Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Físico-Química
  4. Estequiometria
  5. Massa Atômica de um Átomo

Massa Atômica de um Átomo

A massa atômica de determinado elemento químico indica quantas vezes ela é maior que a massa de 1 u ou 1/12 da massa de um átomo de carbono 12.

A massa atômica de um átomo é a sua massa determinada em unidades de massa atômica (u), sendo que 1 u é igual a 1/12 da massa de 1 átomo de carbono 12.”

Essa definição pode parecer um tanto complicada quando se lê inicialmente, mas ao longo deste texto você verá que é bem simples.

Para começar, pense em quando você vai a um supermercado comprar arroz. Geralmente, você compra sacos de 2 kg ou de 5 kg, não é mesmo?! Esse exemplo serve para mostrar que a massa de um corpo é determinada através da comparação com uma unidade-padrão conveniente. No caso do saco de arroz, a unidade escolhida para servir de padrão de comparação foi o quilograma (kg).

O quilograma-padrão equivale a um cilindro de 3,917 cm de altura e de diâmetro, feito de 10% de irídio e 90% de platina. Ele fica guardado no interior de três cúpulas de vidro na sede do Bureau Internacional de Pesos e Medidas, na cidade de Sèvre, França.

Assim, quando se diz que um saco de arroz tem 5 kg, isso quer dizer que a sua massa é cinco vezes maior que a massa de 1 quilograma. No entanto, se fosse para falar da massa de uma formiga, você não usaria o kg, pois a massa de uma formiga é muito menor que a massa do quilograma-padrão. Isso significa que é importante escolher padrões convenientes para determinar cada medida específica.

Ilustração de relação entre a massa de um pacote de arroz e o quilograma-padrão
Ilustração de relação entre a massa de um pacote de arroz e o quilograma-padrão

Isso se aplica à massa atômica ou massa dos átomos. É impossível pesar um átomo em uma balança e dizer a sua massa, pois os átomos são tão pequenos que nem mesmo os microscópios mais modernos conseguem enxergá-los.

Por isso, os cientistas decidiram escolher como padrão de medida da massa atômica a massa de um átomo específico. Atualmente, o carbono 12 é o átomo que serve como referência para a determinação da massa dos outros átomos.

A massa atômica do carbono 12 é exatamente 12 u. Assim, 1 u (uma unidade de massa atômica) é igual a 1/12 da massa do carbono 12.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A unidade de massa atômica é 1/12 da massa do carbono 12
A unidade de massa atômica é 1/12 da massa do carbono 12

Por isso, podemos dizer que a massa atômica, expressa em u, indica quanto a massa de 1 átomo de certo elemento químico é maior que a massa de 1 u. Sabe-se que 1 u é igual a 1,66054 . 10-24 g.

Por exemplo, o hidrogênio possui três isótopos diferentes na natureza, e o mais comum deles é o 1H. A massa atômica do 1H é igual a 1 u (valor arredondado), o que quer dizer que a massa de 1 átomo de hidrogênio é exatamente igual a 1/12 da massa do carbono 12.

Por outro lado, a massa do isótopo mais comum do hélio é 4 u, o que quer dizer que a massa do átomo de hélio é quatro vezes maior que a massa de 1/12 do carbono 12.

Massas atômicas do hidrogênio e do hélio em comparação com 1 unidade de massa atômica (1/12 da massa do carbono 12)
Massas atômicas do hidrogênio e do hélio em comparação com 1 unidade de massa atômica (1/12 da massa do carbono 12)

Hoje as massas atômicas dos átomos são normalmente medidas por meio de um aparelho chamado de espectrômetro de massa.

No Ensino Médio, costumamos usar os valores das massas atômicas de forma arredondada. Por exemplo, a massa atômica do isótopo principal do hélio é, na realidade, 4,00030 u, mas usamos somente 4 u. Ao fazer isso, vemos que o valor da massa atômica fica exatamente igual ao número de massa (A) do átomo, que é a soma dos prótons e dos nêutrons que existem no núcleo atômico. Veja como isso ocorre no caso do hélio: ele possui dois prótons e dois nêutrons no núcleo, portanto, seu número de massa é igual a 4.

Na Tabela Periódica, costumam aparecer abaixo do símbolo de cada elemento as respectivas massas atômicas. Porém, esses valores não são a massa atômica de um átomo, mas sim a massa atômica de um elemento. Veja a diferença lendo o texto abaixo:

- Massa atômica de um elemento.

