Whatsapp icon Whatsapp

Pandemia de covid-19

A covid-19 é uma pandemia que começou a partir de 2020, causando um grande número de mortes. O Brasil foi um dos países mais atingidos pela doença.
Vista microscópica do coronavírus, vírus causador da pandemia de covid-19.
A pandemia de covid-19 causou milhões de mortes ao redor do mundo.

A pandemia de covid-19 foi a disseminação global de um vírus da família do coronavírus a partir de 2020. O mundo registrou milhões de mortes causadas pela doença, assim como profundas transformações econômicas, sociais e culturais.

A pandemia de covid-19 foi declarada oficialmente no dia 11 de março de 2020 pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Estados Unidos, Índia, França, Alemanha e Brasil foram países que registraram alto número de casos da doença.

Leia também: As cinco piores epidemias da história

Resumo sobre a pandemia de covid-19

  • Os primeiros casos suspeitos, e posteriormente confirmados, de covid-19 foram registrados na China, no final do ano de 2019.

  • A pandemia de covid-19 foi declarada oficialmente no dia 11 de março de 2020 pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

  • Os dados gerais estimados em nível mundial apontam que o referido vírus gerou um total de 6,8 milhões de mortos ao longo dos últimos três anos.

  • Até o final de março de 2023, conforme dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Brasil registrará cerca de 700 mil mortes pela covid-19.

  • As medidas de controle da doença, como os confinamentos, além do desenvolvimento de vacinas, foram cruciais para o controle da doença.

  • A pandemia de covid-19 gerou profundas transformações nos panoramas políticos, econômicos e sanitários do globo.

  • São formas de prevenção da doença a utilização de máscaras de proteção, o isolamento de pessoas infectadas e a adoção de técnicas de higiene pessoal.

O que é covid-19?

A covid-19 é uma infecção respiratória aguda causada pelo coronavírus do tipo SARS-CoV-2. Essa infecção possui a transmissão facilitada, pois é transmitida por meio do contato com pessoas infectadas pelo referido vírus, principalmente pelas gotículas respiratórias. Assim, mediante a facilidade da transmissão, tal vírus tem o potencial de causar grandes surtos ou uma pandemia, como a iniciada em 2020.

Além do tipo clássico de vírus da covid-19, há um conjunto de subvariantes, que tradicionalmente deixam o referido vírus com maior potencial de atuação. Atualmente, a melhor forma de prevenção da infecção pelo covid-19 é por meio da vacinação, que ocorre de forma abrangente no Brasil e em outros países.

Além da vacina, são formas de prevenção da doença a utilização de máscaras de proteção, o isolamento de pessoas infectadas e a adoção de técnicas de higiene pessoal.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História da pandemia de covid-19

A pandemia de covid-19 foi declarada oficialmente no dia 11 de março de 2020 pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A designação pandemia esteve atrelada ao aumento do volume de casos da doença em diversos países, portanto, ao escalonamento geográfico da infecção por covid-19 ao redor do planeta.

Os primeiros casos suspeitos, e posteriormente confirmados, de covid-19 foram registrados na China, no final do ano de 2019, na província local de Hubei. Esses casos, apontados como oriundos de uma pneumonia de origem desconhecida, logo foram identificados como um novo tipo de coronavírus com potencial pandêmico.

O nome desse vírus, SARS-CoV-2, foi adotado em fevereiro de 2020. A partir de então, foram divulgados diversos alertas sanitários ao redor do mundo devido ao aumento do número de casos registrados na China mas também à expansão da contaminação pelo covid-19 em outros países do globo. Assim, mediante o aumento do número de casos e de áreas atingidas, foi declarada a pandemia de covid-19 em março de 2020.

Daí em diante, diversas estratégias sanitárias foram adotadas contra a doença em todo o mundo, com destaque para o confinamento da população, a testagem em massa, o uso de máscara e outros equipamentos de proteção individual. Mesmo assim, a referida pandemia atingiu números impressionantes, tanto de casos quanto de mortes, com destaque para países como Estados Unidos, Brasil, México, Índia, China, Itália e Irã.

Com o desenvolvimento e a aplicação de vacinas, iniciada em meados de dezembro de 2020, a mortandade causada pelo vírus começou a diminuir, especialmente nos grupos de risco, como os formados por pessoas idosas ou com comorbidades. A diminuição do número de mortes da população global, com o avanço da vacinação, permitiu o relaxamento das medidas de contenção do vírus, como os confinamentos em massa. Contudo, medidas sanitárias e de proteção individual ainda são necessárias para o combate ao vírus.

Leia também: Gripe espanhola — a pandemia do início do séc. XX que matou 50 milhões de pessoas

A pandemia de covid-19 no mundo

Os primeiros casos confirmados de covid-19 em nível global foram registrados na China, no início de 2020, sendo que, logo em seguida, o vírus iniciou uma expansão em termos geográficos. Em um primeiro momento, essa expansão se deu para os países próximos do epicentro da doença e, logo em seguida, para diversas outras localidades do mundo.

Sendo assim, os países mais atingidos primeiramente estavam localizados na Ásia, com destaque para China e Irã, até que, com o avanço do vírus para outros continentes, milhares de casos e mortes foram registrados em nações como Estados Unidos, Itália e Brasil.

