Whatsapp icon Whatsapp

Rio Branco

Rio Branco é a capital estadual mais ocidental do Brasil. Está localizada no Acre, na região Norte brasileira, sendo a maior cidade em população do estado.
A cidade de Rio Branco é o principal centro político, econômico e demográfico do estado do Acre.
A cidade de Rio Branco é o principal centro político, econômico e demográfico do estado do Acre.

Rio Branco é a capital do estado do Acre. A cidade está localizada na porção norte do país, sendo geograficamente caracterizada por elementos naturais como o relevo plano, o clima Equatorial e a vegetação amazônica. Historicamente, foi fundada por meio da ocupação do território do Acre, principalmente em razão do desenvolvimento da produção de borracha no estado. A cidade recebeu muitos imigrantes nordestinos, além de contar com uma grande população indígena, sendo a maior cidade em termos populacionais do Acre.

O governo municipal segue a lógica administrativa empreendida na divisão dos Três Poderes. A economia de Rio Branco está ancorada na administração pública e na exploração florestal. A sua infraestrutura urbana é bem consolidada, em termos de transporte e comunicação, porém é um município marcado pelas disparidades sociais. Já no que toca à cultura, é nítida a influência indígena, mas também das diversas correntes migratórias que contribuíram para a construção da cidade.

Leia também: Quais são as capitais dos estados do Brasil?

Dados gerais do Acre

Localização

  • País: Brasil

  • Unidade federativa: Acre

  • Região intermediária: Rio Branco

  • Região imediata: Rio Branco

  • Região metropolitana: Não há.

  • Municípios limítrofes: Bujari, Capixaba, Porto Acre, Senador Guiomard, Sena Madureira e Xapuri.

Geografia

  • Área total: 8.834,942 quilômetros quadrados

  • População total: 413.418 habitantes

  • Densidade demográfica: 46,8 habitantes/quilômetro quadrado

  • Gentílico: rio-branquense

  • Clima: Equatorial

  • Altitude: 153 metros

  • Fuso horário: UTC -5

Histórico

  • Fundação: 28 de dezembro de 1882

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História de Rio Branco

A região da cidade de Rio Branco, assim como todo o estado do Acre, era habitada por índios nativos que sobreviviam de atividades como a caça e a pesca. A partir do processo de ocupação da fronteira oeste do território brasileiro, mais especificamente por meio da imigração de nordestinos, um pequeno povoado foi consolidado na área da atual cidade de Rio Branco. O motor para o processo de desenvolvimento da cidade foi a extração do látex, por meio da exploração de seringueiras, árvores típicas das formações florestais equatoriais do estado.

O crescimento urbano da cidade de Rio Branco gerou a ocupação das duas margens do rio Acre. O antigo povoado foi denominado Penápolis, em homenagem ao presidente brasileiro Afonso Pena (1847-1909), no ano de 1909. No entanto, em 1912, o nome da cidade foi alterado para Rio Branco, como uma homenagem ao Barão de Rio Branco (1845-1912), diplomata responsável pela regularização das fronteiras brasileiras, inclusive pela anexação do estado do Acre ao território do Brasil.

A cidade de Rio Branco foi elevada à capital do Acre em 1920, quando o atual estado era ainda um território do Brasil, sendo oficialmente elevado à categoria de estado em 1962.

Veja também: Chico Mendes – figura histórica de grande renome do Acre

Geografia de Rio Branco

A cidade de Rio Branco está localizada na porção sudeste do Acre, estado da região Norte do Brasil. No que toca à totalidade do território brasileiro, é a capital mais ocidental do Brasil, estando localizada nas proximidades da fronteira oeste do país com a Bolívia.

A cidade está situada em uma área de relevo plano, formada por planícies fluviais, a partir da ocupação das margens do rio Acre, o principal curso de água do município. Justamente pela sua localização, e também pela sua caracterização geomorfológica, tipicamente plana, Rio Branco é sazonalmente atingida pelas cheias do rio Acre, nos períodos de maior precipitação da região, notadamente entre os meses de dezembro e março.

O clima de Rio Branco é Equatorial, marcado pelas altas temperaturas e pelo grande volume de chuvas. No entanto, a cidade apresenta uma temperatura média anual menor quando comparada às demais capitais nortistas do Brasil, em razão da sua localização mais austral e também do fenômeno da friagem, caracterizado pela atuação de massas de ar frias na região durante os meses de inverno.

No que toca à vegetação, a cidade está totalmente localizada na Floresta Amazônica, bioma que ocupa todo o estado do Acre e é marcado pela grande biodiversidade. A cidade de Rio Branco ainda apresenta trechos de vegetação nativa, apesar do crescimento urbano e da exploração florestal.

Mapa de Rio Branco

Mapa do Acre com destaque em Rio Branco.
Mapa do Acre com destaque em Rio Branco.

Demografia de Rio Branco

A cidade de Rio Branco possui uma população de cerca de 400 mil habitantes, sendo a maior cidade em população do Acre, concentrando aproximadamente metade do volume populacional do estado. A elevada concentração demográfica na região da capital se dá em razão de questões políticas e econômicas. A cidade de Rio Branco foi o primeiro núcleo urbano do território acriano e polariza as principais atividades econômicas do estado.

A população local foi formada, em especial, por meio da imigração de nordestinos, principalmente durante o ciclo da borracha. Os indígenas e os descendentes de europeus e africanos também compõem a população local. A religião mais praticada é o cristianismo, com destaque para o catolicismo e o protestantismo.

