Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia humana
  4. Fontes de Energia
  5. Matriz energética brasileira

Matriz energética brasileira

A matriz energética brasileira representa o conjunto de recursos energéticos (fontes de energia) utilizados no país para suprir sua demanda de energia.

A matriz energética brasileira é bastante diversificada e refere-se ao conjunto de fontes de energia utilizadas para atender à demanda de produção energética do país.

O consumo de fontes de energia não renováveis (fontes que se esgotam com o tempo) é maior que o de fontes renóvaveis (fontes que se renovam na natureza em um curto espaço de tempo). Apesar disso, o Brasil possui uma das matrizes energéticas mais renováveis do mundo.

Leia também: As principais fontes de energia no Brasil

Matriz energética brasileira

Ao contrário da tendência mundial de uso de fontes não renováveis de energia, a matriz energética no Brasil é uma das mais renováveis do mundo industrializado.

Uso de fontes renováveis*

Uso de fontes não renováveis*

Mundo – 14,1%

Mundo – 85,9%

Brasil – 43,5%

Brasil – 56,5%

* Em nações industrializadas

Cerca de 43% da produção de energia no país provém de fontes renováveis, como hidráulica, biomassa (usada na produção de biocombustíveis), etanol (empregado na produção da cana-de-açúcar), além das energias eólica e solar. O uso dessas fontes renováveis de energia tem sido uma alternativa ao uso do petróleo na matriz energética brasileira.

O uso das usinas hidrelétricas para obtenção de energia representa 75% da geração elétrica no Brasil, que conta com 140 usinas operando na geração de energia.

Saiba mais: Biocombustíveis no Brasil

O etanol, derivado da cana-de-açúcar, alcançou, no ano de 2015, a marca de 37 bilhões de litros produzidos. O uso desse biocombustível como alternativa ao uso da gasolina (produzida por meio da queima de combustíveis fósseis) evitou que o país emitisse, nos últimos 30 anos, cerca de 800 milhões de toneladas de gás carbônico à atmosfera.

Segundo o Atlas Eólico Nacional, no que tange à produção de energia eólica em comparação aos países da América Latina e ao Caribe, o Brasil é o que possui maior capacidade de produção de energia por meio dos ventos.

A energia solar é ainda a menos utilizada no Brasil para geração de energia elétrica. Em 2015, apenas 0,01% da energia foi proveniente da geração fotovoltaica.

De acordo com dados da Empresa de Pesquisa Energética, o uso da biomassa representou, em 2015, 8% da produção de energia, sendo, portanto, uma fonte bastante relevante para a matriz energética brasileira.

Por apresentar um grande potencial de uso de fontes renováveis, o Brasil emite menos gases de efeito estufa por habitante do que a maioria das nações no mundo todo. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, no entanto, o país ainda enfrenta obstáculos de ordem econômica e operacional para a expansão do uso de fontes renováveis.

Leia mais: Fontes alternativas de energia

Gráfico da matriz energética brasileira

A matriz energética brasileira é uma das mais renováveis do mundo.
A matriz energética brasileira é uma das mais renováveis do mundo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Vantagens e desvantagens da matriz energética brasileira

A matriz energética brasileira é uma das mais renováveis do mundo, o que é uma grande vantagem se considerarmos que a matriz energética mundial é completamente dependente do uso de combustíveis fósseis.

Apesar disso, o Brasil ainda depende de combustíveis fósseis para geração de energia, o que representa a maior desvantagem da matriz energética brasileira. Existem alguns obstáculos que impedem a expansão da geração de energia por meio de recursos renováveis. A energia eólica, por exemplo, só pode ser produzida em locais em que há bastante movimentação de ar. Já a energia solar é produzida somente no período diurno e em locais de grande insolação. Além disso, são necessários investimentos tecnológicos para que seja viabilizado o maior uso das fontes renováveis.

Outra desvantagem da matriz energética brasileira está relacionada à energia hidráulica. Responsável pela maior produção de energia no país, o uso dessa fonte energética causa grandes impactos socioambientais. A instalação de usinas hidrelétricas modifica o meio ambiente, altera o ciclo biológico dos rios, bem como a vida das famílias que moram próximas às áreas de instalação. Além disso, há alteração dos solos e impactos na biodiversidade aquática dos rios que são utilizados para geração de energia.

Matriz elétrica brasileira

Matriz elétrica representa o conjunto de fontes de energia para produção de energia elétrica, sendo, portanto, uma matriz energética. Boa parte da produção elétrica brasileira é proveniente da energia hidráulica, logo a matriz elétrica do Brasil é também bastante renovável.

Gráfico da matriz elétrica brasileira

A matriz elétrica brasileira é representada, principalmente, pela produção de energia por meio das usinas hidrelétricas.
A matriz elétrica brasileira é representada, principalmente, pela produção de energia por meio das usinas hidrelétricas.

