Como identificar um carbono quiral

A identificação de um carbono quiral em um composto orgânico de cadeia aberta ou fechada é possível pela presença de um ou mais carbonos com quatro ligantes diferentes.
O propanal é um exemplo de substância em que não identificamos um carbono quiral
O propanal é um exemplo de substância em que não identificamos um carbono quiral

Para identificar um carbono quiral, é fundamental que seja realizada a construção da fórmula estrutural a partir do nome do composto orgânico ou que tenhamos essa fórmula previamente. Por meio da fórmula estrutural, podemos identificar os ligantes de cada um dos átomos.

Além da fórmula estrutural, para identificar um carbono quiral, devemos lembrar que esse carbono apresenta obrigatoriamente quatro ligantes diferentes:

Representação geral de um carbono quiral
Representação geral de um carbono quiral


a) Identificação de um carbono quiral em cadeia aberta

Vamos supor que tenhamos o pentan-2-ol:

Fórmula estrutural do pentan-2-ol
Fórmula estrutural do pentan-2-ol

Com a fórmula estrutural do composto, os passos para realizar a identificação de um ou mais carbonos quirais na estrutura seriam:

1. Numerar os carbonos da cadeia, de preferência a partir do carbono mais próximo do grupo funcional.

Numeração dos carbonos da estrutura do pentan-2-ol
Numeração dos carbonos da estrutura do pentan-2-ol

2. Desconsiderar alguns carbonos. Todo carbono que apresentar dois ou mais hidrogênios deve ser desconsiderado de imediato, pois possui dois ou mais ligantes iguais.

3. Verificar os ligantes dos carbonos restantes

Na hora de verificar os ligantes de um carbono, tenha sempre o cuidado de analisar o ligante como um todo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os ligantes do carbono 2 são:

  • Hidrogênio: H

  • Metil: CH3

  • Hidroxila: OH

  • Propil: CH2-CH2-CH3

Como o carbono 2 apresenta 4 ligantes diferentes, logo, ele é um carbono quiral.


b) Identificação de um carbono quiral em cadeia fechada

Em cadeias fechadas, vamos utilizar os mesmos princípios abordados para as cadeias abertas na identificação do carbono quiral. A diferença é que devemos ter uma atenção ainda maior na análise dos ligantes de cada carbono. Veja o caso do 1,1,2-trimetil-ciclobutano:

Fórmula estrutural do 1,1,2-trimetil-ciclobutano

Fórmula estrutural do 1,1,2-trimetil-ciclobutano

  • A numeração dessa estrutura inicia-se no carbono que apresenta duas ramificações metil, seguindo no sentido anti-horário, em direção ao carbono que possui outro metil.

  • A cadeia apresenta sete átomos de carbono. Cinco deles apresentam dois ou mais átomos de hidrogênio, e um carbono apresenta dois radicais metil, ou seja, não podem ser carbonos quirais.

  • Para identificar o carbono quiral na cadeia fechada, devemos observar como é todo o ligante do carbono:

Quatro ligantes do carbono quiral da estrutura fechada
Quatro ligantes do carbono quiral da estrutura fechada

Publicado por Diogo Lopes Dias

Artigos Relacionados

O carbono é o elemento-base da Química Orgânica.
Carbono
Aprenda um pouco mais sobre o carbono e suas formas alotrópicas, onde é encontrado e suas aplicações no dia a dia.
Isomeria espacial
Clique aqui e saiba mais sobre o que é isomeria espacial e seus subtipos, além das moléculas que apresentam esse tipo de isomeria. Confira também nossos exercícios.
Isomeria óptica
Clique e saiba mais sobre o fenômeno da isomeria óptica. Conheça os tipos, confira exemplos e resolva exercícios sobre o tema.
O ácido lático apresenta isômeros opticamente ativos
Isômeros opticamente ativos
Clique aqui e saiba o que são isômeros opticamente ativos, substâncias orgânicas capazes de polarizar e desviar o plano de luz. Conheça ainda os outros nomes desse grupo de moléculas orgânicas e descubra como elas atuam na polarização e no desvio do plano da luz para a direita ou para a esquerda.
O butan-2-ol é capaz de gerar apenas uma mistura racêmica
Mistura racêmica
Aprenda o que é uma mistura racêmica e descubra como determinar a quantidade desses isômeros opticamente inativos.
O carbono quiral possui todos os ligantes diferentes e seu isômero é exatamente a sua imagem especular
O que é um carbono assimétrico ou quiral?
Entenda o que é um carbono quiral ou assimétrico e o que é um enantiômero.
video icon
Português
Semântica no Enem
O estudo da semântica na língua portuguesa envolve a significação de palavras, textos e imagens. Esse é um assunto recorrente na prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, e, por isso, na aula de hoje, analisaremos as possíveis formas de abordagem desse conteúdo.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Guia de Profissões
Publicidade e Propaganda
Que tal conhecer um pouco mais sobre as funções de um publicitário?
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Português
Preposições
Vamos aprender mais sobre essa classe conectiva de termos?