Ao longo dos três anos de pandemia, a Europa, a América e a Ásia foram os continentes que mais registraram casos da doença. Esse cenário permitiu avaliar que essas regiões possuem maior capacidade de testagem de doentes e são as que estão mais avançadas na vacinação.

Já em continentes como África e Oceania, além de partes da Ásia e da América, os dados relativos à pandemia não são tão confiáveis em razão da ausência de testes e de ingerência sanitária em nível regional.

Atualmente, os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que os países com maior registro de casos da covid-19 são:

  • Estados Unidos;

  • Índia;

  • França;

  • Alemanha;

  • Brasil;

  • Coreia do Sul;

  • Japão;

  • Itália;

  • Reino Unido;

  • França.

Pessoa hospitalizada em decorrência da covid-19 recebendo atendimento de dois profissionais da saúde com roupas de proteção.
Os Estados Unidos são o país com o maior número de mortes pela covid-19.

A pandemia de covid-19 no Brasil

O Brasil foi um dos países mais atingidos pela pandemia de covid-19. O número expressivo de casos e mortes da doença assustou a população do país, especialmente durante o auge da doença, sendo necessários o confinamento da população e a utilização de equipamentos de proteção individual.

O país foi um dos mais criticados internacionalmente em razão da ingerência de saúde pública durante a pandemia de covid-19, devido, em especial, à precária estrutura hospitalar, à disseminação de notícias falsas, à demora na compra de insumos e vacinas, à ausência de políticas públicas de prevenção do vírus, entre outras medidas que, segundo especialistas, deveriam ser tomadas para diminuir a taxa de mortalidade local.

Com o avanço da vacinação e o arrefecimento de casos, a pandemia de covid-19 encontra-se atualmente controlada no país, que adotou recentemente novas políticas de controle e prevenção da doença assim como a promoção de vacinação e testagem em massa da sua população. Os dados abaixo, copilados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), apresentam um panorama da pandemia de 2020 até 2023:

Quais foram os efeitos da pandemia de covid-19?

A pandemia de covid-19 gerou profundas transformações nos panoramas políticos, econômicos e sanitários do globo. As mudanças advindas desse momento resultaram em profundas transformações sociais assim como tiveram amplo impacto em questões globais, como trabalho, educação, saúde e renda. São efeitos da pandemia de covid-19:

  • A ampliação dos hábitos gerais de higiene da população, como a lavagem das mãos e o uso de máscaras.

  • A promoção de novas formas de trabalho, como o trabalho remoto, e de educação, como o ensino híbrido.

  • A queda dos indicadores econômicos, especialmente o de geração de riquezas, em razão dos confinamentos.

  • O aprofundamento da desigualdade social no mundo perante a dificuldade de acesso aos medicamentos e aos alimentos.

  • O avanço no desenvolvimento de pesquisas, vacinas e medicamentos nas áreas ligadas às ciências da saúde.

  • O impacto nos padrões demográficos dos países, como a taxa de longevidade, em razão do grande volume de mortos.

Mulher com máscara de proteção facial, uma forma de proteção contra a covid-19.
O uso de máscaras foi uma das mudanças culturais ocasionadas pela covid-19.

Mortes da covid-19

Os dados gerais estimados da pandemia de covid-19 em nível mundial apontam que o referido vírus gerou um total de 6,8 milhões de mortos. Esse número é bastante expressivo e reflete a gravidade da doença, especialmente no período anterior à vacinação, quando a letalidade da covid-19 era bem maior, especialmente nos grupos de risco.

O continente americano, com destaque para Estados Unidos e Brasil, registrou o maior número de mortes da doença. Também destaca-se o expressivo volume de mortos em países da Europa e da Ásia. Atualmente, conforme dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), o Brasil registra cerca de 700 mil mortes pela covid-19.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

As piores epidemias da história
Clique aqui e conheça cinco casos de epidemias ou pandemias que aconteceram na história humana. Saiba sobre o surgimento e o saldo de vítimas de cada um deles.
COVID-19
Amplie seus conhecimentos sobre a COVID-19 aprendendo mais a respeito dos seus sintomas, formas de transmissão, tratamento e prevenção.
Coronavírus
Entenda o que são os coronavírus, conheça quais sintomas eles provocam e saiba mais sobre as síndromes respiratórias graves desencadeadas por eles.
Diferenças entre COVID-19, gripe e resfriado
Descubra as principais diferenças entre COVID-19, gripe e resfriado clicando aqui! Neste texto abordaremos os principais sintomas de cada uma dessas doenças.
Epidemia
Entenda quando ocorre uma epidemia e conheça alguns fatores que podem resultar no aumento exagerado de ocorrências de uma determinada doença.
Pandemia
Você sabe o que é pandemia? Entenda a definição desse termo e conheça as principais pandemias da atualidade!
Segunda onda de covid-19 no Brasil
Clique aqui e tire suas dúvidas a respeito da segunda onda de covid-19 no Brasil. Entenda o que é a segunda onda e como controlá-la.
Variante delta da covid-19
Amplie seus conhecimentos sobre a variante delta, uma variante do vírus da covid-19 que tem causado grande preocupação devido à sua capacidade de transmissão.
video icon
Professora ao lado do texto"Verbos dicendi".
Português
Verbos dicendi
Dizer, falar, gritar, responder são verbos dicendi, ou seja, palavras que apresentam a maneira pela qual uma pessoa se expressa. Assista a esta videoaula para aprender um pouco mais sobre essa classificação!