Whatsapp icon Whatsapp

Acetilcolina

Acetilcolina é um neurotransmissor que está relacionado, entre outras funções, com a regulação do sono, da memória e da nossa aprendizagem.
Ilustração 3D do neurotransmissor acetilcolina.
A acetilcolina foi o primeiro neurotransmissor descoberto.

Acetilcolina é um neurotransmissor encontrado tanto em vertebrados quanto em invertebrados. Trata-se do primeiro neurotransmissor identificado e está relacionado, em seres humanos, com a estimulação dos músculos e com a regulação da memória, do aprendizado, da atenção e do sono.

A acetilcolina é produzida da acetil-coenzima A e a colina, e, após ser produzida, é armazenada em vesículas sinápticas. Após ser liberada por exocitose, a acetilcolina atuará em receptores específicos. Disfunções no sistema de neurotransmissão colinérgica estão relacionados com diferentes problemas de saúde, como a doença de Alzheimer.

Leia também: Serotonina — neurotransmissor importante na regulação do humor e do sono

Resumo sobre acetilcolina

  • A acetilcolina é um neurotransmissor encontrado no sistema nervoso central, periférico e também em junções neuromusculares.

  • Trata-se de um neurotransmissor comum nos vertebrados e também nos invertebrados.

  • A acetilcolina atua em funções como controle do movimento e regulação da memória, aprendizado, atenção e sono.

  • Denomina-se sistema de neurotransmissão colinérgica a acetilcolina, seus receptores e todo o aparato enzimático envolvido na síntese desse mediador.

  • Alterações no sistema de neurotransmissão colinérgica podem comprometer o funcionamento cerebral.

  • Doenças como a doença de Alzheimer se relacionam com disfunções nesse sistema.

O que é acetilcolina?

Acetilcolina trata-se de um neurotransmissor encontrado no sistema nervoso, tanto central quanto periférico, e também em junções neuromusculares. Foi o primeiro neurotransmissor descoberto e ocorre tanto em animais vertebrados quanto nos invertebrados.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como a acetilcolina atua no organismo?

A acetilcolina é fundamental para que o sistema nervoso funcione adequadamente, sendo seu bloqueio agudo geralmente letal e sua perda gradual relacionada com o desenvolvimento de diferentes doenças. A acetilcolina está relacionada com funções como:

  • estimulação dos músculos;

  • funcionamento do sistema nervoso autônomo;

  • regulação do sono;

  • regulação da memória, do aprendizado e da atenção.

Veja também: Neurônios — como essas importantes células atuam no sistema nervoso?

Como ocorre a síntese da acetilcolina?

A acetilcolina é produzida a partir da acetil-coenzima A e da colina, sendo a enzima Colina-O-Acetil-Transferase (ChAT) a responsável pela sua síntese. Os níveis de acetil-coenzima A são mantidos por meio do metabolismo da glicose, sob ação da enzima ATP-citrato liase. Já o suprimento de colina é proveniente da alimentação.

Após ser produzida, parte da acetilcolina é transportada e armazenada em vesículas sinápticas. Sua liberação ocorre por exocitose e, após ser liberada, interage com receptores específicos, os receptores colinérgicos encontrados nas membranas pré e pós-sinápticas.

Receptores da acetilcolina nos vertebrados

Nos vertebrados existem duas classes principais de receptores de acetilcolina. Uma dessas classes é um canal iônico ligante-dependente que funciona na junção neuromuscular. A acetilcolina é liberada pelo neurônio motor e se liga ao receptor, abrindo o canal iônico e produzindo um potencial pós-sináptico excitatório. Esses receptores são também encontrados no sistema nervoso, sendo os responsáveis por se ligarem à nicotina, um composto encontrado no cigarro. É essa ligação que promove os efeitos da nicotina no organismo.

Podemos encontrar um receptor metabotrópico de acetilcolina no sistema nervoso central e no coração de vertebrados. No músculo cardíaco, quando a acetilcolina é liberada, ativa-se uma rota de transdução de sinal. As proteínas G inibem a adenilato-ciclase e abrem os canis de potássio na membrana das células musculares. Essas ações reduzem os batimentos cardíacos. Desse modo, podemos concluir que a acetilcolina possui funções excitatórias e inibitórias.

A acetilcolina age até que ela seja hidrolisada em acetato e colina. Esse processo é feito pela enzima acetilcolinesterase presente na fenda sináptica. A colina é então recaptada pelo neurônio pré-sináptico e utilizada para produção de outras moléculas de acetilcolina.

Acetilcolina e sistema colinérgico

A acetilcolina, seus receptores e todo o aparato enzimático envolvido na produção desse neurotransmissor são denominados sistema de neurotransmissão colinérgica.

Saiba mais: Dopamina — funções desse neurotransmissor e sua relação com o Parkinson e o Alzheimer

Quais doenças têm relação com a acetilcolina?

Disfunções no sistema colinérgico estão relacionadas com diferentes problemas de saúde. O problema que recebeu maior atenção nos últimos anos foi, sem dúvidas, a doença de Alzheimer, uma doença neurodegenerativa progressiva que afeta, entre outros aspectos, a memória, a aprendizagem e a atenção.

Homem de óculos com a mão na cabeça; a regulação da memória tem relação com a acetilcolina.
A acetilcolina atua na regulação da memória. Alzheimer e Parkinson possuem relação com disfunções nesse neurotransmissor.

Entretanto, o Alzheimer não é a única doença relacionada com esse sistema. Na literatura é possível encontrar artigos relacionando o sistema colinérgico com problemas como Parkinson, esquizofrenia, epilepsia e até mesmo tabagismo.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos

Artigos Relacionados

Alzheimer
Você já ouviu falar sobre o Alzheimer? Clique aqui e entenda o que é essa doença, suas causas, sintomas, diagnóstico e tratamento.
Doença de Parkinson
Aprenda mais sobre a doença de Parkinson clicando aqui. Entenda o que é essa doença, suas manifestações clínicas e o tratamento disponível.
Epilepsia
Clique aqui para entender melhor a epilepsia. Veja do que se trata, seus tipos e como nos comportar diante de uma crise epilética.
Esquizofrenia
Esquizofrenia, sintomas da Esquizofrenia, tratamento da Esquizofrenia, causa da Esquizofrenia, sinais da Esquizofrenia.
Neurotransmissor
Entenda o que é um neurotransmissor e suas principais características e conheça algumas dessas importantes moléculas e suas funções no organismo.
Neurônio
Amplie seus conhecimentos a respeito dos neurônios, as unidades básicas do sistema nervoso. Confira as principais partes dessa célula, sua função e seus tipos.
Tabagismo
O tabagismo é um grave problema de saúde pública. Clique aqui e entenda o que é tabagismo e os riscos que o fumo provoca à saúde.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Soma dos ângulos externos de um polígono convexo" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Soma dos ângulos externos de um polígono convexo
Nessa aula demonstrarei a fórmula da soma dos ângulos externos de um polígono convexo qualquer e como encontrar a medida de cada ângulo externo.