Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Inglês
  3. Verbs

Verbs

Os verbs são frequentemente associados à ideia de ação|1|. No entanto, eles têm outras funções, por exemplo, descrever estados, experiências e tempo também. Essas informações são recuperadas no sentido que o verb apresenta na flexão e na posição em que ele está na oração, mostrando se é um verbo principal ou auxiliar. Se os verbs ocuparem a posição de verbo principal, eles ainda se subdividem em verbs transitivos e intransitivos|1|. Além disso, os verbs possuem a forma nominal. 

De maneira geral, os verbs indicam o que o sujeito faz na oração ou a condição desse sujeito, isto é, o seu estado. Consequentemente, é essencial para o aprendiz de língua inglesa entender o funcionamento dos verbs nas orações, o seu uso, a sua flexão, entre outras informações que esse grupo de palavras pode expressar na língua. Nos próximos tópicos estudaremos os verbs em inglês por meio de exemplos, detalhando esses aspectos para que não restem dúvidas. Are you ready? 

Leia também: Verb to be in the past: como e quando usar? 

Tipos de verbos 

Para o aprendiz de língua estrangeira, o primeiro passo para o entendimento dos verbs é a identificação do tipo de verbo na oração, pois, estabelecendo a sua função na frase, conseguimos dizer se a informação relevante está no conteúdo semântico do verbo em si ou na estrutura.  

Quando o mais importante é o sentido do verbo (valor semântico), temos um principal verb. Se a informação mais importante é estrutural, temos um auxiliary verb (to be, to do, to have), esvaziado de sentido semântico. Todavia, os verbs auxiliares também podem ocupar a posição de verbs principais e ter um sentido semântico na oração. Para saber a diferença, é necessário prestar atenção no contexto da oração: 

  1. Paul does his homework at night.
    (Paul faz sua tarefa pela noite.)  

  2. Paul doesn’t do his homework at night.  
    (Paul não faz sua tarefa pela noite.) 

  3. Does Paul do his homework at night?  
    (Paul faz sua tarefa pela noite?) 

  4. No, he doesn’t. Yes, he does.  
    (Não, ele não faz. Sim, ele faz.) 

Observe atentamente os quatro exemplos. No primeiro, temos sujeito + verbo + complemento. Do significa “fazer” e funciona no exemplo 1 como verb principal de uma oração afirmativa. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
 

No exemplo 2, temos sujeito + verbo auxiliar + not + verbo principal + complemento. A forma doesn’t apresenta do como um verb auxiliar + not para indicar que estamos diante uma oração negativa em inglês. Do na segunda posição significa “fazer”, sendo o verb principal da frase.  

Atenção: Veja que no português não precisamos de um verb auxiliar para indicar se uma frase é negativa. É importante que o aprendiz observe essas nuances entre as línguas materna e estrangeira para aprender as estruturas de forma mais eficiente. 

No exemplo 3, temos verbo auxiliar + sujeito + verbo principal + complemento. Fica claro que, para fazer uma pergunta em inglês, devemos colocar o verbo antes do sujeito. Nesse caso é o verb auxiliar do, flexionado na terceira pessoa do singular e no simple present. Assim, o verb auxiliar indica o tipo de oração (interrogativa), o tempo (presente) e a pessoa (ele). 

No quarto exemplo, verifica-se outro uso dos verbs auxiliares, isto é, eles indicam uma resposta curta para uma pergunta, tanto afirmativa quanto negativa, evitando repetição.  

Por outro lado, os verbs principais podem ser transitivos ou intransitivos. Se o verb for seguido por um objeto, ele é transitivo. Já os verbs intransitivos têm o sentido completo e não são seguidos por um objeto na oração, mas podem vir acompanhados por um complemento. Para reconhecer o tipo de verbo na oração, basta perguntar o quê? ou quem?, como fazemos em português. 

