Partilhar e Compartilhar

Para manter-se informado acerca do assunto do qual trataremos, tente retomar alguns conceitos relacionados, sobretudo à sinonímia e à regência verbal. Pois bem, relembrou? Caso não, não há problema algum, pois tão logo compreenderá. Para tanto, partamos rumo à concretização de nossos reais objetivos: analisar a possibilidade de os verbos partilhar e compartilhar serem sinônimos um do outro, bem como checar acerca da regência que os demarcam. Vamos ao primeiro aspecto:

Tais verbos, quando denotando o sentido de “fazer a partilha de algo”, representam sim palavras sinônimas. Analisemos os exemplos que seguem:

As crianças partilharam o espaço na brinquedoteca.  (dividiram)

As crianças compartilharam o espaço na brinquedoteca.  (idem ao sentido anterior)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em se tratando da regência, a situação se inverte um pouco. Vejamos por que:

As crianças compartilharam o espaço na brinquedoteca.

Temos que o termo que se encontra em destaque representa o objeto direto do verbo em questão (compartilhar). Assim, ele somente se classifica como transitivo direto.

Mas o verbo partilhar, além de ser transitivo direto, como vimos no primeiro exemplo, classifica-se também como transitivo indireto. Eis o exemplo:

Eu e meus irmãos partilhamos das mesmas alegrias nessas férias. 

Temos que o termo em destaque representa o objeto indireto.

Marcas linguísticas caracterizam os verbos partilhar e compartilhar
Marcas linguísticas caracterizam os verbos partilhar e compartilhar
Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte
Assuntos relacionados
O emprego das palavras "perca" e "perda" pode gerar algumas dúvidas
Perca ou perda? Qual usar?
Por que é errado quando dizemos “perca de tempo”?
Trazido ou trago?
Qual é a maneira correta de se empregar o verbo “trazer”?
Deferir ou diferir?
Saiba mais sobre os significados de diferir, deferir, deferido, indeferido!
Haja vista deve ser sempre empregada de forma invariável
Haja vista ou haja visto?
Haja vista ou haja visto: embora representem expressões usuais, apenas a primeira considera-se como adequada.
A forma correta é ser operado, não operar
Operar ou ser operado?
Qual destas formas você considera ser correta: operar ou ser operado? Clique, confira e a utilize de forma correta.