Whatsapp icon Whatsapp

Setor Primário da Economia

O setor primário da economia vem perdendo espaço, mas continua apresentando uma relevante contribuição para as sociedades.
A agropecuária é uma importante atividade ligada ao setor primário
A agropecuária é uma importante atividade ligada ao setor primário

O setor primário da economia pode ser considerado como o ramo das atividades humanas que produz matérias-primas, que, por sua vez, são os bens e produtos extraídos diretamente da natureza, que podem ser consumidos enquanto tal ou serem transformados em mercadorias.

Essa importante área da economia é chamada por esse nome por ter sido a primeira a ser desenvolvida pela humanidade, sendo a prática constitutiva das civilizações. Foi no Período Neolítico que os seres humanos deixaram de ser nômades para formar os primeiros povoados, uma vez que aprenderam a cultivar os elementos da natureza para dela tirar o seu sustento. As atividades relacionadas com o setor primário são: agricultura, pecuária, extrativismo vegetal e mineral, caça e pesca.

A agricultura pode ser considerada, atualmente, como a principal das atividades primárias. Ela basicamente consiste no cultivo da terra e dos vegetais para a produção organizada de alimentos e produtos primários, tais como o milho, arroz, feijão, soja, cana-de-açúcar e incontáveis outros exemplos. Já a pecuária consiste no cultivo de animais para o sustento humano, sendo, historicamente, um método substitutivo da prática da caça, ou seja, em vez de procurar os animais para abater e alimentar-se, o ser humano cultiva-os para o mesmo fim, mas também os utiliza para a produção de materiais, como o couro e a lã. Juntas, essas duas atividades formam a agropecuária.

O extrativismo consiste na retirada de elementos da natureza também para a alimentação ou para a transformação em mercadorias. Há, assim, dois tipos: o extrativismo vegetal, basicamente voltado para a extração de recursos de plantas e árvores, e o extrativismo mineral, voltado para a exploração de minérios e riquezas disponíveis no solo ou abaixo dele. Dentre os exemplos de extrativismo vegetal, citam-se: os seringais, que extraem o látex para a produção da borracha, e a extração do cacau e da castanha-do-pará, prática importante para o sustento das populações que habitam a região da amazônia brasileira.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Extração de látex, prática de extrativismo vegetal
Extração de látex, prática de extrativismo vegetal

A caça pode, de certa forma, ser considerada como uma espécia de “extrativismo animal”, pois ela basicamente consiste na utilização de animais e seres vivos existentes na natureza para alimentação e outros fins, como a produção de materiais e para o transporte. Essa prática era muito comum antes do desenvolvimento das sociedades modernas, tornando-se menos relevante com o tempo. Atualmente, ela é praticada para a captura comercial de animais de difícil domesticação.

A pesca, por sua vez, pode ser considerada como uma modalidade da caça, mas realizada com animais aquáticos. Atualmente, ela é mais voltada para espécies marinhas, cujo cultivo em série não é possível ou muito inviável economicamente. Países litorâneos, como o Japão e o Peru, possuem uma grande atuação econômica nesse setor.

A pesca ainda é uma importante prática econômica
A pesca ainda é uma importante prática econômica

O setor primário da economia, praticamente quase sempre no meio rural, já foi a principal área de atividade das sociedades, passando para um plano periférico em termos de geração de empregos com o advento da industrialização e os tempos sequentes de modernização. Atualmente, esse setor é altamente mecanizado, havendo uma intensa substituição de mão de obra por maquinários.

Em países desenvolvidos e, até mesmo, em alguns emergentes, o setor primário é sobreposto pelo secundário e, principalmente, pelo terciário. Em nações menos desenvolvidas, as práticas agropecuárias e extrativistas são consideradas ainda os principais cernes de sobrevivência e manutenção econômica.

Publicado por Rodolfo F. Alves Pena

Artigos Relacionados

Agropecuária
Clique aqui, saiba quais são as características da agropecuária e conheça os tipos, os impactos e as aplicações da agropecuária no Brasil e no mundo.
Agropecuária extensiva e intensiva
Agricultura e Agropecuária extensiva e intensiva, O que é Agropecuária extensiva, O que é Agropecuária intensiva, Quais são as diferenças entre a Agropecuária extensiva e intensiva, Os níveis tecnológicos da Agropecuária extensiva e intensiva.
Diferença entre rural e agrário
Aprenda a diferenciar o espaço rural e agrário conhecendo as suas principais características!
Extração mineral e os impactos ambientais
Os danos provocados pela extração mineral são irreversíveis
População economicamente ativa do Brasil
Entenda o que é, como é dividida e quais as características específicas da população economicamente ativa do Brasil.
Problemas econômicos nos países subdesenvolvidos
Problemas econômicos nos países subdesenvolvidos, Quais são os principais Problemas econômicos nos países subdesenvolvidos, Quais são os fatores dos Problemas econômicos nos países subdesenvolvidos.
Setor secundário
Saiba mais sobre as principais características do setor secundário. Entenda a importância das atividades econômicas do setor secundário para toda a sociedade.
Setor terciário
Saiba mais sobre as principais atividades do setor terciário. Veja quais são as características desse setor muito importante para a economia do Brasil e do mundo.
video icon
Professora ao lado do texto"Aposto".
Português
Aposto
Aposto é o nome que se dá ao elemento sintático que se junta a outro a título de explicação ou de apreciação. Assista a esta videoaula e aprenda um pouco mais sobre o emprego e a classificação desse termo acessório da oração.