A massa atômica do átomo de carbono 12 é igual a 12 u
A massa atômica do átomo de carbono 12 é igual a 12 u
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assista às nossas videoaulas
Assuntos relacionados
Ilustração de átomo – corresponde apenas a um modelo, e não à realidade
Estrutura do átomo
Conheça a estrutura básica do átomo e quais são as suas principais partículas constituintes.
Água e óleo é uma mistura heterogênea bifásica
Classificação das misturas heterogêneas
Confira aqui como ocorre a classificação das misturas heterogêneas!
Em laboratórios de Química, as unidades em escalas macro e microscópicas (como o número atômico e a massa atômica) são muito importantes.
Diferença entre número de massa e massa atômica
Número de massa é a soma dos prótons e nêutrons. Massa atômica é a média ponderada das massas atômicas dos isótopos naturais do elemento.
A pressão atmosférica é a força-peso exercida pelos gases sobre uma unidade de área de determinada superfície
Pressão dos gases
A pressão dos gases é a intensidade da força aplicada pelo gás sobre as paredes do recipiente por unidade de área.
A fórmula percentual indica a porcentagem em massa do elemento na composição da substância
Fórmula Percentual ou Centesimal
Aprenda a determinar a fórmula percentual ou centesimal para qualquer substância por meio da fórmula molecular ou por meio da massa dos elementos.
A determinação da fórmula mínima pode ser feita por meio da fórmula molecular da substância
Fórmula Mínima ou Empírica
Entenda o que a fórmula mínima ou empírica expressa sobre a substância e como proceder com os cálculos a fim de determiná-la.
A fórmula molecular simplifica a representação da estrutura molecular mostrando quantos átomos de cada elemento estão presentes
Fórmula Molecular
Aprenda a determinar a fórmula molecular de qualquer composto, uma informação muito importante principalmente na estequiometria das reações químicas.
Os trabalhos de Amedeo Avogadro contribuíram para a definição de mol e do valor da constante de Avogadro
Constante de Avogadro
Veja a definição da constante de Avogadro, qual é o seu valor e o que ela representa.
Massa e volume são exemplos de dados que podem ser abordados nos cálculos que envolvem mol
Cálculos envolvendo mol
Clique e aprenda a determinar massa, volume e número de partículas com exemplos de cálculos envolvendo mol.
 Molécula
Massa Molecular e Massa Fórmula
Massa molecular, Massa Fórmula, composto iônico, Massas atômicas, ligações covalentes, massa atômica do carbono, moléculas, íons, fórmula das substâncias, ligações iônicas.
As massas atômicas dos elementos que aparecem na Tabela Periódica levam em conta todos os isótopos naturais que os formam
Massa atômica de um elemento
Entenda qual é a diferença entre a massa atômica de um elemento e a massa atômica de um átomo, além de compreender como elas são determinadas.
É comum no cotidiano usarmos números multiplicativos para fazer referência a conjuntos de objetos, como milheiro, resma, dúzia e grosa
Mol
Veja o conceito de mol e qual é a sua relação com a massa atômica, com a massa molar, com os coeficientes de uma equação química e com o número de Avogadro.
Equações Químicas
Equações Químicas, ácido clorídrico, Equação Química equilibrada, balanceamento de equações, produtos, reagentes, coeficiente estequiométrico, estado físico do átomo participante, Catalisadores, aquecimento, reação reversível.
Charles e Gay-Lussac foram dois cientistas franceses que estudaram as transformações isocóricas, criando a Lei que leva seus nomes
Transformação isocórica ou isovolumétrica
Transformação isocórica ocorre quando o volume e a massa de um gás são mantidos estáveis e sua temperatura e sua pressão variam.
As investigações dos constituintes do átomo levaram a algumas características – como o número de massa e o número atômico – que identificam cada átomo
Número atômico e número de massa dos átomos
Para se identificar e diferenciar corretamente os átomos é necessário conhecer os conceitos de número atômico e número de massa. Veja neste artigo essas definições.
A ligação covalente pelo modelo de orbitais de Linus Pauling se dá pela interpenetração ou fusão dos orbitais desemparelhados
Ligação Covalente e o Modelo de Linus Pauling com os Orbitais
Entenda o que diz a teoria da ligação covalente por meio da interpenetração de orbitais atômicos e veja exemplos de sua aplicação.