis, papéis, máquinas e equipamentos etc. Os países mais industrializados da América Latina são Argentina, Brasil e México.

Já o setor terciário é caracterizado pela forte presença do comércio, apesar da grande informalidade. O setor de serviços é dominante nas principais metrópoles nacionais. Há, na América Latina, centros de compras importantes que abastecem o mercado interno local. O turismo também possui grande importância para a economia de países como México, Peru e as nações caribenhas.

A América Latina é formada pelos chamados países em desenvolvimento, ou seja, que ainda apresentam graves problemas econômicos e sociais. Mesmo assim, há alguns países com melhores condições econômicas, como Brasil, Chile, México e Uruguai. A desigualdade social é a principal característica das sociedades latino-americanas.

Infraestrutura da América Latina

A infraestrutura da América Latina, apesar de uma relativa melhora e modernização nas últimas décadas, ainda é considerada bastante insatisfatória. Esse cenário é inclusive frequentemente apontado como um dos empecilhos para o crescimento regional. Há graves deficiências especialmente em termos de transportes e serviços.

O abastecimento energético da América Latina possui forte base nas energias renováveis, com destaque para a hidráulica, além de certa presença de fontes fósseis como o gás natural e o petróleo. Nos últimos anos, houve um forte investimento em fontes como solar e eólica em nações como Brasil, Costa Rica e Uruguai.

Já em termos de transporte, a América Latina é baseada no transporte rodoviário, além de centros importantes de translado aeronaútico e portuário. O uso de ferrovias ainda é insuficiente nessa região. O Canal do Panamá, situado no país de mesmo nome, é uma importante ligação de transporte e comércio presente na América Latina.

Por sua vez, a oferta de serviços para a população da América Latina é bastante deficiente, com destaque para a baixa qualidade dos sistemas de saúde e educação. No mesmo contexto, o abastecimento de energia, água e saneamento básico é insuficiente na maior parte das nações latino-americanas, como no Haiti, Venezuela e algumas nações caribenhas.

Governo da América Latina

As formas de governo atualmente preponderantes na América Latina são republicanas, baseadas na divisão de poder entre as esferas do Executivo, Legislativo e Judiciário, com formas democráticas de escolha dos representantes. As nações da América Latina têm apresentado nos últimos anos um amadurecimento das suas democracias, com maior apreço pela participação popular e maior respeito aos direitos humanos. Nesse contexto, destacam-se nações como Chile, Costa Rica, Argentina e Uruguai.

Entretanto, ainda permanecem na região formas autoritárias de poder, marcadas pela violência e pela repressão, como na Venezuela e na Nicarágua. No mesmo sentido, nos últimos anos houve um certo aumento do apreço ao autoritarismo na América Latina, como em nações como Brasil e Peru, que representam certa instabilidade ao cenário político e econômico regional.

Leia também: Regimes de governo — o modo como o governante de um país exerce seu poder

Cultura da América Latina

Os aspectos culturais dos povos que formam a América Latina são fortemente marcados pela construção da identidade regional baseada nos chamados povos originários. Logo, a presença desses povos, principalmente indígenas, junto à exploração europeia e à contribuição africana, influenciou ativamente a formação de um cenário cultural bastante diverso, caracterizado pela heterogeneidade de práticas culturais. O cenário cultural atual dessa região é marcado pela ascensão de novas formas de arte e cultura, com forte influência das matrizes indígena e africana.

A região possui grandes quantidades de línguas, religiões e demais manifestações culturais que valorizam as sociedade locais. São exemplos dessa diversidade as festividades como o Carnaval no Brasil e o Dia dos Mortos no México. Outros elementos representativos da cultura da América Latina são a alimentação baseada em alimentos regionais, como o milho, a mandioca e as frutas tropicais, e também os ritmos musicais, como o samba, o axé e o reggae. Em termos de esportes, destaca-se principalmente o futebol, especialmente nos países do sul dessa região.

Curiosidades da América Latina

  • A cidade de La Paz, capital da Bolívia, situada a mais de 3.500 metros de altitude, é considerada a capital nacional mais alta do mundo.

  • A Costa Rica é um dos países latino-americanos que adotaram o pacifismo, logo não possui um exército.

  • O México, principal destino turístico da América Latina, possui o maior número de patrimônios mundiais da humanidade dessa região.

  • A cachoeira Salto Angel, localizada no interior da Venezuela, com quase 1.000 metros de queda de água, é mais alta cachoeira do planeta.

  • A Colômbia, com cerca de 18 datas especiais no seu calendário, é considerada o país com mais feriados no mundo. 

Publicado por Mateus Campos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

América
Clique aqui e saiba quais são os países que fazem parte da América. Conheça as características geográficas, socioculturais e econômicas desse continente.
América Anglo-Saxônica
Clique aqui e conheça as principais características históricas, geográficas, econômicas e culturais da América Anglo-Saxônica.
América Central
América Central, características da América Central, problemas enfrentados pelos países da América Central, economia, clima, Estados Unidos da América Central.
América do Norte
Clique aqui e conheça as características geográficas da América do Norte, bem como os aspectos históricos e culturais dessa importante porção americana.
Continentes
Conheça um pouco mais sobre os continentes do planeta Terra entendendo suas características e conferindo as principais informações sobre eles.
O Subdesenvolvimento na América Latina
O Subdesenvolvimento na América Latina, O que é o Subdesenvolvimento na América Latina, Como ocorreu o Subdesenvolvimento na América Latina, Quais fatores históricos levaram ao Subdesenvolvimento na América Latina.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Número de diagonais de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula do número de diagonais de um polígono convexo e resolveremos questões modelo.