Whatsapp icon Whatsapp

Sistemas agrícolas

Os sistemas agrícolas correspondem a dois grandes modelos de atividade agropecuária: extensivo e intensivo. Esses modelos se dividem em diferentes práticas agrícolas.
Homem caminhando em uma plantação; os sistemas agrícolas são modelos de produção agropecuária.
A agropecuária é fundamental para o fornecimento de alimentos para a sociedade.

Os sistemas agrícolas são grandes modelos de produção agropecuária classificados em razão de suas características. Esses sistemas são o extensivo e o intensivo. O modelo extensivo, associado à agricultura familiar, produz em pequena escala e com baixo investimento de capital. Já o modelo intensivo, associado à agricultura moderna, usa técnicas modernas de cultivo e profissionais qualificados. O Brasil, atualmente, possui grandes produções agropecuárias modernas, baseadas no sistema intensivo de produção.

Leia também: Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e as questões agrárias do Brasil

Resumo sobre sistemas agrícolas

  • Os sistemas agrícolas são modelos de produção agropecuária que são divididos em dois grupos: extensivo e intensivo.

  • O sistema agrícola extensivo é caracterizado pelo emprego de técnicas e práticas tradicionais de cultivo na produção agropecuária.

  • O sistema agrícola intensivo é caracterizado pelo elevado investimento em capital e em mão de obra qualificada.

  • A agricultura comercial, associada à prática intensiva, também é chamada de agricultura moderna ou agronegócio.

  • A agricultura familiar, associada à prática extensiva, é a base de modelos alternativos, como a agricultura orgânica.

  • A agricultura moderna e o sistema intensivo foram impulsionados especialmente pela chamada Revolução Verde.

  • No Brasil predomina um modelo intensivo, baseado na produção em larga escala, com grande investimento de capital e uso de técnicas modernas de cultivo.

O que são sistemas agrícolas?

Um sistema agrícola é um amplo modelo de produção agropecuária que reúne características de produção da agricultura e da pecuária no meio rural. Esses sistemas são comumente divididos em dois grandes grupos, extensivo e intensivo, conforme as características de sua produção. Os sistemas agrícolas também são classificados em diferentes tipos, mediante os aspectos de cada prática agropecuária.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características dos sistemas agrícolas

As características dos sistemas agrícolas são reunidas em dois grandes grupos: o sistema agrícola extensivo e o sistema agrícola intensivo. O quadro abaixo apresenta as principais características desses dois agrupamentos de sistemas agrícolas:

SISTEMA AGRÍCOLA EXTENSIVO

SISTEMA AGRÍCOLA INTENSIVO

  • Emprego de técnicas e práticas tradicionais de cultivo na produção rural.

  • Uso de ferramentas manuais e tradicionais na produção agropecuária.

  • Aplicação de poucos defensivos agrícolas e uso de métodos naturais de controle de pragas.

  • Baixo investimento em mão de obra externa e em capital produtivo.

  • Pequeno impacto no meio ambiente e na paisagem natural.

  • Aproveitamento de sementes de colheitas anteriores.

  • Baixa competitividade no mercado comercial interno e externo.

  • Utilização de técnicas modernas de cultivo agropecuário.

  • Mecanização intensa dos processos agropecuários.

  • Uso de sementes e mudas geneticamente modificadas.

  • Ampla aplicação de agrotóxicos e outros produtos químicos agrícolas.

  • Elevado investimento em capital e mão de obra qualificada.

  • Taxa de produtividade agrícola considerada elevada.

  • Registro de diversos impactos ambientais nos elementos da natureza, como ar, água e solo.

Veja também: Quais são os tipos de agricultura existentes?

Quais os principais tipos de sistemas agrícolas?

Os dois grandes modelos de sistemas agrícolas, extensivo e intensivo, são comumente divididos em diversos tipos de práticas agropecuárias. Esses tipos, por sua vez, estão mais ligados a determinado sistema, conforme as suas características de produção. Os pontos abaixo apresentam os principais tipos de sistemas agrícolas:

  • Agricultura familiar: esse tipo, comumente associado ao modelo extensivo, é caracterizado pelo emprego de mão de obra familiar, pelo baixo investimento de capital, pelo reduzido uso de defensivos agrícolas e pela pequena mecanização da produção. Ele é muito empregado em pequenas propriedades rurais voltadas para a policultura. A agricultura familiar tem servido como modelo para formas alternativas de produção agrícola de menor impacto ambiental, como a agricultura orgânica e a permacultura.

  • Agricultura comercial: esse tipo, classificado como uma prática intensiva, é caracterizado pelo elevado investimento de capital, pela mecanização dos processos produtivos, pelo uso de diversos defensivos agrícolas e pelo emprego de mão de obra qualificada. Ele é praticado especialmente em grandes propriedades de terra, voltadas para produção em larga escala e do tipo monocultura, com destino ao mercado externo. A agricultura comercial também é chamada de agricultura moderna ou agronegócio.

Máquina fazendo a colheita em uma plantação, característica do sistema agrícola intensivo.
A agricultura moderna é resultado de elevados investimentos em tecnologia.

Sistemas agrícolas no Brasil

O Brasil, devido à diversidade do seu quadro geográfico natural e do seu espaço socioeconômico, reúne os dois modelos de sistemas agrícolas, assim como diversos tipos de produção agropecuária. O início do processo de cultivação de alimentos e criação de animais no país teve como característica o modelo extensivo de produção, baseado na produção agropecuária mais tradicional, com baixo investimento em tecnologia.