 

Matriz energética mundial

A matriz energética mundial é composta, principalmente, por fontes que não se renovam. No mundo todo, há um intenso uso de combustíveis fósseis, como petróleo, carvão mineral e gás natural, desencadeando o aumento de emissão de gases poluentes à atmosfera. Esses gases são decorrentes da queima desses combustíveis para produção de energia e têm provocado diversos problemas ao meio ambiente, como o efeito estufa, além de mudanças nas condições climáticas do planeta, como o aquecimento global.

As fontes de energia renováveis, como a solar, eólica e geotérmica, representam apenas 1% da matriz energética do mundo. Somadas à energia hidráulica, que também é uma fonte renovável, representam 3% da matriz mundial.

Gráfico da matriz energética mundial

Representação gráfica das fontes de energia utilizadas no mundo para produção de energia.
Representação gráfica das fontes de energia utilizadas no mundo para produção de energia.

A matriz energética do Brasil é composta por fontes de energias renováveis e não renováveis.
A matriz energética do Brasil é composta por fontes de energias renováveis e não renováveis.
Publicado por: Rafaela Sousa
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(FGV-SP) De todo o potencial hidrelétrico brasileiro (258 mil MW de potência), 30% já foram aproveitados. O maior potencial disponível está na Bacia Amazônica (100 mil MW), do qual menos de 1% foi aproveitado. A exploração de boa parte do potencial da bacia tem como fator restritivo:

a) a grande variação do volume de águas nos leitos dos principais rios durante os meses de primavera e verão.

b) a presença de unidades de conservação e de terras indígenas em vários pontos da bacia hidrográfica.

c) a pouca profundidade dos leitos fluviais, o que impede a instalação de turbinas e demais equipamentos.

d) o relevo formado por baixos planaltos geologicamente instáveis que dificultam a construção de barragens.

e) o baixo desenvolvimento econômico e a fraca integração regional, que desestimulam grandes investimentos.

Questão 2

(UPE) Leia a manchete a seguir:

Brasil precisa de investimento em energia limpa.
16/02/2011 - Jornal Folha de São Paulo.

Sobre o assunto tratado, é CORRETO afirmar que:

a) a biomassa, uma energia renovável, é um tipo de energia limpa, desenvolvida por meio de plantações energéticas. No entanto, mesmo quando é produzida de maneira sustentável, emite grande quantidade de carbono à atmosfera.

b) energia limpa é aquela que não emite grande quantidade de poluentes à atmosfera e é produzida com o uso de recursos renováveis, a exemplo de biocombustíveis, como a cana-de- açúcar e as plantas oleaginosas, fontes de energia originadas de produtos vegetais.

c) a Bacia de Campos, no Brasil, possui as maiores reservas de xisto betuminoso, que é considerado uma fonte de energia limpa renovável, inesgotável e que pode ser aproveitada indefinidamente sem causar grandes danos ecológicos.

d) lenha, energia eólica e energia solar, apesar de constituírem-se fontes de energia não renováveis, são consideradas energias limpas e destacam-se por suprirem a maior parte das necessidades brasileiras de eletricidade e por apresentarem uma série de vantagens ambientais.

e) o maior potencial de energia limpa no Brasil está instalado na Bacia do Rio Paraná, onde se localizam grandes reservas de gás natural, um biocombustível avançado de transformação geológica, do qual é possível obterem-se hidrocarbonetos.

Mais Questões
Assuntos relacionados
A energia solar e a energia eólica são exemplos de fontes alternativas de energia, as quais provocam pouco impacto negativo no meio ambiente.
Fontes alternativas de energia
Saiba mais sobre as fontes alternativas de energia. Veja quais são as vantagens do uso de energias alternativas e por que elas causam pouco impacto ao meio ambiente.
Os biocombustíveis se apresentam como alternativa econômica e ambiental
Biocombustíveis no Brasil
Conheça a dinâmica e as características da utilização dos biocombustíveis no Brasil.
O urso polar está sendo afetado pelo degelo das calotas polares
Aquecimento global e a biodiversidade
Entenda a relação entre o aquecimento global e a biodiversidade e conheça alguns exemplos de como as mudanças climáticas podem afetar os seres vivos.
Fontes renováveis de energia são consideradas matrizes alternativas inesgotáveis de energia que provocam menos danos ao meio ambiente.
Fontes renováveis de energia
Aprenda um pouco mais sobre as fontes renováveis de energia, que representam opções alternativas à matriz energética baseada no uso de combustíveis fósseis, utilizada no mundo todo. As fontes renováveis de energia causam menos danos ao meio ambiente, porém seu uso requer tecnologias que o viabilizem.