Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Sexualidade
  3. Puberdade

Puberdade

A puberdade é um período que marca a transição da infância para a fase adulta, sendo essa passagem caracterizada por alterações marcantes no corpo de meninas e meninos. É na puberdade que surgem os chamados caracteres sexuais secundários e que se estabelece a capacidade reprodutiva, sendo, portanto, um período de maturação biológica. Vale salientar, no entanto, que nesse período observa-se desenvolvimento não só físico, como também social e mental.

Leia também: Corpo humano –  partes do corpo, órgãos e sistemas

Início

A puberdade inicia-se em idades diferentes em meninos e meninas. Em meninas, essa fase geralmente começa entre os 8 e 13 anos de idade; nos meninos, entre os 9 e 14 anos. Alguns sinais indicam que a puberdade está iniciando-se. Em meninas, isso se dá pelo surgimento do broto mamário, enquanto, em meninos, pelo aumento do tamanho do testículo.

O início da puberdade está relacionado com fatores genéticos, ambientais, psicológicos e a saúde do indivíduo. É importante destacar que, além da variação da época em que a puberdade inicia-se de uma pessoa para outra, a velocidade dos acontecimentos também pode variar.

Durante a puberdade, várias modificações ocorrem no corpo das meninas e dos meninos.
Durante a puberdade, várias modificações ocorrem no corpo das meninas e dos meninos.

Isso significa que pessoas da mesma idade não estão necessariamente na mesma fase da puberdade. Isso é facilmente observado no grupo feminino, em que algumas meninas apresentam um corpo mais desenvolvido que outras, apesar da mesma idade.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Fim

Geralmente o fim da puberdade ocorre por volta dos 18 anos de idade. É nessa fase que se percebe o fim do crescimento esquelético e também o completo amadurecimento do sistema reprodutor feminino e masculino.

Puberdade precoce

Sabemos que a puberdade inicia-se em meninas por volta dos 8 e 13 anos e, em meninos, por volta dos 9 a 14 anos. Quando a puberdade acontece antes dos 8 anos, para meninas, e dos nove anos, para meninos, dizemos que temos um caso de puberdade precoce. Esse evento pode ser observado em ambos os sexos, mas é mais comum em meninas. Estima-se que ocorra de 10 a 23 vezes a mais no grupo feminino.

Durante a puberdade feminina, observa-se a ocorrência da primeira menstruação.
Durante a puberdade feminina, observa-se a ocorrência da primeira menstruação.

É importante estarmos atentos aos sinais de puberdade para que seja avaliado se esta está sendo iniciada antes do período considerado normal. Se, antes dos oito anos, a menina já apresentar o desenvolvimento dos seios, e o menino, antes dos nove anos, apresentar o desenvolvimento dos testículos, é necessário tomar providências.

Um dos motivos para isso é que, de acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional São Paulo (SBEM-SP), “quando o diagnóstico é demorado e a idade óssea da criança avança muito, ela poderá perder estatura”.

A puberdade precoce é consequência do aumento dos hormônios sexuais antes do momento ideal, e esse aumento pode ter diferentes causas. Normalmente o tratamento é baseado na utilização de medicamentos para retardar esse processo. Em alguns casos, no entanto, é necessário cirurgia e, em outros, nenhum medicamento é recomendado.

Leia também: Estrogênio, grupo de hormônios associados com a capacidade reprodutiva da mulher

Puberdade atrasada

A puberdade atrasada é aquela que ocorre depois do tempo considerado normal para seu início. Como, em meninas, espera-se que a puberdade inicie-se até os 13 anos e, em meninos, até os 14 anos, dizemos que a puberdade está atrasada quando ela tem início após os 13 anos, em meninas, e após os 14 anos, em meninos.

Mudanças físicas

A puberdade desencadeia uma série de modificações no corpo de meninas e meninos. É nessa fase que observamos, por exemplo, o crescimento rápido em tamanho, o surgimento dos pelos pubianos, aumento da oleosidade da pele, surgimento de odor nas axilas, aumento do seio das meninas e aumento do volume testicular dos meninos. Ao final da puberdade, o indivíduo adquiriu capacidade reprodutiva e não é mais considerado uma criança.

Durante a puberdade, verifica-se o aumento da oleosidade da pele.
Durante a puberdade, verifica-se o aumento da oleosidade da pele.