Porém, ao longo do século XX, mediante o cenário de modernização da agropecuária global, houve uma mudança no campo brasileiro. A partir de então, tornou-se predominante no Brasil um modelo de sistema intensivo, baseado na produção em larga escala, com grande investimento de capital e uso de técnicas modernas de cultivo. Esse modelo foi impulsionado especialmente pela chamada Revolução Verde, que transformou a forma de produção agropecuária em boa parte do mundo.

Em resposta aos grandes impactos provocados pela produção agropecuária intensiva, surgiram, ao longo das últimas décadas no Brasil, novos tipos de produção alimentar, baseados no menor impacto no ambiente natural. Essas formas, como a agricultura orgânica, a permacultura e a agricultura sintrópica, ainda são praticadas em pequena escala no país, mas representam uma importante alternativa aos impactos ambientais e sociais gerados pela agricultura moderna.

Saiba mais: Principais produtos da agropecuária brasileira

Agricultura moderna e agricultura tradicional: diferença entre sistemas agrícolas

A divisão entre os tipos agricultura moderna e agricultura tradicional está fortemente vinculada aos modelos de sistemas agrícolas extensivo e intensivo. Nesse sentido, temos:

  • Agricultura tradicional: esse tipo, associado ao sistema agrícola extensivo, tem como características a utilização de mão de obra interna, a adoção de técnicas tradicionais de produção, o baixo uso de insumos agrícolas e o reduzido impacto no meio ambiente.

Dois homens trabalhando em uma plantação.
A agricultura tradicional provoca menores impactos no meio ambiente.
  • Agricultura moderna: esse tipo, associado ao sistema agrícola intensivo, tem como características o emprego de mão de obra qualificada, a grande quantidade de insumos e o uso de equipamentos mecanizados e de sementes selecionadas na prática agropecuária.

Exercícios resolvidos sobre sistemas agrícolas

Questão 1 (Unicentro) As bases da produção agrícola são a terra, o trabalho e o capital. A importância de cada um na economia agrícola está relacionada ao grau de desenvolvimento econômico de cada país. Nesse contexto, é correto afirmar que o

a) sistema agrícola mais utilizado nos países centrais é o plantation.

b) sistema de plantation se caracteriza pela policultura, pela produção voltada para o mercado interno e pelo uso de latifúndios de exploração.

c) sistema intensivo manual, denominado de jardinagem, é amplamente utilizado no sudeste asiático.

d) aumento da demanda de gêneros alimentícios, em função do crescimento demográfico mundial, fez da agricultura a atividade econômica mais rentável do planeta.

e) sistema extensivo, no Brasil, só é praticado em larga escala no Paraná, que, por essa razão, se tornou o maior produtor nacional de grãos.

Resolução: Alternativa C

O sistema intensivo, fortemente vinculado à produção monocultora em larga escala, é praticado em diversas regiões do globo, como o modelo de cultivação de arroz presente na região Sudeste da Ásia.

Questão 2 (Fimca 2019) A agricultura representa o maior setor da economia mundial, e ela foi (e é) essencial para o desenvolvimento da sociedade. Há diversas modalidades na agricultura, mas a que mais se destaca é a familiar. Esse tipo de agricultura vem ganhando destaque pela maneira sustentável que relaciona o agronegócio ao meio ambiente.

Disponível em: https://www.terra.com.br/noticias/dino/agriculturafamiliar-a-chave-da-sustentabilidade.

Sobre a agricultura familiar e suas relações como o agronegócio, especificamente no Brasil, é correto afirmar que:

a) Apesar da força que possui a agricultura familiar, as políticas públicas continuam voltadas apenas para os grandes proprietários de terra, protagonistas do agronegócio.

b) Para ser considerada agricultura familiar, o terreno utilizado para o plantio tem que ter entre cinco e cem hectares e pertencer oficialmente a uma mesma família.

c) Embora com grande representatividade nacional, setores como o pecuário (produção de suínos, aves, bovinos) não podem ser considerados como integrantes na agricultura familiar.

d) A agricultura é considerada caracteristicamente familiar quando a mão de obra da família é predominante e a maior parte da renda deste núcleo é obtida através da agropecuária.

e) A agricultura familiar no Brasil já foi, por muitas décadas, a verdadeira produtora de alimentos no país. No entanto, atualmente, cerca de 70% da produção na agropecuária provém do agronegócio estatal.

Resolução: Alternativa D

A agricultura familiar tem forte base no emprego da mão de obra interna, ou seja, do próprio grupo familiar responsável pela propriedade, que, por sua vez, também divide os lucros oriundos da atividade agropecuária.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Agronegócios
Agronegócios, O que é Agronegócio, O que desenvolve o Agronegócio, Quais atividades fazem parte do Agronegócio, A participação econômica do Agronegócios, Onde atua os Agronegócios.
Agropecuária
Clique aqui, saiba quais são as características da agropecuária e conheça os tipos, os impactos e as aplicações da agropecuária no Brasil e no mundo.
Agropecuária no Brasil: principais produtos
Conheça os principais produtos cultivados pela agropecuária no Brasil, as suas áreas produtoras e o papel de suas mercadorias na economia nacional.
As últimas colônias do mundo
As últimas colônias do mundo, Quais são as últimas colônias do mundo, Quais nações detêm território de colônias, Quais são os territórios colônias, O que impede a independência das últimas colônias do mundo.
Espaço rural
Clique aqui, saiba quais são as principais características do espaço rural e entenda como se deu a evolução do espaço rural ao longo do tempo.
Revolução Verde
Saiba mais sobre o processo de modernização da agricultura mundial conhecido como Revolução Verde. Entenda suas vantagens, desvantagens e principais consequências.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Soma dos ângulos externos de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Soma dos ângulos externos de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula da soma dos ângulos externos de um polígono convexo qualquer e como encontrar a medida de cada ângulo externo.