Whatsapp icon Whatsapp

Cálculo da constante de equilíbrio Kp

O cálculo da constante de equilíbrio em termos de pressões dos gases envolve basicamente determinar as pressões parciais com base na Lei de Dalton.
Qual será a constante de equilíbrio em termos de pressão dos gases dentro do cilindro?
Qual será a constante de equilíbrio em termos de pressão dos gases dentro do cilindro?

Antes de ler este texto, se você tiver quaisquer dúvidas sobre o que é a constante de equilíbrio Kp e sobre como escrever a sua expressão para reações em equilíbrio, leia o texto Constante de equilíbrio Kp.

Tendo essas informações esclarecidas, agora vamos aprender como calcular o valor de Kp. Geralmente, os passos necessários para tal são:

1º) Determinar a fração molar (x) de cada gás;

2º) Determinar as pressões parciais de cada gás;

3º) Substituir os valores das pressões parciais na expressão de Kp.

A fração molar (x) de cada gás é dada pela fórmula:

xgás = ngás
           ntotal

Sendo que “n” é o número em quantidade de matéria (mol). Esse passo é necessário porque, conforme explicado no texto Pressão parcial (Lei de Dalton), a lei das pressões parciais criada por Dalton estabelece que “a pressão total do sistema corresponde à soma das pressões parciais exercidas por cada um dos gases que compõem a mistura (Ptotal = P1 + P2 + P3 + P4… ou P = Σp)”. Essa lei diz também que “essa pressão exercida pela mistura gasosa está diretamente relacionada com a quantidade de partículas de cada gás”. Por isso, temos para um determinado gás:

Pgás = ngás
 Ptotal   ntotal

ou

                                                             Pgás = xgás → Pgás =Ptotal . xgás
                                                             Ptotal

Consideremos um exemplo:

Em um cilindro dotado de êmbolo, como esquematizado abaixo, há vários gases em equilíbrio à temperatura constante. A pressão parcial do sistema é 10 atm, e a temperatura, 24ºC. Determine a constante de equilíbrio (Kp) para o sistema no sentido considerado. (Dado: 0,082 atm . L . K-1 . mol-1).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Cilindro com êmbolo em exercício sobre constante de equilíbrio (Kp
Cilindro com êmbolo em exercício sobre constante de equilíbrio (Kp)

Resolução:

Considerando os dois gases acima, temos a seguinte reação em equilíbrio

N2O4(g) ↔ 2 NO2(g)

Sua expressão da constante de equilíbrio, em termos de pressões parciais, é:

Kp = (pNO2)2
          pN2O4

Vamos, então, seguir os três passos indicados mais acima:

1º) Determinar a fração molar (x) de cada gás:

xN2O4 = nN2O4              xNO2 = nNO2
                
ntotal                          ntotal

xN2O4 = 6 mol              xNO2 = 2 mol
            8 mol                         8 mol
xN2O4 = 0,75               xNO2 = 0,25

2º) Determinar as pressões parciais de cada gás:

Conforme a Lei de Dalton, temos:

PN2O4 = Ptotal . xN2O4                PNO2 = Ptotal . xNO2
PN2O4 = 10 . 0,75                      PNO2 = 10 . 0,25
PN2O4 = 7,5 atm                        PNO2 = 2,5 atm

3º) Substituir os valores das pressões parciais na expressão de Kp:

Kp = (pNO2)2
          pN2O4

Kp = (2,5)2
         7,5

Kp = 6,25
         7,5
Kp = 0,83

A constante de equilíbrio (Kp) para o sistema no sentido considerado, a 24 ºC, é de 0,83. 

Publicado por Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Constante de Equilíbrio
Aprenda a determinar a constante do equilíbrio químico em reações químicas reversíveis.
Constante de Equilíbrio Kp
Entenda a diferença da constante de equilíbrio Kp para a Kc, como escrever a sua expressão para as reações em equilíbrio e como interpretá-la.
Equilíbrios químicos homogêneos e heterogêneos
Conheça a diferença entre equilíbrios químicos homogêneos e heterogêneos, veja exemplos de cada um e como isso interfere na constante de equilíbrio.
Fatores que alteram o equilíbrio de um sistema
Temperatura e pressão podem alterar o equilíbrio de uma reação.
Influência da Concentração no Deslocamento do Equilíbrio Químico
Entenda porque ocorre um deslocamento do equilíbrio químico quando alteramos as concentrações dos reagentes ou dos produtos em uma reação reversível.
Influência da Temperatura no Deslocamento do Equilíbrio Químico
Veja como o aumento ou a diminuição da temperatura de uma reação reversível pode levar ao deslocamento do equilíbrio químico.
Pressão parcial (Lei de Dalton)
Conheça a Lei de Dalton que explica o que é considerado como sendo a pressão parcial dos gases em uma mistura, relacionando-as com a pressão total.
video icon
Professora ao lado do texto"Aposto".
Português
Aposto
Aposto é o nome que se dá ao elemento sintático que se junta a outro a título de explicação ou de apreciação. Assista a esta videoaula e aprenda um pouco mais sobre o emprego e a classificação desse termo acessório da oração.