Etileno

O etileno é um hormônio gasoso que atua principalmente no amadurecimento de frutos e é bastante utilizado na agricultura.

As plantas, assim como os animais, produzem substâncias químicas denominadas de hormônios. Os hormônios vegetais são produzidos em tecidos específicos das plantas e são transportados, ou não, para outras partes onde desencadearão respostas fisiológicas importantes para o desenvolvimento do vegetal.

O etileno é um hormônio vegetal de fórmula C2H4 e é sintetizado a partir da metionina, um tipo de aminoácido. Esse hormônio gasoso foi descoberto no século XIX a partir de estudos que tentavam compreender por que as folhas de algumas árvores localizadas próximas às lâmpadas que utilizavam gás para a queima caíam. Analisando o gás presente nas lâmpadas – gás esse que continha etileno –, descobriu-se que ele exercia influência sobre o desenvolvimento da planta, causando a queda das folhas.

O gás etileno é produzido em vários tecidos vegetais, e sua síntese está relacionada com a resposta a algum fator estressante. Esse hormônio é produzido especialmente em locais que sofrem o processo de envelhecimento ou amadurecimento.

Os efeitos do etileno são variados, destacando-se o amadurecimento de frutos, a senescência (envelhecimento) de flores e folhas e a abscisão (queda) de folhas e frutos. Outra função que pode ser atribuída ao etileno é a determinação do sexo de flores de algumas espécies de plantas, como as da família Cucurbitaceae. Nessa família, o etileno aumenta a quantidade de flores femininas nos indivíduos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O etileno é bastante usado na agricultura para garantir o amadurecimento adequado de frutos, uma vez que desencadeia uma série de reações que alteram a coloração do fruto, provocam o amolecimento da parte carnosa e aumentam a quantidade de açúcares. Muitos produtores optam por colher os vegetais antes de seu amadurecimento e submetê-los ao etileno apenas no momento da comercialização. Essa técnica é usada especialmente por produtores de tomate e uva.

Outra aplicação do etileno diz respeito à sua capacidade de promover a abscisão de frutos e folhas. Esse hormônio dissolve a parede celular das células no local onde ocorrerá a abscisão. Em virtude dessa propriedade, o hormônio é usado para promover o afrouxamento dos frutos e permitir uma colheita mais fácil, evitando possíveis estragos no produto a ser comercializado.

Curiosidade: Muitas pessoas utilizam o etileno para amadurecer frutos em sua casa sem entender ao certo o processo. Ao enrolar frutas ou colocá-las em locais fechados, como o forno do fogão, estamos “aprisionando” o gás etileno liberado pelos frutos, acelerando, assim, o processo de amadurecimento.

O etileno estimula o amadurecimento de frutos
O etileno estimula o amadurecimento de frutos
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

Entre as funções a seguir, qual não pode ser atribuída ao etileno?

a) O etileno pode inibir a expansão celular.

b) O etileno promove a queda das folhas.

c) O etileno promove o amadurecimento de frutos.

d) O etileno promove a abscisão de frutos.

e) O etileno promove a dominância apical.

Questão 2

Sem dúvidas, um dos papéis mais conhecidos do etileno é o amadurecimento de frutos. Entretanto, esse hormônio vegetal apresenta outras funções. Em curcubitáceas, por exemplo, o etileno relaciona-se com surgimento de

a) frutos partenocárpicos.

b) flores femininas.

c) flores masculinas.

d) flores hermafroditas.

e) sementes.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O ácido abscísico é chamado por alguns de hormônio do estresse
Características do ácido abscísico
O ácido abscísico é um hormônio vegetal que entra em ação quando a planta se encontra em situações desfavoráveis.
A ação do fotoperiodismo sobre a floração e frutificação dos vegetais (pequi).
Fotoperiodismo e a floração dos vegetais
De acordo com a fotoperiodismo, as plantas podem ser classificadas em plantas de dias longos, plantas de dias curtos e plantas indiferentes.
Os tecidos condutores são o xilema e o floema
Tecidos condutores
Entenda a importância dos tecidos condutores e conheça as diferenças básicas entre o xilema e o floema.
A epiderme, um dos tecidos de revestimento das plantas, é encontrada em órgãos com crescimento primário.
Tecidos de revestimento
Clique aqui e descubra mais sobre os tecidos de revestimento, importantes tecidos que envolvem a planta. Neste texto, abordaremos sobre as principais características da epiderme e da periderme. Além disso, falaremos sobre as funções desses tecidos vegetais.
A auxina está relacionada com a dominância apical em uma planta
A importância das auxinas para os vegetais
Veja por que as auxinas são tão importantes para as plantas e como elas atuam.
As citocininas estimulam o desenvolvimento das sementes
Citocininas e os vegetais
Conheça mais acerca das citocininas, conhecidas por alguns pesquisadores como hormônio da juvenilidade.
O hormônio giberelina estimula o crescimento de caules e folhas
Giberelinas, um dos hormônios vegetais
As giberelinas são hormônios vegetais encontrados em diversas partes do vegetal e possuem funções importantes para a planta.
Tecido meristemático vegetal.
Tecido meristemático
Tecido meristemático, Células vegetais, Parede celular, Vacúolos, Meristema apical, Ramos e raízes, Meristema intercalar, Meristema lateral, Meristema Primário, Crescimento vegetal, Parênquima, Colênquima, Esclerênquima, Meristema Secundário, Câmbio, Xilema e floema.