Observe os exemplos: 

  1. The girl laughed.  
    (A garota riu.) 

  2. The girl read a nice book.  
    (A garota leu um livro legal.) 

Quando pensamos no verbo read, queremos saber o que foi lido. O livro foi lido por uma garota, ou seja, o livro é o objeto da ação. Nesse caso, tem-se um verbo transitivo. No exemplo 1, laughed não pede um objeto, porque tem sentido completo.  

Levando em consideração a tipologia verbal, estudaremos no próximo tópico os tempos verbais em inglês. 

Veja também: Will or going to as estruturas do futuro em inglês 

Tempos verbais - verb tenses 

As gramáticas de língua inglesa explicam os tempos verbais|2| de diferentes maneiras. Neste texto, agruparemos os tempos verbais segundo a aspectualidade — duração, frequência e completude da ação —, frequentemente classificada em aspectos progressivo ou perfeito|1|; e a temporalidade, isto é, se a ação está no passado, presente ou futuro.  

O aspecto progressivo diz respeito ao andamento de uma ação. O aspecto perfeito, por outro lado, indica a conexão entre uma ação anterior e outra posterior|1|. Acrescenta-se que os princípios de aspecto e de tempo combinados resultam em 12 possíveis tempos verbais na língua inglesa. Veja, nos subtópicos seguintes, os 12 tempos verbais em inglês. 

  • Tempos simples 

TEMPO VERBAL 

EXEMPLOS 

To study = estudar  

USO 

Simple present 

She studies English. 

(Ela estuda inglês.) 

Hábitos 

Rotina 

Fatos 

Simple past 

She studied English. 

(Ela estudou inglês.) 

Ações finalizadas em um momento específico no passado 

Simple future 

She will study Engish. 

(Ela estudará inglês.) 

Predições 

Planos futuros 

Decisões espontâneas no ato da fala 

  •  Tempos progressivos 

TEMPO VERBAL 

EXEMPLOS 

To study = estudar  

USO 

Present continuous 

She is studying English. 

(Ela está estudando inglês.) 

Ação que acontece no momento de fala 

Situações temporárias 

Past continuous 

She was studying English. 

(Ela estava estudando inglês.) 

Ação em progressão no passado 

Situações temporárias no passado 

Future continuous 

She will be studying English. 

Ela estará estudando inglês. 

Ação em progressão no futuro 

  •  Tempos perfeitos 

TEMPO VERBAL 

EXEMPLOS 

To study = estudar  

USO 

Present perfect 

She has studied English. 

(Ela estudou inglês.) 

Experiências ou ações passadas relacionadas com o presente 

Past perfect 

She had studied English. 

(Ela tinha estudado inglês.) 

Quando uma ação aconteceu antes de outra no passado. 

Future perfect 

She will have studied English. 

(Ela terá estudado inglês.) 

Quando uma ação já terá acontecido no futuro. 

  •  Tempos perfeitos contínuos 

TEMPO VERBAL 

EXEMPLOS 

To study = estudar  

USO 

Present perfect continuous 

She has been studying English. 

(Ela está estudando inglês.) 

Enfatiza a duração de uma ação em progressão até o momento da fala. 

Past perfect continuous 

She had been studying English. 

(Ela estava estudando inglês.) 

Ação que estava em desenvolvimento no passado, mas é interrompida por outra ação no passado também. 

Future perfect continuous 

She will have been studying English. 

(Ela estará estudando inglês.) 

Ação que terá ocorrido antes de um tempo específico no futuro. 


Depois de estudar os 12 tempos verbais em inglês, uma boa prática é colocar esses exemplos afirmativos nas formas negativas e interrogativas e traduzi-los. 

Por exemplo: 

  • She studies English.  
    (Ela estuda inglês.) 

  • She doesn’t study English. 
    (Ela não estuda inglês.) 

  • Does she study English? 
     (Ela estuda inglês?) 

