Cidade de São Paulo

A cidade de São Paulo é a capital do estado de mesmo nome e sede da Região Metropolitana de São Paulo. A capital paulista possui 12 milhões de habitantes, sendo a mais populosa do Brasil. Está inserida no bioma Mata Atlântica, tendo clima predominantemente Subtropical Úmido. O tempo, entretanto, pode sofrer bruscas variações durante o dia.

O município é considerado uma cidade global em função do seu dinamismo econômico e dos serviços de que dispõe, sobretudo no que diz respeito às redes de transporte e de comunicação. São Paulo apresenta, entretanto, muitos desafios estruturais característicos de grandes metrópoles.

Leia também: Qual a diferença entre cidade e município?

Dados gerais da cidade de São Paulo

  • Gentílico: paulistano
  • Localização: estado de São Paulo
  • País: Brasil
  • Unidade Federativa: São Paulo
  • Região metropolitana: município sede da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP)
  • Divisão administrativa: subprefeituras, distritos e bairros
  • Municípios limítrofes: Mairiporã, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Ferraz de Vasconcelos, Mauá, Santo André, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo, Diadema, São Vicente, Itanhaém, Juquitiba, Embu-Guaçu, Itapecerica da Serra, Embu, Taboão da Serra, Osasco, Santana de Parnaíba, Cajamar, Caieiras.

Dados geográficos da cidade de São Paulo

    • Área total: 1.521,110 km²
    • População total: 12.325.232 (IBGE, 2020)
    • Densidade demográfica: 7.398,26 hab/km² (IBGE, 2010)
    • Clima: Subtropical Úmido
    • Altitude: 760,2 metros
    • Fuso horário: GMT -3 horas (horário de Brasília)
    • IDH: 0,73
    • PIB: R$ 714.683.362.460
    • PIB per capita: R$ 58.691,90
    • Fundação: 25 de janeiro de 1554

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

História da cidade de São Paulo

A fundação da cidade de São Paulo aconteceu no local conhecido como Pátio do Colégio, no dia 25 de janeiro de 1554. A edificação foi construída pela missão jesuítica liderada pelos padres José de Anchieta e Manuel da Nóbrega, com a intenção de catequizar as populações indígenas que viviam na região.

A cidade foi, aos poucos, ganhando centralidade econômica e política na região e tornou-se capital da província em 1815. A intensificação dos fluxos de migrantes e do desenvolvimento econômico de São Paulo aconteceu, principalmente, durante o ciclo do café. O avanço da industrialização, juntamente do fenômeno da urbanização, foi consolidando o papel da cidade na economia regional e nacional, chegando, atualmente, à classificação de cidade global.

Geografia da cidade de São Paulo

A cidade de São Paulo abriga a sede do governo do estado, localizado na região Sudeste. São Paulo possui atualmente área de 1.521,110 km², sendo a 9ª em extensão do estado. O município é considerado sede da Região Metropolitana de São Paulo, composta, no total, por 39 cidades e mais de 20 milhões de habitantes.

De acordo com a classificação do IBGE, a capital paulista é considerada uma grande metrópole nacional. Em função dos serviços que concentra em setores variados e do dinamismo econômico, São Paulo é também classificada como cidade global.

O clima predominante é o Subtropical Úmido, caracterizado pelas temperaturas amenas, com média de 22 ºC, e chuvas bem distribuídas ao longo do ano. O município, entretanto, apresenta algumas particularidades com relação ao tempo.

A amplitude térmica diária é bastante elevada, podendo apresentar temperaturas muito baixas, nos períodos da manhã e noite, e atingir rapidamente valores máximos durante o dia. O fenômeno conhecido como ilha de calor, característico dos grandes centros urbanos, ajuda-nos na compreensão dessas variações.

