Whatsapp icon Whatsapp

Verbo reaver: aspectos linguísticos

Em se tratando dos aspectos linguísticos referentes ao verbo reaver, ele se caracteriza como defectivo
Em se tratando dos aspectos linguísticos referentes ao verbo reaver, ele se caracteriza como defectivo

Que tal, primeiramente, acessar o texto “Verbos defectivos”? 

Por meio dele você recordará alguns aspectos fundamentais ao aprendizado que ora se firma: aspectos linguísticos do verbo reaver. Pois bem, tendo em vista que o aspecto principal que norteia o assunto em questão se define pela particularidade que alguns verbos trazem consigo, ora demarcada pelo fato de serem defectivos, o verbo reaver não fica aquém dos acontecimentos linguísticos.

Assim, dada essa razão, faz-se necessário constatarmos acerca da forma como são conjugados alguns tempos, justamente para identificarmos em quais pessoas gramaticais prevalece o aspecto em questão.

Munidos então desse objetivo, verifiquemos acerca de tais constatações:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Modo indicativo

Nós reavemos

Vós reaveis

Modo subjuntivo

Vale mencionar que o verbo em pauta não se encontra conjugado em nenhuma pessoa gramatical do tempo presente a que se atribui o modo em referência (subjuntivo).

Modo imperativo

A conjugação se faz presente apenas no imperativo afirmativo, demarcado pela segunda pessoa do plural: reavei vós.

Observação digna de nota: Nos demais tempos, o verbo em estudo se encontra conjugado de forma normal, tendo em vista os modos indicativo e subjuntivo.

Publicado por Vânia Maria do Nascimento Duarte

Artigos Relacionados

Conjugações verbais
Conheça neste espaço a importância de se manter atento (a) a algumas conjugações verbais!
O verbo haver
Clique aqui e aprenda as principais características do verbo “haver”!
video icon
Professor ao lado do escrito "Qual a diferença entre discurso e texto?".
Português
Qual a diferença entre discurso e texto?
Todo texto é um discurso. Mas e o contrário? Todo discurso é um texto? Nesta aula vamos acabar de vez com essa confusão e deixar bem claro quem é quem no universo textual.