Saiba também: Verb to be – conjugações e usos desse verbo essencial da língua inglesa 

Formas nominais dos verbos em inglês 

As formas nominais dos verbs são frequentemente denominadas verbals e existem em número reduzido. São elas: gerúndio, infinitivo e particípio (presente ou passado). As formas nominais não apresentam flexão para pessoa e número. Para o gerúndio, não há flexão de tempo|1|

Os verbals ou formas nominais acompanham outros verbos nas orações, completando seu sentido. A forma infinitiva é acompanhada pela preposição to. O particípio presente é formado pelo terminação -ing, e o passado, pela terminação -ed, quando for verbo regular.  

Para verbos irregulares, a terminação pode variar. Já o gerúndio também tem a terminação -ing, mas possui a função de substantivo na oração, enquanto o particípio presente pode acompanhar tempos verbais com aspecto progressivo/contínuo ou funcionar como adjetivo na oração. 

Observe os seguintes exemplos: 

Infinitivo 

  • The teacher wants to give her students a gift. 
    (A professora quer dar aos seus alunos um presente.) 

Gerúndio 

  • Writing is an important skill. 
    (Escrever é uma habilidade importante.) 

Particípio 

  • A balanced diet can help you. 
    (Uma dieta equilibrada pode te ajudar.)

Os “verbs” indicam ação, estado, tempo, experiência.
Os “verbs” indicam ação, estado, tempo, experiência. 

Exercícios resolvidos 

Questão 1 (IFSE 2018) 

Os verbos destacados, a seguir, estão conjugados no passado simples. Observe as alternativas e assinale a opção em que a sequência dos verbos corresponda à sua forma normal. 

Marched - grew - became 

a) March - grow - become 

b) March - grew - become 

c) March - grown - become 

d) Marched - grow - become 

Resolução  

Alternativa a, porque as formas infinitivas dos verbos marched - grew - became são march - grow - become. Sendo march um verbo regular, sua conjugação no passado ocorre com o acréscimo de -ed. Enquanto grow e become são irregulares. 

Questão 2 (IFNMG 2018) 

Observe as palavras destacadas no trecho a seguir. 

“Considering an increasingly globalised economy, few businesses can isolate themselves from the impacts of climate change, population growth and resource depletion, says Emma Price-Thomas, head of sustainability strategy at charity Business in the Community.” 

Marque a alternativa classificada como um VERBO na sentença: 

a) Head of 

b) Impacts 

c) Isolate 

d) Charity 

Resolução  

Alternativa c, porque isolate significa isolar em português. As outras opções apresentam substantivos (head of, impacts) e adjetivo modificando um grupo nominal (charity). 

Questão 3 (Copeve-Ufal 2018) 

Using e-cigarettes in the office is becoming a burning issue. 

Some UK employers have already banned “vapers” from using e-cigs at their desk — but there is no legal reason to do so. 

Disponível em: . Acesso em: 03 jun. 2014. 

No texto, as palavras em destaque são, respectivamente, categorizadas: 

a) verbo - verbo - verbo 

b) verbo - adjetivo - verbo 

c) verbo - verbo - adjetivo 

d) pronome - verbo - adjetivo 

e) pronome - verbo - advérbio 

Resolução 

Alternativa c, pois using é um particípio com função de sujeito; is becoming é presente contínuo; e burning é um particípio com função de adjetivo. 

Notas 

|1| DECAPUA, A. Grammar for teachers: a guide to American English for native and non-native speakers. Springer: New York, 2008. 

|2| EASTWOOD, J. Oxford guide to English grammar. Oxford, 2002.  

Publicado por: Patricia Veronica Moreira
Assuntos relacionados
Simple past
Acesse o texto sobre o “simple past” para entender quando usá-lo e como usar. Veja aqui as principais regras do passado simples em inglês!
Prepositions
Entenda como usar as preposições (prepositions) e qual a sua função. Conheça também suas regras e os tipos de preposições que existem em inglês.
Simple Present
Saiba tudo sobre o Simple Present e como usá-lo em diversas situações do dia a dia. Entenda as diferentes formas do Simple Present.
Past continuous
Saiba tudo sobre o uso e o contexto do tempo verbal “past continuous” em inglês. Entenda sua estrutura em frases afirmativas, negativas e interrogativas.