O município está inserido no bioma Mata Atlântica. Um estudo recente|1| sobre a cobertura vegetal de São Paulo mostra que 48,18% da sua área possuem algum tipo de vegetação, e que 43,66% da cobertura correspondem à vegetação natural. As principais formações são floresta, campos naturais, brejo e vegetação de várzea.

São Paulo encontra-se numa área em que há a predominância de planaltos. As formações encontradas no município são morros, serras e planícies. O ponto mais elevado da cidade é o Pico do Jaraguá, na Serra da Cantareira, com 1.135 metros.

Vista da cidade de São Paulo do seu ponto mais alto, o Pico do Jaraguá.
Vista da cidade de São Paulo do seu ponto mais alto, o Pico do Jaraguá.

Os principais rios que cortam a cidade são:

  • Tietê
  • Pinheiros
  • Embu-Guaçu
  • Aricanduva
  • Tamanduateí

Duas importantes represas encontram-se parcialmente no território paulistano: Cantareira e Bilings.

Veja também: O que são megacidades?

Mapa da cidade de São Paulo

Mapa de São Paulo e municípios vizinhos.
Mapa de São Paulo e municípios vizinhos.

Demografia da cidade de São Paulo

A cidade de São Paulo possui 12.325.232 habitantes, constituindo a cidade mais povoada do Brasil. Considerando-se os dados do último censo, a densidade demográfica do município é de 7.398,26 hab/km², o que o coloca em primeiro lugar entre os mais povoados. A taxa de crescimento populacional tem diminuído com o passar dos anos, e na última década (2010-2019) registrou um valor de 0,55%.

Atualmente a população de São Paulo concentra-se na faixa dos 20 aos 49 anos e vem passando por um processo gradual de envelhecimento. As porções centrais do município concentram maior número de idosos. A expectativa de vida média na cidade é de 70,1 anos. No entanto, o valor varia de distrito para distrito. Nas áreas de periferia, a expectativa de vida ao nascer é menor do que em bairros centrais ou bairros nobres, diferença que pode ser de até 23 anos.

A capital paulista recebe anualmente muitos migrantes de outros estados do Brasil e do mundo. Os principais fluxos internacionais são oriundos de Portugal, Bolívia, Japão, China e Itália. O município recebe também pessoas vindas da Venezuela, do Haiti e de países da África, como Angola, Nigéria e Senegal.

Economia da cidade de São Paulo

O PIB da cidade de São Paulo para 2018 foi de R$ 714.683.362,46 (IBGE), o que correspondia a 10,2% do PIB brasileiro. A maior parcela desse valor (74,08%) é formada pelas atividades do setor terciário, seguido da indústria (8,12%) e, por fim, com menor participação (0,005%), da agropecuária. No contexto mundial, São Paulo é a 21ª economia, e a 3ª maior da América Latina.

O município destaca-se no setor financeiro, abrigando as sedes de alguns dos principais bancos nacionais e internacionais bem como de grandes indústrias, que vão desde o setor de tecnologia, de comunicação, até montadoras de veículos e empresas do agronegócio mundial. No geral, 63% das empresas internacionais com filial no Brasil concentram-se em São Paulo. Em função disso, o município é considerado um importante centro financeiro do país.

Por conta da sua estrutura econômica e da densa rede de transportes e de serviços que garantem a conexão com diversas partes do mundo, São Paulo é um grande atrativo para investimentos internacionais, ficando atrás apenas de centros como Nova York, Hong Kong, Londres e Xangai.

O comércio e o setor varejista desempenham um importante papel na economia do município, liderando as atividades do setor terciário. Além disso, a capital paulista é um dos principais destinos turísticos no país, e foi considerada o segundo mais desejado do mundo em 2020. O turismo constitui, então, uma grande fonte de receitas para o município.

A Avenida Paulista é conhecida como o centro financeiro da capital.
A Avenida Paulista é conhecida como o centro financeiro da capital.