O quadro seguinte traz as principais mudanças corporais que são observadas na puberdade:

Mudanças corporais que ocorrem na puberdade

Estirão puberal (ganho rápido de estatura)

Aparecimento de caracteres sexuais secundários

Modificação na quantidade e distribuição de gordura

Desenvolvimento do sistema muscular e esquelético

Desenvolvimento do aparelho reprodutor

Sinais da puberdade feminina

A puberdade feminina tem seu início marcado pelo surgimento do broto mamário, e, posteriormente, acontece o desenvolvimento do corpo da menina até que ela se torne uma mulher. Durante a puberdade, a menina, fase após fase, torna-se apta para a reprodução. Veja a seguir alguns sinais da puberdade feminina:

Sinais da puberdade feminina

Acúmulo de gordura na região do quadril, coxas e nádegas

Aumento da secreção dos hormônios sexuais, sendo verificada elevação nos níveis de estrogênio e progesterona.

Aumento da velocidade do crescimento

Desenvolvimento dos seios

Ocorrência da primeira menstruação (menarca). Geralmente a primeira menstruação acontece cerca de dois anos após o aparecimento das mamas.

Surgimento dos pelos pubianos


Leia também: Menstruação: entenda melhor esse fenômeno que acontece no corpo feminino! 

Sinais da puberdade masculina

A puberdade masculina inicia-se com o aumento dos testículos e continua até que o corpo infantil dê lugar ao corpo adulto. Durante a puberdade, o menino torna-se apto à reprodução. Veja a seguir alguns sinais da puberdade masculina:

Sinais da puberdade masculina

Aumento da secreção dos hormônios sexuais, verificando-se elevação nos níveis de testosterona.

Aumento da velocidade do crescimento

Aumento do volume do testículo

Aumento dos pelos faciais

Desenvolvimento de massa muscular

Modificação da pele escrotal, que apresenta modificação em sua textura e fica mais avermelhada

Modificações na voz

O pênis torna-se maior em comprimento e também em diâmetro.

Surgimento dos pelos pubianos

Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Assuntos relacionados
O beijo é um segredo que se diz na boca e não no ouvido
Beijo na Boca
Beijo na Boca, tipos de Beijo, francês, Beijo esquimó, Beijo de amigo, selinho, Beijo experimental, Beijo lagartixa, Beijo giratório, Beijo oriental, Beijo Drácula, Beijo molhado.
Muitos homens não procuram auxilio médico, porque têm vergonha do problema
Disfunção Erétil
Clique e saiba o que é e o que causa a Disfunção Erétil.
Medo impede que muitas vítimas de abuso sexual denunciem seus agressores
Abuso sexual
Saiba quais os tipos de violência fazem parte do abuso sexual e como denunciar essas práticas que ferem a dignidade das vítimas.
Anorgasmia: inibição recorrente ou persistente do orgasmo.
Anorgasmia
Anorgasmia, o que é Anorgasmia, o tratamento da Anorgasmia, sintomas da Anorgasmia, definição da Anorgasmia, fatores que ocasionam a Anorgasmia.
O diafragma é um método anticoncepcional eficaz na contracepção, quando usado corretamente.
Diafragma
O que é e vantagens e desvantagens do diafragma como método anticoncepcional.
A pílula do dia seguinte não pode ser tomada com frequência
Pílula do dia seguinte, uma contracepção de emergência
Entenda o que é a pílula do dia seguinte e os motivos pelos quais ela não deve ser usada frequentemente como um método contraceptivo.
Na menstruação, há a eliminação de sangue e partes do endométrio
Menstruação
Entenda o que é a menstruação e descubra por que ocorre esse processo natural e quais os principais distúrbios menstruais que afetam as mulheres.
A progesterona é o principal hormônio da gravidez
Progesterona
Conheça a função biológica e a estrutura química da progesterona, um hormônio sexual feminino.
Estrogênio é um termo utilizado para se referir a um grupo de hormônios
Estrogênio
Conheça um pouco mais sobre o estrogênio clicando aqui. Neste texto abordaremos o que é o estrogênio, onde esse hormônio é produzido e suas funções no organismo humano. Além disso, falaremos um pouco a respeito de pílulas anticoncepcionais e as consequências da redução de estrogênio na vida da mulher.
A testosterona relaciona-se com o aumento da massa muscular
Testosterona
Que tal conhecer um pouco mais a respeito da testosterona? Clique aqui e saiba mais sobre esse importante hormônio, conhecido como hormônio masculino. Nesse texto falaremos onde a testosterona é produzida, quais são as suas principais funções no organismo e os danos ocasionados por sua redução em homens idosos.
O pênis é o órgão masculino relacionado com a reprodução.
Pênis
Aprenda um pouco mais sobre o pênis humano, sua função e anatomia. Entenda também o que é fimose, circuncisão e as causas do câncer de pênis.