Nas últimas décadas, a cidade continua apresentando dados demográficos em crescimento, principalmente por meio da imigração interna estadual e também pelas taxas positivas de fecundidade. Ademais, a capital estadual também apresentou, nos últimos anos, melhora dos seus indicadores sociais e econômicos. Apesar disso, ainda é um centro urbano caracterizado pela alta taxa de desigualdade de renda entre a população e pelos elevados índices de violência urbana.

Economia de Rio Branco

A economia da cidade de Rio Branco está concentrada nos setores primário e terciário, com destaque para o extrativismo florestal e a administração pública. No que toca ao setor primário, destacam-se as atividades relacionadas à agricultura de subsistência, à piscicultura e à exploração florestal, como a coleta de castanha e a extração de látex. A exploração madeireira também ocorre na zona rural da cidade.

Por sua vez, o setor terciário é marcado pela administração pública, uma vez que Rio Branco concentra a maior parte dos serviços administrativos públicos do estado do Acre. O comércio e os serviços também são atividades de destaque, sendo que o município é o principal centro comercial acriano. Já o setor secundário é praticamente inexistente, já que a cidade possui poucas indústrias, a maior parte voltada para o beneficiamento de produtos primários.

Infraestrutura de Rio Branco

A cidade de Rio Branco é o principal centro comercial, logístico e de serviços do estado do Acre. Dessa maneira, apresenta os principais equipamentos de transporte e comunicação do estado, como o Aeroporto Internacional de Rio Branco, importante estrutura aeroviária do extremo oeste do Brasil.

Ademais, a cidade possui redes de transporte rodoviário e hidroviário. As ciclovias estão presentes na maior parte do território urbano de Rio Branco, sendo que o deslocamento com o uso de bicicletas é muito utilizado pelos habitantes da cidade. A capital acriana, ainda, concentra a maior parte das redes de comunicação e os principais jornais e emissoras de televisão estaduais.

No que toca aos serviços públicos, a cidade conta com os mais importantes equipamentos de saúde e educação do Acre, entre equipamentos públicos e privados. No ramo da educação, destaca-se a Universidade Federal do Acre, principal centro de formação superior do estado. Em termos administrativos, a cidade está dividida em sete regionais, formadas pelos bairros rio-branquenses.

Governo de Rio Branco

A estrutura governamental da cidade de Rio Branco é formada com base na divisão de Três Poderes, conforme a administração política e constitucional do Brasil. Dessa maneira, a cidade conta com a figura do prefeito como principal ator público do Poder Executivo municipal. Já no caso do Legislativo, a Câmara de Vereadores de Rio Branco é formada por 17 representantes. Há, ainda, o Poder Judiciário local.

Foto do Palácio Rio Branco, um prédio, com um chafariz à sua frente, rodeado de coqueiros em uma praça.
O Palácio Rio Branco, localizado na cidade de Rio Branco, é um prédio que sedia atividades públicas em nível estadual no Acre.

Cultura de Rio Branco

A cidade de Rio Branco possui um cenário cultural muito rico, formado pela junção de influências indígenas, africanas, europeias e também da população nordestina brasileira. Dessa maneira, a cidade apresenta festivais que valorizam a cultura local, como as procissões religiosas, as Festas Juninas e as manifestações folclóricas indígenas. A cidade possui, além disso, equipamentos culturais como museus e bibliotecas.

No mais, a cultura de Rio Branco representa todo o estado do Acre, em razão da influência municipal em todo o estado e da trajetória histórica da cidade. São pontos turísticos de Rio Branco:

  • a Gameleira, árvore que marca o início do povoamento da cidade;

  • o Museu da Borracha, que apresenta elementos históricos de um dos principais produtos florestais da região;

  • o Palácio Rio Branco, exemplar das construções históricas da cidade.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Acre
Saiba mais sobre o Acre. Leia sobre a sua história e veja de que forma é composta a cultura da região. Conheça os principais aspectos geográficos do estado.
Bandeira de Belém.
Belém
Saiba mais sobre as principais características do território belemense. Leia sobre a história de fundação de Belém e a sua importância para o ciclo da borracha.
Bandeira de Boa Vista.
Boa Vista
Conheça a história de fundação e desenvolvimento urbano de Boa Vista. Veja os principais dados geográficos, demográficos e econômicos da capital roraimense.
Brasília
Conheça as principais características naturais e humanas da capital do Brasil. Saiba mais sobre a cidade brasileira que é Patrimônio Cultural da Humanidade.
Capitais do Brasil
Quais são as capitais mais ricas do Brasil? E as mais populosas? Conheça as capitais dos estados e leia a história dos municípios que foram sede do governo federal.
Cidade de São Paulo
Clique aqui e saiba mais sobre a cidade de São Paulo. Conheça seus principais aspectos geográficos, economia, população e um pouco da cultura da capital paulista.
Bandeira de Palmas.
Palmas
Saiba mais sobre a história da construção de Palmas. Entenda a relação da cidade com a fundação do estado de Tocantins. Veja os principais dados geográficos locais.
Bandeira de Porto Velho.
Porto Velho
Saiba mais sobre a história de Porto Velho. Leia sobre os principais aspectos físicos do município e veja também dados da demografia e da economia local.
Região Norte
Clique para saber mais sobre a Região Norte. Conheça os estados dessa região e suas características geográficas mais importantes.
video icon
Química
Entalpia ou calor de formação
Entalpia ou calor de formação é a quantidade de calor liberada ou absorvida para formar-se 1 mol de uma substância, com base em seus elementos constituintes, na forma de substâncias simples, no estado padrão, a 25 °C.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.