Infraestrutura da cidade de São Paulo

A capital paulista dispõe de uma diversificada rede de transportes composta por modais como ônibus, o meio mais utilizado pela população, trens e metrô. Este possui atualmente 101,4 km, com um total de 89 estações. Os aeroportos têm voos diários com destinos nacionais e internacionais, sendo o Aeroporto de Guarulhos e o Aeroporto de Congonhas os dois principais do município.

A mobilidade urbana, entretanto, é um dos grandes problemas enfrentados pela cidade de São Paulo, e isso inclui, além dos modais propriamente ditos e a qualidade dos transportes: o tempo gasto nos deslocamentos, que são mais altos nas áreas periféricas, os custos dos transportes com relação à renda da população, a condição das calçadas, a disposição de ciclovias e ciclofaixas, e a garantia de acessibilidade.

De acordo com o último Censo do IBGE (2010):

  • 99% dos domicílios de São Paulo tinham energia elétrica;
  • 99,3% tinham abastecimento de água potável;
  • 96,3% tinham rede de esgoto.

No entanto, o tratamento da rede de esgoto atinge um percentual muito menor, de 64,66%. As periferias da cidade são as regiões mais afetadas pela falta de tratamento do esgoto.

São Paulo dispõe de ampla infraestrutura de transportes, embora enfrente problemas de mobilidade urbana.[1]
São Paulo dispõe de ampla infraestrutura de transportes, embora enfrente problemas de mobilidade urbana.[1]

Cultura da cidade de São Paulo

A composição populacional de São Paulo, que se deu por intensos fluxos migratórios originários de diversos países e de outras regiões do Brasil, reflete-se nas manifestações culturais encontradas na capital. Muitos bairros e estabelecimentos fundados for imigrantes acabam transpondo as suas culturas de origem para dentro do município de São Paulo, a exemplo do bairro da Liberdade, fundado por japoneses.

A cidade possui uma extensa rede de museus, teatros, casas de show e centros culturais que acabam tornando-se um atrativo turístico. Além disso, é famosa pelas comidas de ruas, que são igualmente diversificadas, e pelo dinamismo de sua vida noturna.

Acesse também: Quais são as metrópoles brasileiras?

Governo da cidade de São Paulo

A capital paulista é atualmente governada por Bruno Covas (PSDB), tendo como vice-prefeito Ricardo Nunes (MDB), os quais foram eleitos por voto popular, em 2020, para mandato de quatro anos.

A divisão administrativa do município dá-se em 32 subprefeituras, as quais têm sua própria administração, com subprefeito nomeado diretamente pelo prefeito da capital.

Nota

|1| OLIVEIRA, Vivian Prado. (Coord.) Mapeamento digital da cobertura vegetal do município de São Paulo – Relatório final. São Paulo: Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente, 2020. Disponível em: <https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/upload/meio_ambiente/RelCobVeg2020_vFINAL_compressed(1).pdf>. Acesso em 14 jan. 2021.

Crédito da imagem

[1] Alf Ribeiro / Shutterstock

Publicado por: Paloma Guitarrara
Assuntos relacionados
A concentração populacional nas grandes cidades do Brasil
Cidades Mais Populosas do Brasil
As cidades brasileiras que apresentam maiores concentrações populacionais.
Nova York, principal cidade global da atualidade
Cidades globais
Entenda o que são as cidades globais, as suas principais funcionalidades e a classificação de suas hierarquias nos padrões alfa, beta e gama.
Cidade de São Paulo (SP), um dos principais centros urbanos brasileiros
Espaço urbano brasileiro
Conheça as principais características do espaço urbano brasileiro, marcado pela desigualdade em termos populacionais, econômicos e estruturais.
São Paulo, principal metrópole brasileira
Metrópoles brasileiras
Entenda o que são metrópoles, as características das metrópoles brasileiras e os tipos existentes no Brasil com seus respectivos exemplos.
Localização de São Paulo no mapa do Brasil
São Paulo
O estado economicamente mais desenvolvido do Brasil.