Carbono

O carbono, um dos elementos mais versáteis já encontrados, é responsável pela maioria dos compostos existentes e está presente nos principais ciclos biológicos dos seres vivos.

O carbono é um dos elementos mais versáteis que encontramos na natureza, em razão de sua larga aplicação industrial e, principalmente, pela presença em composições celulares e compostos naturais. Apesar da associação negativa com o aquecimento global, o carbono é o elemento-base da Química Orgânica, sendo responsável pela maioria dos compostos existentes na natureza.

Onde é encontrado?

O carbono está presente, em maior parte, em compostos orgânicos, que são compostos derivados desse elemento, sejam eles naturais (como na composição de proteínas, na estrutura do DNA, nos minerais e ainda em combustíveis fósseis e nos biocombustíveis), sejam sintéticos (por exemplo, fibras sintéticas de tecidos, fármacos, plásticos, borracha etc.).

O carbono também aparece ligado ao oxigênio na composição do gás carbônico (CO2), presente na atmosfera e dissolvido na água. Apesar da associação negativa com o efeito estufa, o carbono faz parte de ciclos vitais, como da fotossíntese e da respiração celular.

O carbono apresenta alótropos, que são substâncias simples diferentes formadas pelo mesmo elemento químico. Existem pelo menos sete alótropos do carbono. Os mais conhecidos e que aparecem com mais frequência no nosso cotidiano é a grafite (alfa e beta) e o diamante. Mas ainda existem os fulerenos e os nanotubos, que são materiais sintéticos feitos exclusivamente de carbono.

Diferença nas estruturas dos principais alótropos do carbono: grafite, diamante, fulereno e grafeno.
Diferença nas estruturas dos principais alótropos do carbono: grafite, diamante, fulereno e grafeno.

Para que serve?

Devido à facilidade em formar compostos, o carbono possui várias utilizações, que vão desde usinas de produção de energia até a fabricação de joias. Na forma de combustíveis fósseis, o carbono é utilizado para abastecer máquinas em indústrias e usinas, além de abastecer meios de transporte.

Na metalurgia, o carbono é adicionado a ligas metálicas de aço. O isótopo C-14, por sua vez, é utilizado na datação de materiais orgânicos antigos encontrados em sítios arqueológicos.

Seus alótropos também possuem diversas utilizações: o diamante é utilizado na fabricação de joias e também em máquinas de corte devido à sua dureza. O grafite é utilizado na fabricação de lápis e objetos de escrita e na fabricação de eletrodos e de lubrificantes sólidos. Os nanotubos e fulerenos são objetos de estudos com o intuito de produção de novos materiais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Acesse também: Classificação do carbono quanto ao número de ligações

Características

As características físicas desse elemento variam de acordo com sua forma alotrópica. Por exemplo, o diamante é totalmente transparente, enquanto o grafite é preto e opaco.

Em relação à condutividade elétrica, apenas o grafite é um bom condutor, já o restante apresenta boa condutividade térmica em condições ambientes de temperatura e pressão.

Sobre o estado físico, todos os alótropos são sólidos em temperatura ambiente.

Curiosidades

Algumas curiosidades sobre o carbono e seus compostos:

  • Cerca de 20% do peso dos organismos vivos é referente ao carbono.
  • O carbono é o 4° elemento mais abundante no Universo.
  • O grafeno, um dos alótropos do carbono, é o material mais fino e mais forte já conhecido.
  • Existem mais compostos que possuem carbono em sua fórmula do que os que não contêm.
  • Apesar de poder ser quebrado, o diamante é o material de maior dureza já conhecido, podendo riscar qualquer outro material.
  • O isótopo do carbono C-12 é utilizado pela União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC) desde 1977, como referência para calcular as massas atômicas dos outros elementos químicos.  
  • O diamante é um material cobiçado por muitos devido ao seu brilho e grau de dureza.

O diamante, um dos alótropos do carbono, é um dos materiais mais valiosos do mundo.
O diamante, um dos alótropos do carbono, é um dos materiais mais valiosos do mundo. 

Leia também: Por que o grafite conduz a corrente elétrica e o diamante não?

Quem descobriu?

O carbono já é conhecido desde a Antiguidade em seus diversos usos como carvão e grafite, por isso não se tem uma informação precisa sobre a data e seu descobridor.

O francês Antoine Lavoisier batizou-o de carbo (carvão), em 1789. Desde então, o carbono passou a fazer parte de diversas pesquisas científicas e esteve presente em vários trabalhos no decorrer da história.

O carbono é um elemento não metálico, localizado no 2° período na família 14 (família do carbono), possui número atômico 6 e massa atômica aproximadamente igual a 12. Assim como outros elementos da mesma família, o carbono é tetravalente, ou seja, forma quatro ligações com outros elementos. Seu símbolo é C.

Saiba mais: O que é a Química Orgânica?

Resumo

O carbono é um elemento indispensável para a manutenção da vida terrestre, pois está presente em todos os seres vivos e em diversos compostos naturais ou sintéticos que fazem parte do nosso cotidiano.

Por ter uma enorme facilidade de ligar-se quimicamente com outros elementos, podendo ser eles metálicos ou não, o carbono compõe uma gama enorme de compostos químicos, que vão desde estruturas complexas como o nosso DNA até substâncias mais simples, como uma simples molécula de gás carbônico.

O carbono é o elemento-base da Química Orgânica.
O carbono é o elemento-base da Química Orgânica.
Publicado por: Victor Ricardo Ferreira
Assuntos relacionados
Ciclo do carbono
Você sabe como o carbono circula no ambiente? Clique aqui e amplie seus conhecimentos sobre o ciclo do carbono e a importância desse elemento.
Classificação do Carbono
Confira aqui quais são as formas de classificação do carbono!
Diamante: forma alotrópica do carbono.
Alotropia
Alotropia, compartilhamento de elétrons, formas alotrópicas de um elemento químico, estrutura cristalina, Diamante, grafita, fulereno, gás oxigênio, ozônio, Carbono, raios ultravioleta do sol, fósforo vermelho, fósforo branco, enxofre rômbico, enxofre monoclínico.
Rearranjo entre átomos origina diferentes compostos.
Alotropia do Carbono
Clique aqui e entenda o conceito químico de alotropia do carbono!
Santo Sudário datado com o teste do carbono 14
Datação do Carbono 14
Datação do carbono 14, idade de fósseis, física quântica, decaimento radioativo, idade dos fósseis, raios cósmicos, isótopo do carbono, radiação, radioatividade específica.
O grafite conduz eletricidade em razão do arranjo espacial de seus átomos
Por que o grafite conduz a corrente elétrica e o diamante não?
Descubra por que o grafite conduz eletricidade e o diamante não, apesar de ambos serem formados somente por átomos de carbono.
Sigla do carbono, elemento químico que dá nome à família IVA da tabela periódica
Família do carbono
Clique e saiba quais são os elementos químicos que formam a família do carbono, suas características, propriedades e principais utilizações.
O propanal é um exemplo de substância em que não identificamos um carbono quiral
Como identificar um carbono quiral
Clique aqui e aprenda macetes e regras importantes para identificar um carbono quiral tanto em cadeias fechadas quanto em cadeias abertas. Os exemplos que selecionamos para você vão auxiliá-lo na maneira correta de identificar os quatro ligantes de um carbono quiral, os quais são obrigatoriamente diferentes.